Romance Histórico x Romance de Época

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Maiteí, índios
Hoje vamos falar um pouquinho de romance histórico e romance de época. Vocês já devem saber que há diferenças entre um e outro. Como estou com  pelo menos 10 deles para ler, resolvi fazer posts especiais sobre eles  e falar dos últimos lançamentos destes subgêneros do romance. Algumas editoras têm investido e temos boas publicações.


O romance histórico é um subgênero do romance  narrativa própria do século XIX, mas que ainda continua a ser desenvolvido com grande impulsão nos séculos XX e XXI. Seu argumento baseia-se, como o nome indica, em eventos ou figuras históricas.  De acordo com György Lukács, a finalidade principal  é oferecer uma visão crível de um período histórico distante da referência, de modo que tenhamos uma cosmovisão de maneira realista. São explorados o sistema de  valores  sociais e culturais e  também as crenças daquele momento.

Nesses romances é comum  alguns autores usarem figuras do período histórico em questão como referência, porém a maioria dos personagens são fictícios.Já os fatos históricos que ocorrem em geral são  verdadeiros. O romance histórico  requer do autor  uma grande documentação, mesmo que ele escreva pura ficção,  porque caso contrário, seria algo mais como um romance de aventura outro subgênero, em que a história torna-se apenas um pretexto para a ação, como, por exemplo, na maioria dos romances de Alexandre Dumas.


No outro extremo  temos o romance de época que é um relato ficcional de um evento histórico, mas com componentes subjetivados pelo  autor. Apresenta personagens nem sempre complexos e os dados da narrativa quase sempre de são frívolos, diferente do ponto de vista do romance histórico cujo os dados  são objetivos e precisos. Poderíamos dizer que os romances de época "desnaturam" o gênero  romance histórico, em que os fatos históricos predominam claramente sobre os fatos inventados. 
É verdade que ambos coincidem no que diz respeito a uma história de amor, sendo que  o foco narrativo tende a ser um pouco diferente. Enquanto no romance de época predomina as questões tipicamente de cunho social, no histórico teremos além disso discursos acerca do papel do indivíduo perante a sociedade, e também de uma nação inteira. O amor aparece é claro, o casamento está presente, sem sombra de dúvidas, já que era prerrogativa daquele tempo.

Falarei nos próximos post dos romances abaixo apresentados:





Nenhum comentário :

Postar um comentário

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique