Jogos Vorazes - A Esperança - Parte 1

sexta-feira, 21 de novembro de 2014


Sinopse

Após ser resgatada do Massacre Quaternário pela resistência ao governo tirânico do presidente Snow (Donald Sutherland), Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) está abalada. Temerosa e sem confiança, ela agora vive no Distrito 13 ao lado da mãe (Paula Malcomson) e da irmã, Prim (Willow Shields). A presidente Alma Coin (Julianne Moore) e Plutarch Heavensbee (Philip Seymour Hoffman) querem que Katniss assuma o papel do tordo, o símbolo que a resistência precisa para mobilizar a população. Após uma certa relutância, Katniss aceita a proposta desde que a resistência se comprometa a resgatar Peeta Mellark (Josh Hutcherson) e os demais Vitoriosos, mantidos prisioneiros pela Capital.1
Por Ver Sobreira

Então ver o filme, dificilmente superará o livro. É sempre assim, queremos, porque queremos ver as palavras do livro reproduzidas em imagens. Isso é normal, porque nós temos um imaginário, principalmente em tempos que literalmente "uma imagem vale mais do que mil palavras". Jogos Vorazes  trabalha com isso, o midiático, a propaganda, a imagem como força de expressão e que pode mudar o mundo se usada de modo enfático e sem escrúpulos. É fácil imaginar porque os Estados Unidos não receberam tão bem esse filme como no resto do mundo, porquê ele torna literal e abertamente a imagem déspota deste país mais clara do que nunca. Ele demonstra uma face que os próprios estadunidenses não querem enxergar. Não adiantou o Obama ser eleito, ele vai sair deste governo como se nada de transformador tivesse ocorrido, podem aguardar os próximos anos, mas vamos ao filme.

Como leitora pró eficiente que tento ser, nunca espero que um livro seja reproduzido na íntegra na telona, mas para Jogos Vorazes desde o primeiro até aqui, os leitores da trilogia não têm o que reclamar, uma coisa ou outro foi tirada daqui e ali, porém tendo a autora como co-roteirista  o livro está posto na tela. Nós( que lemos, ainda que mais ou menos ),  já meio  que sabemos o que está  para acontecer, –apesar de os produtores terem tentado fazer um filme para quem não leu o livro, ótimo, ponto para eles. Sabemos que Katniss foi resgatada no final de Em Chamas e Peeta( Josh Hutcherson ) foi deixado para trás; Plutarch Heavensbee (Philip Seymour Hoffman) era mais do que parecia ser, Finnick Odair ( Sam Claflin) não é um idiota, egocêntrico, manipulador e oportunista; Haymitch (Woody Harrelson) é um bêbado conveniente, Cinna (Lenny Kravitz) está  realmente morto; Gale(Liam Hemsworth) precisava ir atrás da garota que ele ama e a garota está em frangalhos. Depois de sobreviver a duas edições dos Jogos Vorazes, quem é Katniss Everdeen.?

Quem leu o livro sabe que o espírito da garota está quebrado, ela só consegue pensar em Peeta, que não foi resgatado com ela, mas e o resto de tudo isso? Gale tenta ser mais forte do que nunca e começa a perceber que não tem muitas chances de competir pelo amor de Katniss com Peeta. Ele está engajado na luta e gostaria que Katniss estivesse com a cabeça voltada para isso. E seguimos. Duas horas e meia quase e o filme não me convenceu ou emocionou como Em Chamas, e estou falando das atuações e não da história contada. O teor político, a manipulação da imagem com um propósito de vender uma ideologia. Os produtores, o diretor, Suzanne Collins escreveu, e creio que a autora tenha visto suas palavras materializada. Vejam, esta trilogia foi inicialmente escrita para um público jovem, que precisa, necessita ser politizado, mas creio que Jogos Vorazes é um soco na boca do estômago dos idealismos americanos que veem tudo como teoria da conspiração, um aviso,é, pois é mesmo. Parem e pensem "americanos". 

Mas o que está ruim nesta produção? Jennifer Lawrence, aquela que foi boa no primeiro filme e  deu um banho de interpretação no segundo, emocionou-nos  ao choro em, Em Chamas, cadê esta atriz? Será que é estrelismo? Subi a cabeça o Óscar? Certo, sabemos do espírito alquebrado da personagem, mas vamos combinar Lawrence não passou nem perto da atriz que foi nas duas outras produções, ficou aquém. O resultado disso, pura e simplesmente um filme onde a emoção não rolou, não ficou transparente.

 É  o inicio do fim e o que fica? Todos as conotações políticas que a cultura pop, a cultura de massa pode oferecer. É fato que com certeza Suzanne Collins, leu "A Industria Cultural" de Adorno & Horkheimer. Também é fato que esta primeira parte não se utilizou dos grandes "circos" da Roma Antiga, mas a imagem, a imagem essa tão cultuada atualmente, definitivamente continua sendo a arma mais poderoso do presidente Snow (Donald Sutherland) que agora foi surpreendido, mesmo sem demonstrar pelo contra-ataque midiático do distrito 13, liderado pela Presidente Alma Coin (Julianne Moore) que tem em Julianne Moore uma atuação interessante, em uma postura um pouco diferente do livro, mas válida. 


Agora aguardemos o desfecho desta história e vejamos como será mostrado o desenrolar, o gran finale. Para quem já leu, já sabe com quem fica quem, quem morre, quem vive, mas como chegamos até lá e como a linguagem cinematográfica irá traduzir, isso sim é o grande barato da história, da transposição de uma para outra. Para mim como estudiosa o melhor de tudo é a reação do leitor, como fã quero que fique gravado na mente e que se pense sobre tudo.  Porquê Suzanne Collins com certeza tinha um objetivo claro quando começou a escrever esta narrativa, que com toda certeza vai muito além da versão hollywoodiana que aparece nas telas. Jogos Vorazes é uma das  séries mais críveis que li até hoje, tudo muito mais atual do que nunca. Valeu.

1.http://www.adorocinema.com/filmes/filme-200088/


Verônica Sobreira - Formada em Letras, especializando-me em Crítica Literária e Produção Editorial. Nunca pensei em ser escritora, e sim em ser "expert"  em escrita. Amo ler desde sempre, leio de tudo um pouco, porém adoro a literatura de ficção sobre anjos. Consigo ler mais de dois livros ao mesmo tempo. O blog além de divertimento, é a extensão do meu trabalho que levo muito a sério - Administradora do Blog

7 comentários :

  1. Caramba Verônica!
    Sua resenha foi tão completa que não sei nem por onde começar.
    E até fica muito difícil ,pois nunca tive o interesse em ler os livros.Sinceramente não sei exatamente o motivo.
    Mas lendo a resenha,acho que o diretor conseguiu passar toda a crítica política que a autora escreveu e desejou para o filme.
    E achei uma grande pena que a atriz não tenha se saído tão bem quanto nos filmes anteriores!

    Vou tentar ler os livros,para compreender melhor sobre a trama.

    ResponderExcluir
  2. Oii Verônica!
    Sabe, só li a trilogia depois que assisti ao primeiro filme, me apaixonei, e acabei devorando os livros em uma semana.. Acontece que a minha ansiedade para A esperança não é tão grande, acabei não gostando tanto do último livro, sinceramente, esperava algo bem diferente!
    Se tem uma coisa que o diretor de Jogos Vorazes conseguiu foi uma ótima adaptação, realmente, eu percebi poucas diferenças nos primeiros filmes em relação aos livros ..
    Agora é esperar chegar no cinema da minha cidade, e ver o que vou achar!
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  3. Estou louca pra ler esta trilogia!
    Sem duvidas parece ser bastante boa! Quero muuuito longo em seguida
    assisti o filme! Que parece bem feito!

    ResponderExcluir
  4. Curto muito essa série, ela é ótima e estou gostando muito dos filmes também!

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler essa trilogia, assisti o primeiro filme quando lançou.
    Não assisti os outros ainda porque quero ler primeiro. rs

    ResponderExcluir
  6. Olá, Verônica!

    Li a trilogia há cerca de um ano e virei fã instantaneamente. A obra é muito reflexiva e nos faz pensar realmente na política que está encrustada em nossa sociedade. Espero que todos os 'tordos' do mundo se libertem e lutem contra os governos opressores que estão por aí.

    Até logo,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Ver, eu nunca li os livros, mas mesmo assim deu para perceber a queda na atuação de Jennifer dos outros filmes para este. Eu gostei muito dos dois primeiros filmes, mas neste terceiro, saí do cinema com a sensação de que estava faltando algo. Achei o filme morno, sem muita emoção, sei lá; Espero que o próximo consiga se igualar aos dois primeiros. Ótima resenha como sempre amiga. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique