Zerando a Redação do ENEM

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

LER, LER, ESCREVER...

Meio milhão zeraram a redação no ENEM.

Sabe, o que me impulsiona a escrever são vários motivos, é claro que nem sempre leem o que escrevo. Essa DEPLORÁVEL notícia de que meio milhão de candidatos do ENEM zeraram a prova de redação é TRISTE, mas não  é novidade. Quem como eu é professor, e frequenta a sala de aula, seja em que disciplina for sabe, sabe de todos os problemas que enfrentamos todos os dias nas nossas classes. Porquê toda disciplina que se ensina depende da leitura, e, em  Redação não há o que se discutir sobre isso. Ter domínio do nosso idioma não é favor nenhum, mas tudo envolve a participação imprescindível do aluno, do professor, dos pais, da sociedade e do governo como um todo.Quem zera uma redação provavelmente vê o livro como um objeto qualquer, sem valor e de uso desnecessário. O teórico Vincent Jouve afirma que a leitura é antes de mais nada um ato concreto, observável, tudo que fazemos na vida depende da leitura. apesar de defender os livros como uma das principais armas da aquisição de cultura, ler também é observar o mundo e os acontecimentos à sua volta.

Agora os pais destes alunos que zeraram a redação do ENEM, vão culpar a escola, o professor, a falta de investimento em cultura, tudo, menos a sua própria responsabilidade nisso também. O que acontece com  os nossos alunos. Há os preparatórios, os "cursinhos" para o ENEM, porém o que  a maioria se esquece é que o processo começa  muito antes deste momento crucial, de quando se precisa cursar uma universidade pública. Lá nos primórdios da alfabetização do indivíduo se inicia um trabalho que quase sempre não é levado a sério. Se você tomar como parâmetro as exigências desta redação, perceberá porque apenas 250 tiraram a nota máxima e outros poucos chegaram próximo dela, mas 250 em vista das inscrições é um número muito ínfimo. As pessoas não sabem as regras básicas e primárias de pontuação, construção de parágrafo, ortografia, etc.para não dizer outros erros grotescos.



Para quem é professor, que mesmo ganhando pouco tenta dar seu melhor não fica admirado de mais de meio milhão de alunos terem zerado uma redação. Num país em que as políticas de incentivo à leitura são quase nulas, o que se poderia esperar? Muitas coisas faltam, digo e repito, os primeiros passos da criança na escola não devem ser esquecidos. O governo tem responsabilidade, mas a culpa não é só dele. Eu incentivo ao máximo aos meus alunos, meus familiares ( os pequeninos e os grandes também)  a lerem, porque isso é um passo importante na hora de escrever.

Em suma, há muito o que fazer desse lado de cá, por outro lado também nem vamos falar do método de correção que  é injusto e sem critérios claros. Esse é assunto para um outro post, mas não isenta as falhas dos nossos alunos ao se prepararem. 
Sigamos!

Verônica Sobreira - Formada em Letras, especializando-me em Crítica Literária e Produção Editorial. Nunca pensei em ser escritora, e sim em ser "expert"  em escrita. Amo ler desde sempre, leio de tudo um pouco, porém adoro a literatura de ficção sobre anjos. Consigo ler mais de dois livros ao mesmo tempo. O blog além de divertimento, é a extensão do meu trabalho que levo muito a sério - Administradora do Blog

3 comentários :

  1. Olá, Verônica. Tudo bem?
    Assim como você, sou formado em letras e leciono, então acompanho a realidade de perto. 90% dos meus alunos detestam ler. Ou melhor, detestam livros; eles leem mensagens no whatsapp, no Facebook e etc. E, com certeza, essa quantidade de zeros é reflexo da falta de leitura. O pior é que só sobra para o professor.
    Lamentável, sem dúvidas.
    Falta o entendimento daquilo que Lobato já sabia: um país é feito de homens e livros.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de janeiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. O Ver, é realmente deplorável esse tpo de resultado,a vida acadêmica dos alunos é pobre demais desde os primeiros anos de escola e tudo isso reflete lá no final.Em tempos de video game,celular cheio de jogos e várias outras parafernalias eletrônicas,os pais precisam achar um equilíbrio e incentivar os filhos a ler e consumir cultura.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  3. Olá Verônica, boa tarde ^^
    Infelizmente, esse número de pessoas que zeraram a redação não me impressiona :( Mas ainda sim eu tomei um susto quando descobri. E concordo, tudo vem da base, da educação básica; e é tudo fruto da união da família, da comunidade, da escola e do próprio aluno.
    Só espero que com o tempo essa situação melhore. Temos que fazer nossa parte incentivando a leitura como você faz (eu como estudante de Letras e futura professora espero conseguir fazer isso também algum dia ^^).

    Beijinhos e boas leituras.
    Isabelle - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique