Dublin Street

terça-feira, 2 de setembro de 2014

On Dublin Street
Samantha Young
Editora Quinta Essência/ Leya

Tradução:Natália Klussman
ISBN:9788544100394 (e-book)
Ano:2014
Paginas:293

Sinopse


Traumatizada pelo seu trágico passado, a americana Joss muda-se para a Escócia, na romântica Edimburgo, onde espera começar uma nova vida. Durante quatro anos tenta negar memórias dolorosas, refugiando-se na escrita, no sonho de um dia, finalmente, pôr os seus fantasmas no papel. Mas de repente tudo muda. Quando vai morar em um luxuoso apartamento na Dublin Street, conhece o desconcertante Branden, um carismático milionário que exerce sobre ela um irresistível fascínio. Joss se vê numa encruzilhada. Sabe que a atração entre ambos é imediata, avassaladora. Mas os demônios do seu passado a impedem de se entregar ao sensual escocês. É então que ele lhe propõe um estranho acordo, que lhes permitirá explorar a atração entre eles sem se envolverem emocionalmente. Joss aceita. E no início acredita, inocentemente, que o acordo vai dar certo. Mas Branden quer mais, muito mais, quer tudo. Quer desvendar todos os seus segredos – e está disposto a mudar o que for preciso para tê-la por inteiro. Mas será que ela está disposta a ir até o fim?


Resenha por Ver Sobreira

Particularmente acredito que as editoras devem ser cuidadosas quando querem desviar o foco do tema de um determinado livro. No caso deste o livro é hot e para não parecer mais do mesmo optou-se por um determinado caminho para divulgação.É interessante tal fato desde que bem explorado, no caso deste a Síndrome do Pânico completa a trama do livro Dublin Street , apesar disso é mais do mesmo e o casal de protagonistas não é lá essas coisas. 

Há 4 anos a morte de sua família abalou a vida de Joss, e desde de então ela decidiu que jamais amaria ou se envolveria com alguém. Tudo porque tempos depois da primeira tragédia em sua vida ela perdeu também sua melhor amiga.  Agora Joss vive em Edimburgo e pretende dar uma guinada em sua vida já que terminou a faculdade e quer engrenar na carreira de escritora. Ela se muda para um apartamento em Dublin Street e acaba conhecendo Brande Carmichael, irmão de sua colega de quarto, Ellie. Brande é um cara intenso, misterioso e cheio de si. A relação que terá será diferente de tudo que Joss viveu, principalmente porque ela não quer compromisso com sentimentos e ele em geral costuma envolver-se com beldades. Porém como nem tudo sai a contento, esse dois vão conhecer o outro lado da moeda.

(...) Um grito de surpresa morreu na minha garganta quando eu olhei nos olhos do Engravatado (...) Ele tinha aquele olhar novamente. Aquele olhar sombrio, sexualmente cobiçoso. Eu odiei que meu corpo tivesse respondido instantaneamente àquele olhar, considerando que o cara poderia ser um serial (...)

Joss e Brande se envolve em uma relação perigosa, já que nenhum deles quer compromisso. Porém é Brande que percebe primeiro para onde tudo está indo. Ele não sabe dos traumas da vida de Joss, como a maioria das pessoas e ela não está disposta a ceder o controle de não amar, e consequentemente sofre. O que começou como um desafio  e cessão de controle acaba indo pelos ares, com a relação altamente sexual e erótica dos dois. E fora o fato de Brande ser muito dominador e querer o tempo todo a atenção dela.

A narrativa conduzida em primeira pessoa, com já mencionei é mais do mesmo do gênero. Os personagens tem algum carisma. Quando a editora anunciou o livro, pôs o foco na síndrome do pânico, mas por incrível que parece este fato fica em segundo plano, já que o romance de Joss e Brande é tão explosivo, tão exclusivo que acaba ficando em primeiro lugar. O final caminha para o clichê, dá  uma boa leitura. Confira.

Cotação: 

Verônica Sobreira - Formada em Letras, especializando-me em Crítica Literária e Produção Editorial. Nunca pensei em ser escritora, e sim em ser "expert" em escrita. Amo ler desde sempre, leio de tudo um pouco, porém adoro a literatura de ficção sobre anjos. Consigo ler mais de dois livros ao mesmo tempo. O blog além de divertimento, é a extensão do meu trabalho que levo muito a sério - Administradora do Blog


15 comentários :

  1. Oi amiga, eu tenho o e-book, mas ainda não consegui ler. Uma pena que tenha ficado na mesmice, pois ao participar ativamente da divulgação dele, espera que tivesse um conteúdo mais profundo e que trouxesse alguma luz em relação a síndrome do pânico que é algo sério e que vem atingindo muitas pessoas ultimamente. Ótima resenha como sempre. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que pena que o livro é mais uma história parecida com tantas outras!
    Já tinha lido a sinopse do livro há um tempo atrás e pensei que seria uma história mais densa e reflexiva.

    É bem chato quando o livro não supera nossas expectativas!

    ResponderExcluir
  3. Já tinha lido o livro em inglês... E apesar de ser mais do mesmo gostei muito dele. Tenho que concordar que a síndrome do pânico realmente fica em segundo plano no livro, então se alguém quiser ler com intuito de conhecer mais sobre o assunto ficará frustado. Por isso é apesar do que a editora vendeu, o leitor precisa levar isso em conta na hora que decidir lê-lo, mas isso só será possível lendo as resenhas, já que a sinopse não demonstra muito isso.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bom?
    Gostei da resenha, o livro parece ser interessante, mas confesso que não pretendo ler ele por agora, ele não me atraiu muito, acho importante que as editoras divulguem o livro exatamente do gênero que ele é, para não ocorrer esse tipo de coisa.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito da resenha, mais um livro que eu não conhecia e me interessei de cara. Um romance simples e parece ser sem enrolar muito na história.

    ResponderExcluir
  6. Olá Verônica!
    Tenho este livro em casa. Ainda não tive tempo para ler. Acho a capa dele muito bonita e interessante. Sobre o livro, acho ele um pouco clichê, mas que não gosta de um clichê né? rs Espero lê-lo logo. Amei a sua resenha!

    Beijos, Vi.
    minhavelhaestante1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Verônica,
    Eu vi na Arqueiro e esse lançamento e fiquei super intrigada pelo tema que foi abordado desse livro e fiquei bastante curiosa, mas na sua resenha vc diz que esse assunto foi colocado em segundo plano, então acho que vou ler para tirar as minhas duvidas...^^

    Abçs :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,Tamires é o tema de síndrome de Pânico ficou aquém um pouco, mas este livro é da Leya e não da Arqueiro =)

      Excluir
    2. Pois é, me enganei... rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

      Excluir
  8. O problema de livro new adult é isso, acabam sendo clichês demais.
    Sinceramente, essa capa está horrível, a editora deveria ter dado uma ajeitada né?
    Minha lista de livros desejados está muito grande e dessa vez vou deixar passar

    ResponderExcluir
  9. Me ganhou quando mencionou Escócia mas li tanto livro com desfecho clichê esses dias que preciso de um tempo hahah poucos new aldults tem aquele "up" ou um toque a mais de originalidade, deixarei pra ler mais pra frente

    ResponderExcluir
  10. Não gostei da capa e nem do enredo...
    Como vc mesma disse a editora acabou colocando os pés pelas mão querendo empurrar um tema q não era o real da história...uma pena..
    De qq maneira n me interessei pelo livro.

    ResponderExcluir
  11. Como estou bem envolvida com New Adults ultimamente me interessei bastante pela história,já sei que a maioria segue pro mesmo rumo mas o que mais me interesse é o caminho até lá.A capa é linda só não gostei da Editora expor o livro apresentando uma coisa que fica em segundo plano como principal pois muitos podem comprar achando que foca em uma coisa quando na verdade é em outra.De qualquer forma quero muito ler.

    ResponderExcluir
  12. Eu li esse livro e até gostei da história, especialment porque não esperava muito..rsrs.. Gostei bastante de sua resneha, pq você conseguiu retratar muito bem a essência do livro...É desse jeitinho mesmo que ocorre..:D Mas, te digo que a continuação é um pouco melhor, na minha opinião...bjsssssssss

    ResponderExcluir
  13. Não gosto de me envolver dessa maneira num livro e quando me deparo, o livro é outro tema que não o que eu pensava. Enfim, a sinopse me passou uma coisa que eu não imaginava. Não gosto de livros hots, então a minha atenção e interesse pela obra acabou na metade da resenha. Acredito que isso seja jogada de marketing, mas o fato de envolver uma doença foi um dos pontos que me atraiu para a leitura.

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique