O último dos canalhas

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

The Last Hellion
Loretta Chase
Editora Arqueiro

Tradução:Alves Calado
ISBN: 9788580414752
Ano: 2015
Páginas: 304

Sinopse
O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela.
Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça. Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais.
Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.
Resenha por Ver Sobreira
Raras vezes eu fico abismada com a capacidade criativa de alguns autores, e Loreta Chase, uma escritora que há muito publica livros no mundo todo é um exemplo de pura genialidade , e seus romances de época dão conta do entretenimento, bem como de alguns situações que aparentemente eram incomuns na Inglaterra do começo do século XIX. Porém isso não é problema, pois essa não é a finalidade do romance. Loretta Chase não tem a pretensão que seu romance seja histórico, porque senão ela teria colocado em evidência vários acontecimentos relevantes para história que aconteceram no ano 1826.



Lydia Grenville não é uma mulher comum e nem exercer perante a sociedade londrina o papel que uma mulher deveria, ela é uma jornalista, uma escrevinhadora. A duras penas consegue levar a vida que quer com dignidade e de quebra com uma identidade secreta escreve o folhetim de maior sucesso no momento em Londres, "O rosa de Tebas". Nada passa despercebido a ela, e também tem a tendência de levantar para si bandeiras alheias o que às vezes provoca certos problemas em sua vida. É numa destas contendas que inclui uma meretriz temida nas ruas, Madame Brees, que ela conhece Vere Aylwin Mallory, o último dos canalhas da família e duque Aisnwood. Uma aversão surge imediatamente entre esses dois, só que eles não contavam com a teimosia e insistência que um tem em vencer o outro e daí o amor surge em uma relação menos improvável.

Lydia não deixou de ser afetada. O demônio que havia nela, normalmente bem oculto com certeza a impeliria para ele. Mas Lydia não era idiota. Sabia reconhecer a expressão de um cafajeste e podia resumi-la em uma palavras: problemas.(...) Só que aquele cafajeste era um duque, a até mesmo o pior nobre tinha mais influência com as autoridades do que um mero jornalista, ainda mais uma mulher.

Diálogos fáceis e extremamente humorados e sarcásticos surgem das interações constantes entre Vere e Lydia, pois o duque fica deveras fascinado pela mal humor, arrogância e a indiferença que ela lhe dirigi. Aos poucos e sem perceber um vai apaixonando-se pelo outro, porém vão levar leio livro para admiti-lo. A escrita de Chase é excelente, fluida e enigmática, pois e meio a um história simples e despretensiosa ela constrói a imagem da nobreza londrina e da infinita luta das mulheres para provar-se capaz. Lydia irá definitivamente se derreter para o duque, porém ele terá que se empenhar.

No instante seguinte, sua boca estava na dele, quente, firme e experiente demais, e Lydia começou a tombar para trás, desorientada, impotente. Tinha uma consciência pulsante da mão enorme grudada em suas costas, do calor irradiado através das camadas de tecido de sua roupas e das peças íntimas, da ardência na cintura, enlaçada pelo braço musculoso (...) Durante um momento perigoso, sua mente cedeu como os músculo, dominado pelo ardor, pela força e pela mistura caótica de cheiro e sabor masculinos. (...) Mas seus instintos haviam moldados de forma rígida e, no instante seguinte, ela reagiu.
Acabei de ler este livro  e tive que falar algumas palavras sobre ele imediatamente, pois  gostei demais o que é curioso, porquê também gostei do anterior a ele O príncipe dos canalhas que falarei logo mais a seguir. Eu podia ficar desfiando os diversos motivos para lê-lo caso gostem de romance de época, mas não há motivos especiais simplesmente uma ótima leitura, divertimento e risadas infindáveis. Confira . RECOMENDADÍSSIMO.

Cotação:

Verônica Sobreira - Formada em Letras, Especialista em Crítica Literária e Produção Editorial. Nunca pensei em ser escritora, e sim em ser "expert"  em escrita. Amo ler desde sempre, leio de tudo um pouco, porém adoro a literatura de ficção sobre anjos. Consigo ler mais de dois livros ao mesmo tempo. O blog além de divertimento, é a extensão do meu trabalho que levo muito a sério - Administradora do Blog

16 comentários :

  1. to bem curiosa para ler esse livro, Loretta escreve bem e de um jeito singular, gostei muito de o principe dos canalhas e quero ver o que ela reservou para esse romance!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thalia, obrigada por comentar. Eu adorei O príncipe dos canalhas também, porem Vere Mallory e Lydia Grenville são impagáveis, o humor sardônico deles é incontestável

      Excluir
  2. Eu quero muito ler este livro.
    Quando mesmo sendo um romance de época que os personagens fujam do padrão.
    Adorei a protagonista, por ela ser guerreira e ir atrás do que quer.
    Pena que o romance só rola no meio do livro, haha.
    Não conheço ainda a escrita da autora e depois de ler sua resenha fiquei muito mais interessada pelo livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Romance histórico com diálogos humorados e sarcásticos? Preciso haha. Amei saber que a Lydia foge dos padrões da época, já quero conhecer a escrita da autora.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  4. Verônica, desde quando conheci os romances de época virei uma super fã deste tipo de gênero. Não li ainda o Príncipe dos Canalhas, mas saber que este pode ser lido sem ter conhecido o primeiro, me animou.
    Essa serie tem conquistado a muitos, não só por seus personagens únicos, mas por possuir diálogos bem construídos e divertidos. Adoraria ler!

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li o primeiro livro mas já quero ler os dois. Adoro romances de época.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Prevejo várias confusões nesse livro. Amo romance de época apesar de ter lido pouco. Amei a capa desse livro e a forma como você escreveu a resenha nos mostra quanto a história é maravilhoso.
    Espero poder conhecer essa história em breve.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Fiquei surpresa ao ver que a Lydia trabalha como jornalista (mesmo sendo secreto), nota-se que ela esta fora dos padrões da época, isso me deixa mais curiosa sobre o livro, espero que eu tenha a oportunidade de ler o mais rápido possível já que amo histórias com diálogos bem humorados haha.

    ResponderExcluir
  8. Só por ser de época já me interessou bastante. E lendo o trecho do livro me senti na história ... Mal posso esperar por esta sensação em cada página!

    ResponderExcluir
  9. Super curiosa com esse livro. O personagem masculino é um mistério e o romance tem tudo pra ser muito bom. Estou ansiosa por mais livros dela e estou louca pra ler esse, parece bem humorado e muito envolvente, gostoso de ler. E não é um romance de época como os outros que vejo, adoro essas situações e coisas diferentes que a autora escreve, é bem autentico e interessante. Louca para conferir.

    ResponderExcluir
  10. Mesmo que ela não tenha pretensão de ser histórica só de não se passar na época atual acaba sendo uma viagem no tempo qd costumes são evocados na narrativa =D
    Na lista de leitura!

    Miquilis

    ResponderExcluir
  11. Li O Príncipe dos Canalhas na semana passada e fiquei apaixonada por Dain e Jessica. O pouquinho do que é contado sobre Vere e aquele encontro entre ele e Dain me deixaram em cólicas pelo próximo. Se segue no meso ritmo do primeiro, então vou amar tbm.

    ResponderExcluir
  12. Já quero ler adoro romances onde a mocinha é independente e batalhadora.Adorei a sinopse e ja me recomendaram bastante então ja ta lista de leitura.Louca pra ver o desenrolar desse romance.

    ResponderExcluir
  13. ABANDONADA EM TEUS BRAÇOS ou O PRINCIPE DOS CANALHAS, ( dois titulos) é um dos melhores romances de banca já escritos. cujo destaque é a heroína do começo ao fim, claro que o par não fica atrás, JESS é perfeita.

    ResponderExcluir
  14. Estou doida pra ler esse livro, amei o primeiro livro dessa série e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  15. Ainda não li esse livro,mas pela experiência que tive com o seu livro anterior O Príncipe dos Canalhas,com certeza vou ler.Lydia parece ser uma mulher determinada,corajosa,e que luta pelo o que quer.Parece ser um livro divertidíssimo.Louca para ver esse devasso caindo de amores por ela. P.S Gosto desse jogo de gato e rato.

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique