Redenção de um cafajeste

terça-feira, 14 de abril de 2015

Trilogia Redenção
Nana Pauvolih
Fábrica 231/Editora Rocco
Ano: 2015
Páginas:560

Sinopse

Redenção de Um Cafajeste - Pioneira da autopublicação no segmento erótico nacional, com mais de um milhão de visualizações de suas histórias na plataforma online Wattpadd e sucessivos primeiros lugares na lista dos e-books mais vendidos da Amazon, Nana Pauvolih estreia na Rocco com a trilogia Redenção, um de seus maiores sucessos. Lançamento da coleção Violeta, do selo Fábrica231, Redenção de um cafajeste, o primeiro volume da série, conta a história de uma garota simples, que sonha terminar a faculdade e ser professora, e se envolve com um empresário sem escrúpulos. Uma história que mistura doses certeiras de paixão, romantismo e erotismo, tendo o Rio de Janeiro como cenário.

Em Redenção de Um Cafajeste, a autora narra a história de uma garota simples, que sonha terminar a faculdade e ser professora, e que conhece um empresário, dono de uma das revistas masculinas mais escandalosas do país. Uma história que mistura doses certeiras de paixão, romantismo e erotismo, tendo o Rio de Janeiro como cenário.

Resenha por Ver Sobreira

Vamos falar sobre este livro. Nana Pauvolih, uma das autoras nacionais pioneira na autopublicação, tem seu valor reconhecido por uma grande editora. Hoje o mercado está super ligado com as novas tendências do mercado editorial, tem espaço para todos, até sim, porém nem sempre é a qualidade que dita. No caso desta autora ela já chegou a editora com uma grande legião de fãs,  as chamadas nanetes. Bem eu não sou, ou pelo menos não era até ler este livro, que confesso que antes de lê-lo tive uma certa ressalva, pois várias amigas blogueiras ou não que tinham lido, reclamavam da qualidade de escrita, da revisão que faltava, e de certos vulgarismos que segundo elas poderiam ser evitados. Não moldo minha opinião de leitura pela de outros e preciso ler  de verdade, para  emitir uma.

Então fui ao pré-lançamento do livro no Clube Violeta da Fábrica 231, conheci a autora, gostei dela e li. Redenção de um cafajeste faz parte de uma trilogia e, é um livro recheado de sexo, erotismo, sensualidade. Não tem como negar que a autora usou e abusou das imagens eróticas, em alguns contexto até demais. Há de convir que por exemplo, uma moça virgem em sua primeira vez dificilmente faria a quantidade de sexo que Arthur e Maiana fazem na primeira vez dela, porém tudo bem, isso é ficção. Talvez? Não vem ao caso. Minha resenha para este livro será o que chamo de DNA, tenho até esta coluna aqui no blog, mas vou acrescentar a diferença aqui.

DNA do Livro
Sobre a temática: Romance contemporâneo, em que as relações interpessoais são um dos principais focos da narrativa. Há muito sexo como disse acima, e questionamento sobre o amor e como ele se instala no coração do indivíduo e este que se considera livre quer destruí-lo por conta do medo da entrega ao outro.

Quem são os personagens principais? Os protagonistas são Arthur Moreno e Maiana Apolinário e há uma gama de personagens neste livro, como destaque temos Virgínia, amiga de Maiana, e Matheus um amigo de Arthur que terá grande influência no rumo da relação dos dois.

A história do livro é ....É a relação de uma moça relativamente ingênua? Nem tanto, porém Maiana não é exatamente descolada, com um milionário safado e cafajeste que usa as mulheres e depois as descartadas. Eles se conhecem por conta da irmã dela, que não vale um tostão furado. A partir daí Arthur que é o sonho de consumo de qualquer mulher parte para a conquista, conquista não, caça, como um bom predador sexual que ele é. Não é preciso dizer que ela vai ceder em um dado momento, mas o que acontece depois disso é a verdadeira história do livro.

O principal conflito do livro, ou seja, o conflito central.... O conflito que considerei principal é o que quase sempre permeia este tipo de romance erótico, o medo do relacionamento sério e centrada que tira certa liberdade individual. O medo de amar e sofrer, este é o conflito central.

Situações que aconteceram na história que a tornam interessante... Não há neste livro exatamente situações drásticas, dramas e certas tramas. Como se trata de um erótico romântico, elas vão se sucedendo e se interligando.

O autor e como ele conduz a história... Considere que Nana Pauvolih é uma escritora que sabe amarrar as pontas, sabe entrelaçar histórias. Apesar das constantes cenas de sexo, o livro conduz uma história a ser contada. Obviamente há todos os tipos de clichê comuns do gênero: o afastamento causado pela descoberta de quem é Arthur, ou era até conhecê-la; a protagonista se libertar e perceber que ela pode muito mais do que está fazendo por si mesma, entre outras coisas. A opção pela narração de primeira pessoa que sempre digo aqui que tenho ressalvas, é minimizada pela alternância dos protagonistas, isso é bom.

O que mais gostei do livro... Principalmente ela não ter tratado o fato de Maiana engravidar como um drama que acabou com a vida dela, estava me preparando para toda aquela ladainha. Ora, se a personagem é inteligente, ela sabe o que pode ser feito para organizar sua vida a partir daí, principalmente se o patife não quiser assumir. A protagonista  é forte, decidida, em dados momentos fez alguns dramas, mas tudo bem.

O que não gostei mesmo....My god, foi chamar terminada parte da anatomia feminina de "brotinho", pra mim isso não deu. 

Em suma, se na edição  independente do livro havia problemas, bem, aqui a editora fez um trabalho bem legal, e muitos dos elementos que alguns consideraram vulgares não aparecem aqui. Para mim é difícil julgar estes quesitos, pois não li o livro independente. Uma das coisas mais legais, foi o fato de Nana ir além, dez anos depois sabemos dos personagens, dos momentos que passaram, sei que muitas leitoras tem essa necessidade e a autora supri belamente. Só posso dizer RECOMENDADO.

Cotação:

 Verônica Sobreira - Formada em Letras, especializando-me em Crítica Literária e Produção Editorial. Nunca pensei em ser escritora, e sim em ser "expert" em escrita. Amo ler desde sempre, leio de tudo um pouco, porém adoro a literatura de ficção sobre anjos. Consigo ler mais de dois livros ao mesmo tempo. O blog além de divertimento, é a extensão do meu trabalho que levo muito a sério - Administradora do Blog

8 comentários :

  1. É,"brotinho" não dá mesmo,rs.
    Tenho muita curiosidade em ler algum livro da autora. Leio geralmente bons comentários sobre sua escrita.
    Ainda vou ler algum! :)

    ResponderExcluir
  2. Acho tão bacana quando novos autores brasileiros conseguem se destacar e fazer algo que seja realmente bom. Apesar de não curtir muito esse segmento erótico e o livro não ter me chamado tanta atenção ( tirando a capa, tá rsrs ), acho que pretendo ler alguma coisa da autora, até mesmo para poder ter uma opinião formada.

    ResponderExcluir
  3. Como disse num post anterior eu tenho uma curiosidade em ler esse livro. Mais já estou me preparando psicologicamente para a trama, ou melhor, as cenas de sexo, sexo e mais sexo. Sinceramente, é uma coisa que não me agrada tanto. O mesmo deve ser um complemento não a história em si. Enfim, espero que eu possa gostar dessa leitura e que ela me surpreenda de um modo positivo.

    P.S. brotinho?... ai a coisa complica né? KKkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu li esse livro e amei os personagens. Sofria com eles e fiquei muito ansiosa pra que tudo se acertasse entre os dois. O final foi pra emocionar. Eu fiquei alguns dias me lembrando da história. Ver um personagem se redimir e se tornar uma pessoa diferente é tão bom e isso podemos trazer pra nossa realidade, é difícil mais pode acontecer. A Nana é mestra nas cenas picantes e isso eu adoro. kkkkkkkk
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Acho muito legal que a autora tenha conseguido fazer sucesso suficiente para ter seu livro publicado por uma grande editora e desejo a ela todo o sucesso daqui pra frente também! :)
    Sobre a história, o que mais achei legal foi a autora mostrar o que acontece com os personagens principais um bom tempo depois e também a alternação das narrações entre os dois protagonistas.Mas confesso que a história em si não me interessou muito, pois não sou muito fã desse gênero e costumo detestar esse tipo de personagem masculino, que acha que pode usar alguém e depois simplesmente jogar fora.
    Tipo, para um personagem desses me cativar tem que se redimir muito durante a história! hahahah

    ResponderExcluir
  6. Oi Vê,
    Nossa ela tem uma legião de fãs mesmo... participo de alguns grupos e nas conversas sobre os livros, até fico meio envergonhada de falar que nunca li nada da Nana o.O
    No mais, gosto de romance erótico, então acho que vou gostar desse, porém "brotinho" não achei legal o.O
    Brotinho me faz lembar aquela velha experiência do feijão na escola...
    Enfim... talvez eu dê uma chance :)
    Um super abraço!

    ResponderExcluir
  7. Oi Vê,
    Legal que vc foi ao evento!
    A Nana é uma guerreira, além de muito simpática e atenciosa! As nanetes dão o que falar mesmo! :)
    Muy guapo o rapaz da capa! :) Ulá lá!!
    Agora, brotinho é difícil de engolir... kkkkkkkkkk

    Um super abraço

    Obs: se este comentário estiver repetido favor desconsiderar, fiz outro texto mas quando fui enviar não apareceu, e eu não lembro se deu tempo ir pra aprovação... :( as vezes acontece isso, e pra não perder a contagem comentei novamente... Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    É muito legal quando autoras brasileiras consegue se destacar, a cada dia a literatura nacional está mais forte, mas já ouvi falar da Nana Pauvolih mas ainda não li nenhum livro dela, quero dar uma olhada nesse livro pra ver o que acho já que tem opiniões tão divergentes !!!
    Agora "brotinho" realmente não dá !!!

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique