Por Você

sábado, 31 de janeiro de 2015

Fixed on You - Fixed Trilogy#1
Laurelin Paige
Editora: Editora Rocco/ Fábrica 231
Tradução: Julio Andrade Filho
ISBN:9788568432006
Ano:2014
Páginas:368



Sinopse
Um cara rico, lindo, charmoso e que estranhamente não tem capacidade para amar. E uma mulher extremamente sexy, inteligente e ex-compulsiva, que lida com o vício de se agarrar emocionalmente aos parceiros. É através dessa dupla de protagonistas, Hudson Pierce e Alayna Withers, aparentemente tão diferentes,  que a autora Laurelin Paige apresenta Por você, primeiro volume da trilogia Fixed, o maior sucesso de autopublicação do mercado norte-americano e  primeiro título independente a chegar no topo da lista dos mais vendidos do The New York Times, categoria ebook. As histórias de Paige chegam às livrarias pelo Fábrica231, novo selo de entretenimento da Rocco, como parte da coleção Violeta, que reunirá apenas títulos com alto teor de romantismo, sensualidade e erotismo.
Diferentemente da maioria das heroínas, Alayna Withers conhece bem o seu poder de conquista. Adepta de figurinos provocantes, chama a atenção com suas calças justas e decotes pra lá de generosos. Principalmente quando está em ação trabalhando como atendente da boate Sky Launch. Do tipo segura, leva com bom humor as cantadas dos clientes e costuma flertar com David, o gerente da boate. Até que é surpreendida pela presença desconcertante de Hudson Pierce, um homem lindo e sexy, que aparece numa noite na boate.
A atração entre eles é imediata. O choque eletrizante de uma simples troca de olhares provoca reações diversas e assustadoras em Alayna. Calores, desejo, palpitação, excitação... tudo ao mesmo tempo. “Mas não foi apenas a sua beleza incomparável e nem a sua intensa exibição de masculinidade que provocou aquele calor entre as minhas pernas... Foi como ele olhou para mim, de uma forma que nenhum homem jamais tinha olhado...”, diz a protagonista.


Resenha por Ver Sobreira

Amar é bom, amar demais, obsessão é péssimo. Autodestrutivo e com um fim fora de controle. Em Por Você a obsessão, fixação doentia por alguém ou fazer alguém te amar ao ponto de se destruir é um dos cernes  desta narrativa. Tais questões é algo a se pensar, porquê qual o motivo que leva alguém a apaixonar-se loucamente e sem precedente por outra pessoa. Falta de amor, afeto, carência afetiva, falta de amor dos pais, baixa estima? A história tem um toque sensual incrível, mas é cheia de questionamentos sobre o amor e a paixão, apaixonar-se ao limite da loucura.


Todas as relações de Alayna Wither foram complicadas. Ela simplesmente não consegue manter um relacionamento sem que o mesmo termine com uma ordem de restrição ou coisa pior. Por conta disso ela faz terapia e tenta se manter o mais afastado possível de relações de dependência. Como acaba de terminar seu MBA ela almeja conseguir a gerência do Sky Launch NightClub,  ela anda envolvida com David o gerente atual, mas não crê que será empecilho, principalmente agora que o bar foi vendido e o dono está prestes a tomar posse. Hudson Pierce é um homem, que segundo ele mesmo não é apto para o amor, não sabe amar. Na esperança de tirar sua mãe de seu pé que cismou que ele deve casar-se com Celia, um antigo affair. Ele conhece Alayna e encantado com a moça faz-lhe uma proposta inusitada. Como ela anda as turras com o irmão Brian, – que decidiu que ela deva arrumar um emprego de verdade e assumir sua vida, – e precisa pagar o  crédito estudantil ela acaba aceita, porém o  que Laynie não sabe é de quem se trata de verdade Hudson Pierce.

(...) Eu o desejei instantaneamente, uma pontada de fixação se enraizou na minha barriga, uma antiga sensação, e bastante familiar para mim. Mas desejá-lo era o de menos. A expressão no rosto daquele homem dizia que ele me teria, que eu quisesse ou não, e que isso seria inevitável, como se já tivesse acontecido(...)

Então, é fato dizer que Por Você não foge dos clichês dos livros eróticos atuais, muito desejo , paixão, cenas picantes e muito, muito fogo. O homem é tudo de bom, controlador, mas não dominador. Alayna é uma protagonista ousada e diferente de muitas que temos lido, ela tem noção dos problemas que pode lhe causar se envolver com um homem como Hudson Pierce,   mas quando ele propõe uma relação de fachada, com benefícios de sexo ela não pensa, cai dentro sem olhar para trás.  Só que também o  livro de Laurelin Page se destaca por abordar um tema muito atual e que poucos livros, ou  talvez nenhum livro neste gênero abordou. A dependência emocional da relação, a tirania interior, e também o  poder autodestrutivo que tem uma paixão sem limites e levada ao extremo, onde um é capaz de se aniquilar por conta da relação com o outro.

(...) Sinceramente, por mais assustada  que eu estivesse , e  com medo de cair em padrões doentios de novo, eu não queria terminar as coisas com Hudson. E estaríamos trabalhando juntos daqui  em diante. Mesmo que a melhor solução fosse não dormir com ele de novo, eu   seria capa de resistir a isso? (....) 
Narrativa em primeira pessoa o livro é lido sob a perspectiva de  Alayna, seus medos e anseios são divididos com o leitor. Ao envolver-se com Hudson Pierce ela não esperava conhecer a fundo o tipo de homem que ele é, e percebe que ambos tem mais em comum do que imaginavam. São mais de 300 páginas de uma história instigante que tem alguns mistérios que nos deixa muito curiosos sobre o futuro da relação deste dois. São dois seres em desordem que tentaram chegar em um estado de harmonia para tentar alcançar a felicidade. Não deixe de ler. RECOMENDADO.

Cotação:

Verônica Sobreira - Formada em Letras, especializando-me em Crítica Literária e Produção Editorial. Nunca pensei em ser escritora, e sim em ser "expert"  em escrita. Amo ler desde sempre, leio de tudo um pouco, porém adoro a literatura de ficção sobre anjos. Consigo ler mais de dois livros ao mesmo tempo. O blog além de divertimento, é a extensão do meu trabalho que levo muito a sério - Administradora do Blog

6 comentários :

  1. gostei da história do livro. só n curti muito a capa, acho que a modelo tá um pouco esquisita, enfim acho que vou colocar esse livro na minha lista de leitura <3
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela esta com uma cara de submissa total, hehe

      Excluir
  2. Acho que esse deve ser o livro erótico mais profundo que já vi nos últimos tempos,pois a dominação sempre está presente na maioria desses livros,mas essas questoes de carência,relacionamentos destrutivos e dependência emocional quase nunca são abordadas.

    Preciso ler esse livro para ontem.Você realmente me mata com essas resenhas....

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade né, ficamos ainda mais curiosos com estas resenhas,

      Excluir
  3. Oi Ver, uma ótima resenha como sempre.
    Ainda não conhecia, mas vou anotar a dica.
    Eu tenho fugido um pouco dos eróticos, porque todos andam muito parecidos. Mas, como você fala na sua resenha que este tem uma proposta diferente vou tentar ler.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Esta onda de livros/filmes eróticos, acho que vai demorar passar, principalmente com 50 tons de cinza. Mas enfim, acredito que é um erótico, mas não tão explicito sabe, que dá um certo prazer de leitura e não repugnância. Hehe.

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique