O Amor Não Tem Leis

domingo, 3 de agosto de 2014

O Amor Não Tem Leis
Camila Moreira
Editora Suma de Letras
ISBN: 9788581052281
Ano:2014
Páginas:288

Sinopse
Alexandre Ferraz é um renomado advogado criminalista apaixonado pelo que faz. Além do sucesso inquestionável na carreira jurídica, também usufrui do impacto devastador que provoca nas mulheres a sua volta. E com a sua nova estagiária Maria Clara não seria diferente. Recém-chegada de uma temporada fora do país, quando acompanhou o então namorado e cantor pop Dereck Mayer em turnê pelo mundo, a estudante de Direito está determinada a cumprir as horas de estágio para finalmente ganhar o diploma, nem que para isso tenha de resistir aos hipnotizantes olhos azuis do dr. Ferraz. Assim como o seu chefe, a jovem leva uma vida descompromissada, curtindo o sexo oposto sem romantismo ou grandes demonstrações de afeto. O amor não tem leis traz a arrebatadora história de um homem e uma mulher que buscam, acima de tudo, o prazer, mas que quando colocados frente a frente terão de aprender a lidar com sentimentos até então desconhecidos para eles. O que esperar desses dois? O amor será capaz de transformá-los? 
CONTEÚDO ADULTO
Resenha por Ver Sobreira

(... )Meu nome é Alexandre Mendes Ferraz. Os mais íntimos me chamam de Xande ou Alê, tanto faz. No ambiente profissional, limite-se a dr. Ferraz, mas se for entre quatro paredes, prefiro que me chame de... de...! Entre quatro paredes, seu cérebro nem vai lembrar quem você é. O que dirá o meu nome. Arrogante? Talvez. Confiante? Sim. Modéstia à parte, eu sei do que sou capaz (...)
Gente, recebi este livro esta semana da Suma de Letras, comecei a ler por pura curiosidade rsrsrs...Já que é nacional, autora Camila Moreira. Alguém já leu antes da editora publicar? Pergunto isso porque ele esteve na Amazon. Olha, ficou difícil não vê-lo como meio que uma compilação da trilogia Peça-me o que quiser sem ménage, rsrsr... e série Crossfire. À princípio fiquei  estressada, então lá pelo meio da leitura comecei a  vislumbrar uma trama. É clichê dizer que muitas histórias que veem à cabo de outras, acabem sendo comparadas é fato, não há como fugir. Mas também é válido observar que em algum ponto há necessidade premente de uma variável,  para justamente não parecer o lugar-comum. Porém de qualquer forma li e dentro do gênero a que se propõe... pode se firmar. Infelizmente lá vamos nós para mais uma série ou trilogia.Não costumo falar de capa, mas essa ficou muito aquém, poderia ser melhor, é sem graça.

Maria Clara é uma jovem estudante de Direito, que precisa de horas de estágio para receber seu diploma. Ela esteve fora durante algum tempo acompanhando em turnê, seu então namorado o rockstar Dereck Mayer. Se pensar duas vezes pede ajuda a uma velha amiga, Priscila Ferraz e esta a indica para o renomado escritório de advocacia de sua família. Alexandre Ferraz é advogado, famoso criminalista muito respeitado e reconhecido em seu meio e além disso  um chamariz para as mulheres. Ele nunca gostou da ideia de ter uma estagiária, porém desta vez ele terá que ceder a  um pedido de seu pai. Ao conhecer Maria Clara, ele fica fascinado e a partir dai eles entram em uma dança de gato e rato, ou melhor,de Lobo Mau e nem tão comportada Chapeuzinho Vermelho.

(...) Brincando com meus polegares, esperei pacientemente a menina chegar à minha sala. Porém, nada que eu tivesse feito poderia ter me preparado para o que eu vi.(...) Minha secretária encaminhou a garota para dentro da sala e ...AI MEU DEUS, COMO ESTOU FODIDO!!!( ...)

 Em minha análise devo primeiramente destacar que é super válido a literatura nacional se embrenhar pelo gênero erótico, ainda que se remonte aos modelos mais usuais e consequentemente repita estes, sejam em diálogos, biotipos de personagem,etc.  Aviso que é quentíssimo como Crossfire e bem musical como Peça-me o que quiser. Em  O amor não tem leis,  gostei do fato de os personagens principais saírem do lugar comum do multimilionário e a garota "fragilzinha", sem experiência sexual e submissa no pior sentido,  sem personalidade; como seus  dois predecessores, sem muito diferencial é verdade, mas são personagens interessantes. Maria Clara  tem um pouco de Judith Flores e de Eva Tramel, ouso dizer que muito mais da segunda e Alexandre, muito mais de Gideon Cross, sem problemas psicológicos aparentemente. É ruim isso? Pode  até ser se a trama como já mencionei, não tiver alguma outra saída para situações comuns. O "pulo do gato" vai ser aquele que firmará a história, personagens repetitivos, fatalmente narrativas iguai,s com  situações iguais, ou seja,  dada ao chavão do gênero.


Narrativa em primeira pessoa que se alterna entre os dois personagens, diga-se de passagem de personalidades muito fortes. Alexandre e Maria Clara entram em uma relação de conflitos e prazeres, amores e dores, porém o passado dela que é obscuro para Alexandre será um grande empecilho para relação deles. Ao mesmo tempo em que um desafeto antigo de Alexandre irá ser decisivo no futuro desta relação, já que este colocará em perigo não só a vida de Maria Clara, mas de toda família Ferraz. Nem só de sexo quente passa a história, há um pouco de desafio em se levar a narrativa a outro patamar no que se diz respeito ao drama, que  pelo visto só se desenrolará melhor no próximo livro.


Dentre algumas coisas que apontaria como impossível de não identificar a influência direta dos livros que mencionei, são os acontecimentos que envolvem o cantor pop Dereck Mayer, ex de Maria Clara, ficou muito óbvia as referências a série Crossfire. E mesmo nos outros personagens, como o  amigo gay, Nando, que se liga a Maria Clara desde o primeiro dia dela na empresa Ferraz. Os outros personagens ainda não disseram a que veio, claro é  o primeiro livro. Temos Laís, uma grande amiga dela; Diego, irmão caçula de Alexandre, uma espécie de cavalheiro de armadura; Bruno, o amigo  dos irmãos e quase um irmão, há um pouco de Björn; e Lana, bem tipo Corinne, aquela que não quer largar de jeito nenhum o que julga seu e vai aprontar poucas e boas, enfim o que vem depois é difícil não ser comparado, é claro que isso ocorreu porque já li e resenhei as duas séries, então... Mas não deixa de ser uma boa leitura do gênero, pois é o primeiro livro e acredito que o aperfeiçoamento da escrita de Camila Moreira virá. Confira, minha cotação bem... gostei, mas sei que pode melhorar muito e tornar-se original. 

Cotação:


Verônica Sobreira - Formada em Letras, especializando-me em Crítica Literária e Produção Editorial. Nunca pensei em ser escritora, e sim em ser "expert"  em escrita. Amo ler desde sempre, leio de tudo um pouco, porém adoro a literatura de ficção sobre anjos. Consigo ler mais de dois livros ao mesmo tempo. O blog além de divertimento, é a extensão do meu trabalho que levo muito a sério - Administradora do Blog

15 comentários :

  1. Não curto literatura erótica , não é de jeito nenhum meu estilo ...Mas , eu respeito quem gosta e dou super apoio para a literatura nacional ela tem mais é que crescer independente do estilo.

    ResponderExcluir
  2. Não sou chegada ao estilo, talvez por isso não tenha me interessado tanto.
    Minha impressão foi de que o livro é bem fraco e não tão original, mas que a autora tem potencial para escrever histórias bacanas.
    Então, resta-me torcer para que o potencial se torne realidade.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. eu curto literatura erótica, mas esse livro nunca me chamou atenção!
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  4. Hum...
    Lendo sua resenha,fiquei com o pé atrás com esse livro.
    Gosto de romances hot,mas que tenham conteúdo.
    Não está certamente entre os que pretendo muito ler.

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro os livros desse gênero,e concordo que as comparações são o caminho normal,mas cada autor sabe dar o seu toque,ou não aos seus livros.... Como é indicação sua,vou ler com certeza....

    bjsss

    Bem legal seu post Ver,eu admiro quem tem o dom de escrever e encantar com o que escreve e as dicas que você postou aqui são super válidas...

    Acompanharei os post,apesar de não ter criatividade nenhuma para escrever...

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  6. Eu estava com vontade de ler esse livro, mas pelo que você falou ele realmente lembra muito Crossfire e Peça-me o que quiser (principalmente os personagens né?! ). E por mais que eu tenha gostado dos livros, eu não acho que vou gostar de ler esse livro. E se eu ler acho que vai ser impossível não comparar.
    E eu também não gostei dessa capa. Achei ela realmente sem graça!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá Verônica!
    Eu estou vendo muita divulgação desse livro. E fiquei muito interessada em ler.
    É uma pena que outra série e trilogia tenham influência nesse livro, mas mesmo com tudo isso vou dar uma chance ao livro. Espero que o segundo tenha mais originalidade.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Já tinha visto a propaganda do livro, mas é a primeira resenha que leio sobre ele. Já li crossfire e peça-me o que quiser... Pelo que você falou lembra sim os livros e tbm me lembrou os livros da R.K. Lilley pelos personagens, ainda estou na dúvida se leio ou não. Acho que o fato de ser de uma autora brasileira conta pontos a favor do livro e talvez eu leia por isso...

    ResponderExcluir
  9. Oiee.
    Bem o que dizer? Que estou cansada de livros meio "cópias", acho que os autores tem criatividade pra fazer mais que isso, pegar uma coisa de um, uma coisa de outro e formar o seu, isso cansa viu.
    Enfim, como nada é perfeito só me resta não ler.
    Primeiro que não gostei da capa, e segundo e o que mais me incomodou foi isso de ser meio junção de outros livros já lançados.
    Não o lerei.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  10. Amo histórias em que haja envolvimento entre chefe e secretária, mas detesto isso de namorar um pop star... então ainda não sei se quero ou não ler.
    E não gostei muito desta capa.

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Eu gosto de livros do gênero, ele sempre me distraem muito, são um ótimo passatempo na minha opinião, gostei da resenha e pretendo dar uma chance ao livro, já que eu adoro um hot e é claro um nacional.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  12. Oiee
    Estou lendo e gostando muito do livro,já li Peça me o quiser e notei algumas referencias mas nunca costumo ligar tanto pra isso.Mesmo as histórias seguindo caminhos parecidos tento ler e não compara-las muito.Estou ansiosa para o segundo livro.

    ResponderExcluir
  13. Gostei demais desse livro, ainda não podemos equiparar à Sylvia Day, no entanto apesar dos poucos livros ficou muito bom.
    As referências à Crossfire são gritantes, no entanto não há muito o que fugir nesse gênero. Gosto muito e já li várias autoras, mas a Camila se superou.
    Ainda não li "O julgamento final", morrendo de vontade de terminar essa história.

    ResponderExcluir
  14. Não gosto de literatura erótica, mas a resenha me mostrou um enredo interessante, com um casal de protagonistas de personalidade forte.
    E, como a resenha mesmo citou, é o livro de estréia da autora e ela tem potencial, logo alguns deslizes são aceitáveis e acho que precisamos prestigiar e apoiar novos talentos nacionais.

    ResponderExcluir
  15. Oi Verônica, tudo bom?? Menina, confesso que fiquei receosa com esse lviro pq achei que eria apenas uma cópias dos 50 tons (que nãogostei) e só teria cenas de sexo.. Mas, ao ler sua resneha,m pude perceber meu engano e fui ficando efacianda pela trama e os personagens. Agora estou e,mga curiosa pra aacompanhar o desenrolar da trama toda.. bjs e parabéns pela resneha.
    Obrigada pela indicação. Preciso ter esse livro.

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique