Segredos de um pecador - The Rothwells#4

domingo, 3 de janeiro de 2016

The Sins of Lord Easterbrook - The Rothwell Brothers#4
Madeline HunterEditora Arqueiro

Tradução: Flávia Souto Mayor
ISBN:9788580413823
Ano: 2015
Páginas: 240

Sinopse
Leona Montgomery foi criada na China. Com pai inglês e mãe portuguesa, aprendeu desde  cedo a se adaptar aos costumes de outras terras e adquiriu uma cultura e umasofisticação incomuns às mulheres de seu tempo. Por isso, quando o pai, já viúvo, morreu, deixando os dois filhos em uma situação financeira difícil, Leona assumiu os cuidados do irmão caçula e os negócios da família. Trabalhando pela recuperação da Montgomery & Tavares, ela viajou por diversos países, negociou com homens rudes e enfrentou piratas. Recém-chegada a Londres, agora espera fechar parcerias comerciais e dar sequência a uma investigação que o pai não pôde concluir. Mas estar em Londres significa algo mais.

Sete anos atrás, Edmund, um naturalista inglês, deixou Macau à noite, depois de um beijo de despedida que Leona nunca esqueceu, e retornou à Inglaterra. O que Leona não poderia imaginar era que Edmund na verdade é Christian Rothwell, o marquês de Easterbrook, um homem poderoso envolto em mistérios – e que talvez se beneficiasse com o fim das investigações de seu pai. Dividida entre o dever e a tentação, é na cama do marquês que ela fará suas maiores descobertas.

Madeline Hunter tem uma capacidade excepcional de conduzir o leitor por romances ardentes que falam direto ao corpo, à mente e ao coração.Romantic Times 
Fatos históricos

As Guerras do Ópio, ou Guerra Anglo-Chinesa foram conflitos armados ocorridos entre a Grã-Bretanha e a China nos anos de 1839-1842 e 1856-1860.(...) Em meados do século XIX a Grã-Bretanha era a potência mais desenvolvida do mundo, efetuando a transição para a segunda fase da Revolução Industrial. Para tanto, demandava cada vez mais matérias-primas a baixos preços e mercados consumidores maiores para os seus produtos industrializados.(...)

Apenas um produto, em particular, parecia despertar o interesse dos chineses: o ópio, uma substância entorpecente, altamente viciante, extraída da papoula que causa dependência química em seus usuários, introduzido ilegalmente na China por comerciantes ingleses e norte-americanos. Produzido na Índia, e também em partes do Império Otomano no início do século XIX, os comerciantes britânicos traficavam-no ilegalmente para a China e muitas vezes forçavam os cidadãos a consumir as drogas, provocando dependência química, auferindo grandes lucros e aumentando o volume do comércio em geral.

Causas do conflito

Em 1830, os ingleses obtiveram exclusividade das operações comerciais no porto de Cantão. A China exportava seda, chá e porcelana, então em moda no continente europeu, enquanto a Grã-Bretanha sofria um grande déficit comercial em relação à China. Para compensar suas perdas econômicas, a Grã-Bretanha traficava o ópio indiano para o Império do Meio (China). O governo de Pequim resolveu proibir o tráfico de ópio, o que levou a coroa britânica a lançar mão de sua força militar.

Fonte: Wikipédia


Resenha por Ver Sobreira

Christian, o marquês de Easterbrook, abriu os olhos para ver o criado intrometido que acabara com sua meditação. Phippen, o novo pajem, tentava pegar o conteúdo da bandeja sem fazer barulho. Impossível, é claro. A mera presernça de  uma pessoa já significava barulho.


O primeiro livro desta série foi mais ou menos interessante do meu ponto de vista, o segundo abandonei a leitura, pois a história não deslanchava. Ai pulei do terceiro para o quarto e eis que as histórias dos irmãos Rothwells fez mais sentido a partir de Christian Rothwell, o marquês de Easterbrook. Está claro que Madeline Hunter reservou o melhor para este personagem enigmático, carismático, ainda que um paradoxo, pois é um recluso e um tanto diabólico em suas decisões que para o bem  ou para mal, sempre  é em prol de sua família.
Christian Rothwell é recluso, tenta manter-se o máximo afastado de sua família e da sociedade, apesar da obrigações que seu título exige. Mesmo seus irmãos sabem pouco ou quase nada sobre suas angustias e aflições. Ele mantêm um controle emocional de si muito grande, pois as emoções dos outros o afeta profundamente. Anos atrás esteve durante muito tempo afastado de sua família e foi a lugares que eles nem imaginam. Foi em uma destas viagens, usando um nome falso que ele conheceu a bela e exótica Leona Montgomery. Agora Leona está em Londres tratando dos interesses da companhia de seu irmão e Christian não perderá oportunidade de revê-la e de seduzi-la finalmente.


Sons vagos do despertar de Londres entraram junto com a brisa. (...) Leona dormia em seus braços. Observar sua feminilidade e suas curvas era um deleite. Ele poderia passar o dia inteiro assim. (...) Os momentos de prazer tinham sido muito bons. Se bons o suficiente, ele ainda descobriria. Não queria nenhuma dúvida da parte dela a respeito de como seria seu relacionamento.(...)

A narrativa que Madeline Hunter desenvolveu neste livro foi muito peculiar, talvez a exige tenha a ver com a importância do personagem. O romance foi bem trabalho, e até mesmo os  conflitos externos da trama ficaram bem pronunciados. Ambos os protagonistas são de personalidades fortes, e apesar de deixar-se dominar por Christian,  - em alguns momentos, por menos que quisessem - Leona não é uma mulher qualquer. Ela tem grande definição nos rumos que a narrativa segue. A história dos dois está inacabada, mesmo não tendo começado da maneira que alguns pensaram. Ao reencontrar-se a atração é evidente, por menos que Leona queira, pois se sente enganada por ele. Ela não é a mais a menina que Christian conheceu e ele nem de longe é o homem que ela esperava encontrar.

Não havia gostado muito da lentidão dos outros dois romances desta série. As regras da sedução, resenha AQUI, até gostei da interação entre Alexia e  Lord Hayden, que por vezes se parece demais com Christian, mas não consegui ler Lições do Desejo,  de Lord Eliott e Phaedra, penso em retomá-lo. E no entanto, este me surpreendeu, tanto pela história, bem como pelos personagens secundários. O mais interessante também é que Hunter, não nos deixa a margem da vida dos personagens dos livros anteriores. A escrita de Madeline Hunter é requintadas, diálogos sólidos e bem construídos e ainda de humor peculiar e refinado.

Apesar de ser um romance de época retrata um momento histórico no desenvolvimento da economia mercante e coloca em evidência as práticas dos nobres ingleses, dentre outros assuntos corriqueiros da sociedade londrina daquela época. Confira. RECOMENDADO.


Cotação:


Verônica Sobreira - Formada em Letras, especializando-me em Crítica Literária e Produção Editorial. Nunca pensei em ser escritora, e sim em ser "expert"  em escrita. Amo ler desde sempre, leio de tudo um pouco, porém adoro a literatura de ficção sobre anjos. Consigo ler mais de dois livros ao mesmo tempo. O blog além de divertimento, é a extensão do meu trabalho que levo muito a sério - Administradora do Blog












Nenhum comentário :

Postar um comentário

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique