Peça-me o que quiser

sexta-feira, 7 de março de 2014

Pídeme lo que quieras
Megan Maxwell
Editora: Suma de Letras/Objetiva

Tradução:Tamara Sender
ISBN:9788581051789
Ano: 2013
Páginas:398

Sinopse

Primeiro volume de uma trilogia, Peça-me o que quiser, da escritora espanhola Megan Maxwell, é um romance sobre desejo, paixão e erotismo sem limites. Lançada na Espanha em novembro de 2012, a trilogia é um sucesso de vendas no país, aparecendo em todas as listas de mais vendidos. Com tempero latino e uma abordagem excitante, a autora conta a história da secretária espanhola Judith Flores e seu chefe, o alemão Eric Zimmerman, também conhecido como Iceman: um homem muito sério e com os olhos azuis mais intensos e sexies que ela já viu. Recém-chegado ao comando da empresa Müller, antes dirigida por seu pai, Eric tem uma atração instantânea pelo jeito divertido de Judith e exigirá que ela o acompanhe nas viagens de trabalho pela Espanha. Mesmo sabendo que está se metendo numa situação arriscada, a ideia de estar ao lado de Iceman é irresistível. Com ele, a jovem viverá experiências sexuais até então inimagináveis, em um universo de fantasias eróticas pouco convencionais. Conciliando sexo e romantismo na medida exata, Peça-me o que quiser é uma história de amor cheia de encontros e desencontros, na qual os jogos eróticos, o voyeurismo e o desejo de ultrapassar todos os limites do prazer são os grandes protagonistas.


Resenha por Ver Sobreira

É de admirar que uma autora espanhola tenha escrita esta narrativa já que em geral os ibéricos são ospuritanos da Europa, mas tudo bem. Não vou fazer muita firula com relação a este romance erótico porquê além da trilogia já ter sido totalmente publicada aqui, muitos já leram. As opiniões? Extremamente divergentes já que muitos gostaram e outros detestaram literalmente. Porém ultimamente meu lema tem sido esse, se a editora que publica se esforça para manter os prazos com os leitores é porque está vendendo. Porque pessoas vamos combinar, ao fim e ao cabo se não houver lucro, infelizmente o livro não será publicado e isso não é só aqui. Vamos ao livro.

Judith é secretária de uma firma alemã com sucursal em Madri. Uma tarde quando sai para almoçar em uma rara ocasião em que sua chefe permite, ela conhece um bonitão, muito, muito gato, – segundo ela tem a cara do Paul Walker , quando ficam presos no elevador. Qual não é sua surpresa quando descobre que o gatão nada mais é que Eric Zimmermann, ou Iceman, o dono da empresa. Eric Zimmermann é aparentemente um homem frio, que não sorrir muito ou quase nada, que após a morte do pai decide viajar a Espanha para visitar as sucursais de sua empresa,  a Muller. O primeiro contato que faz é com Judith Flores, a moça fica presa  com ele em um elevador. As atitudes de Judith, despertam a curiosidade e outras coisas em Eric, e ele fica encantado com a moça. A partir dai ele só quer saber em possuí-la...


(...) O elevador para em vários andares para pegar outros funcionários(...) De repente no entre o quinto e sexto andar, o elevador dá um tranco e para completamente (...)Vejamos não gosto de estar presa em um elevador, mas meu calor vai aumentando, então tiro um leque da minha bolsa e começo a me abanar. Que calor! Um dos homens que estavam apoiados num canto do elevador fica mais perto de mim e me segura pelo cotovelo-Você está bem?- Quer que eu minta ou diga a verdade?- Prefiro a verdade.Achando graça, me viro em sua direção e, de repente, meu nariz roça contra um casaco cinza. Cheira muito bem. Perfume caro.
Well, well, well...Olha o que vou dizer é praticamente o mais do mesmo destas narrativas. A narração é em primeira pessoa, estamos meios saturados disso, melhor quando há uma alternância de pessoas. Porém o principal objetivo o livro atingi, o de entreter e o de até pensar sobre as práticas sexuais dos protagonistas. Peça-me o que quiser é fortíssimo no quesito cenas e diálogos eróticos e como diz a sinopse "práticas sexuais pouco convencionais", a autora não tem pudor, ou a tradutora rsrs... gostaria muito de tê-lo lido no original espanhol. Porque as cenas de sexo, vou te contar não está para brincadeiras, por isso vou evitar descrevê-las aqui. Se querem saber, leiam.

Quanto aos personagens, Judith é uma das poucas personagens de ficção erótica que já gostei, ela não nega seu lado "caliente" em todos os sentidos. É estourada, pavio curto, e às vezes desbocada e sem educação, mas também é uma amiga dos amigos, boa irmã, boa filha, boa tia, sentimental às vezes e apaixonada pela vida, ama viver. Eric é Eric, creio que a autora tenha definido o caráter do homem alemão, ele não é tão frio quanto parece, porém é exigente, possessivo, primitivo em certas ocasiões, extremamente ciumento e também carinhoso, preocupado com quem ama, um amante  incrível, lindo, dentre outras coisas. Os personagens de Megan Maxwell são mais próximos da realidade, se é que você procure isso em um livro.

Certo, ficção é ficção, há um grupo que leu e considerou este livro uma perversão, outro pôde considerar uma leitura pura e simples, com cenas altamente eróticas e sensuais. Me encaixo no segundo grupo, porque para mim, repito ficção dá armas para a imaginação e quem pode garantir o que os personagens fazem?. O gênero ou subgênero erótico já está ai há muito tempo, como outros gêneros, é questão de ler ou não ler, cada um escolhe suas leituras, o que não dá é criticar quem lê e gosta.

Esta trilogia como outras é sustentada por uma trama, um pouco sem emoção, sim, mas em verdade fala de relacionamentos, de possessividade, de paixão e amor, será que é sem emoção? e vamos combinar que deve haver muitas mulheres por ai querendo ser uma Judith, e não é esse tipo de ficção que vai fazer uma mulher sentir-se muito ou pouco valorizada, só se ela for uma acéfala e não sabe o que quer da vida. Por essas e por outras, Recomendo. Quem venha o livro 2 : Peça-me o que quiser, agora e sempre. Está lido, falta  resenhar.

Cotação:






Verônica Sobreira - Formada em Letras, especializando-me em Crítica Literária. Nunca pensei em ser escritora, e sim em ser "expert" em escrita. Amo ler desde sempre, leio de tudo um pouco, porém adoro a literatura de ficção sobre anjos. Consigo ler mais de dois livros ao mesmo tempo. O blog além de divertimento, é a extensão do meu trabalho que levo muito a sério -Administradora do Blog

18 comentários :

  1. Cansei desses livros eróticos... são todos iguais!!!
    Esse ai eu nem tentei :p

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Biazinha querida todos os gêneros sem exceção recorrem a recursos iguais rsrsrsr....;-)

      Excluir
  2. Oi Ver, adorei sua resenha amiga. Me esclareceu finalmente a que veio este livro. Eu estava com receio de comprar e não gostar. Agora já sei o que me espera. Assim que tiver uma promoção legal e eu estiver endinheirada eu compro. kkkk
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  3. Conheci esse livro através de um grupo que participo no face, falavam tanto dele que não resisti e tive que ler.
    No geral eu gostei, porém algumas coisas me deixaram com um pé atrás (você deve imaginar o que né), não tenho a mente tão aberta quanto eu pensei que tinha. Tirando isso é uma ótima leitura pra quem gosta de romance erótico.

    ResponderExcluir
  4. Nunca tinha ouvido falar nesse livro. Que estranho. Mas parece ser uma boa historia acho que vou gostar muito da Judith agora não sei por que, o Iceman me pareceu um pouco irritante, hahaha, só estou apenas julgando. Espero ler esse livro parece ser um livro muito quente. Só não gostei da capa. Se fosse por ela eu não leria o livro. Beijos!
    Meu Diário

    ResponderExcluir
  5. O livro já havia me chamado atenção, mas não havia procurado saber do que se tratava e saber que foi escrito por uma autora espanhola? Eu necessito lê-lo! Amo, amo músicas espanholas, vai que eu me encante pelos livros de lá tb?!

    ResponderExcluir
  6. Ok, juro que não sabia que essa série de livros era erótica. Agora, pensando bem, até que as capas e os títulos são meio sugestivos, rs.
    Sobre as tais "práticas não convencionais", fiquei um pouco receosa com a leitura. Não que eu tenha alguma coisa contra, mas depois de sofrer lendo 50Shades, acho que não tenho mais paciência para livros afins, que sigam a mesma linha. Pelo menos, pelo o que você disse, a personagem principal tem personalidade haha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nenhum romance erótico, por isso não vou opinar, mas esse parece ser muito bom. Acho que vou ler ele e formar minha opinião! Achei interessante que a autora é espanhola, mais um motivo pra eu querer conhecer essa história.
    Beijo :)

    ResponderExcluir
  8. Aiai.... acho que darei uma chance para a série... não sei, com tantos comentários positivos de algumas pessoas, alguns negativos, tenho que ler e tirar minhas conclusões =)

    ResponderExcluir
  9. Não li o livro ainda.
    É certo que todo livro de romance possui trechos sensuais. O ruim é quando passa dos limites. Não sei se é o caso desse.
    Pretendo ler e conferir!

    ResponderExcluir
  10. Achei a trilogia frustrante. Não sei se pela autora e sua mente fértil - e bota fértil nisso - ou pela tradução/revisão da editora. O estilo já caiu na mesmice e pra mim a autora "viajou na maionese" com as cenas hots... juro, lia umas três vezes pra entender como era a posição de fulano ou fulana e chegou uma hora que bugei hahahahahahaha

    ResponderExcluir
  11. Oi, Verônica
    Depois da sua resenha, fiquei mega curiosa com esse livro. Achei legal e autora ser espanhola. Pelo visto as cenas eróticas são super diferentes, tenho que conferir.

    ResponderExcluir
  12. Já faz bastante tempo que eu li esse livro e eu gostei bastante, não tem nada muito diferente dos outros livros do gênero mas eu gostei mesmo assim. E eu não acho que esse livro seja uma perversão, também me encaixaria no segundo grupo. Agora estou curiosa pra ler o segundo livro *u*
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Eu gostei muuuuito dessa trilogia, e quando li ela, li todos de uma vez em uma semana.
    Ele realmente é bem forte e achei ele bem diferente, mas eu gostei mesmo assim. E adorei a Judith desde o começo *u* Agora estou doida pra ler Surpreenda-me.
    Bjss

    ResponderExcluir
  14. Eu até gostei do iceman,mas da Judith,valha-me Deus,que chata...Li o livro super curiosa,mas não gostei da forma arrastada da narrativa,mas esse é bem melhor que o segundo.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  15. Adorei sua observação "ficção dá armas para a imaginação". É isso mesmo. Não há que impor limites para a ficção e tentar determinar o que pode ou não um gênero. É ficção! Se for para autocensurar-se, para que escrever?
    Estou muito curiosa para ler o livro, se não tiver a sorte de ganhá-lo no sorteio, o buscarei por outros meios. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  16. Oi, que bom que você gostou do livro, eu ainda não li ele, mas pretendo ler em breve, a historia parece ser super bacana e eu curto livros hot, eles fazem o meu gênero.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  17. Amei a Trilogia Peça-me o que quiser, achei bem divertida, romântica e super erótica!

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique