Aposta Indecente

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Aposta Indecente
Mathilda Wright
Editora: Quinta Essência / Leya
ISBN: 9788580448375( e-book)
Ano: 2013
Páginas: 170

Sinopse
Paris, 1854. Um dos homens mais ricos da França, o marquês de Villeclaire tem uma vida luxuosa e despreocupada, onde não falta nada que o dinheiro e a sua posição social possam pagar. Mulheres, jogo, festas, caçadas, palácios…
Mas uma aposta faz com que os destinos de Villeclaire e Catherine Duvernois, uma jovem e misteriosa viúva, se cruzem, numa fase em que uma nuvem negra assombra os dias do belo marquês, prestes a casar, contra sua vontade, com Blanche de Belfort. A vida de Louis de Villaclaire desmorona-se… Quem é Catherine Duvernois? E Blanche de Belfort? Alguém está mentindo. Mas quem? Por quê? A resposta mudará para sempre o futuro destas três personagens. Um romance arrebatador, que se desenrola entre os sofisticados salões da aristocracia parisiense e as deslumbrantes paisagens do vale do Loire, levando os leitores numa viagem inesquecível por cenários de sonho, durante o reinado do Imperador Napoleão III.



Resenha por Ver Sobreira

Antes de falar da história em si, tem algumas coisas sobre este livro que é interessante. O livro é apresentado como ficção inglesa, porém não consta da ficha de informações quem traduziu para o português e muito menos o título original. Por isso não se espantem com a falta de informações no início, como costumamos pôr em cada resenha.

Sobre o livro o primeiro a dizer em que Aposta Indecente é um exemplo de romance histórico. Digo isso porque em geral as pessoas se confundem com romance histórico e romance de época. O histórico passa em tempo e lugar determinado, que no caso deste especificamente passa-se no século XIX, durante o reinado de Napoleão III. Onde os nobres franceses era sem dúvidas janotas. Já o de época passa em algum tempo, onde não  se localizar uma data, por exemplo. Pequenas peculiaridades, mas que fazem grande diferença, pois ao lermos um romance histórico temos a noção do contexto histórico e, é mais fácil identificar os costumes e práticas daquele tempo.

Louis Villeclaire é um marquês, riquíssimo e de boas relações. Desde muito cedo foi acostumado em bordéis e a viver uma vida fácil diante de sua fortuna. É boêmio, amigo dos amigos, mulherengo. Com quase 40 anos é um homem viril que tem verdadeira aversão ao casamento. Em uma noite, no bordel mais bem frequentado de Paris, tem notícia de morte do Sr.Duvernois que há dias passados fez uma aposta com ele a qual não pôde cumprir e por conta disso com a morte do velho tabelião, Louis pensa ser dono de 2 bilhões de francos. Porém esta história o leva a conhecer Catherine, a senhora Duvernois e muitas coisas irão ocorrer. Catherine é a jovem esposa do Sr. Duvernois, esta recebe de bom grado a notícia da morte do marido e pensa que estará livre para viver sua vida. Uma  semana depois bate à  sua porta o Marquês de Villeclaire, que vem cobrar uma divida . O marquês deparasse não somente com uma casa decrépita, mas também com  Catherine. Esta percebe que seu inferno não terminou, pois não há dinheiro para saldar a dívida e só resta a ela  fazer parte da mesma.

Bem, não preciso dizer que o romance é um daqueles difíceis de largar. Comecei num dia e acabei no outro, porque a história tem uma trama tão fascinante que é impossível parar de ler. A narrativa é intensa e Louis vai de um homem desprezível no começo da história, a um homem terno e amoroso capaz de qualquer coisa por sua amada. Catherine é uma personagem forte, que tenta não se deixar dobrar pelas circunstâncias de sua vida. O primeiro contato com Villeclaire é o pior possível e mesmo depois quando ele a leva para o Vale de Loire e pensa em fazê-la  sua amante e ela conta a história de sua vida, ele não acredita.

Quando digo que a trama é fascinante simplesmente é pelo fato que Mathilda Wright escreve algumas histórias paralelas que leva o personagem Louis para várias direções,  como por exemplo, a relação dele com os amigos: Marcel, Gaston , Laurent e Pierre;  com sua ama Mimi; com sua tia Clemence e sua amante e amiga de infância  Isabelle. E mais o fato  de Catherine o atrair  de uma forma inimaginável e sua história de vida o intriga profundamente.

A história de Catherine obcecava-o, não conseguia pensar em mais nada. Voltar rapidamente  a Paris era o mais sensato. Ali, podia descobrir se a jovem dizia a verdade ou se, pelo contrário, fazia pouco dele.
 A história que começa com um Louis impiedoso, de certo mau-caratismo e sarcástico termina com muitas reviravoltas e toma rumos que o próprio Louis desconhece. Ele tentará ser  levado a um  casamento forçado e sem amor com Blanche Belfort,  no momento em que descobre que está perdidamente apaixonado por Catherine, o que o leva a um desespero arrebatador.A história é interessante, bem escrita e com personagens interessantes e fora ser um romance histórico. Por isso não deixem de ler. Recomendo.

Cotação: 




Verônica Sobreira-  Formada em Letras,  especializando-me em Crítica Literária. Nunca pensei em ser escritora, e sim em ser "expert"  em escrita. Amo ler desde sempre, leio de tudo um pouco, porém adoro a literatura de ficção sobre anjos. Consigo ler mais de dois livros ao mesmo tempo. O blog além de divertimento, é a extensão do meu trabalho que levo muito a sério- Administradora do Blog

6 comentários :

  1. Adoro essas histórias baseadas em "Mil Novecentos e Nunca".. kkkk

    A capa é bem atraente e a história parece prender bem a atenção.

    beiJUs
    http://feiffercereja.blogspot.com.br/2013/09/e-se.html

    ResponderExcluir
  2. Acredita que ainda não li nenhum romance histórico ? Pois é!
    Lendo a sua resenha, fiquei com vontade de ler esse livro, parece ser fascinante!
    Adorei a capa, bem bonita!

    Beijos invernode1996.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Estou com este e-book aqui e o mesmo já está na lista de leitura.
    Adorei sua resenha Ver, me deu uma visão do livro, muito melhor que da sinopse.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Verônica!
    Esse já vai para a lista dos desejados, adorei a indicação.
    Gostei mto da sua explicação sobre romance histórico, sobre se passar em determinado tempo e lugar.
    Gostei da premissa do livro, dos personagens bem construídos, da evolução do protagonista durante a narrativa. Gosto bastante de livros com histórias paralelas!
    Um livro que a gente não consegue largar até conhecer o final!
    Querooo *---*
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Ver,li algumas opiniões negativas sobre esse livro e acabei me desinteressando,mas sua resenha reacendeu a chama... eu amo romances históricos,mais do que qualquer outro gênero literário e já fiquei com vontade de ler esse...

    bjsss

    Bianca

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  6. Não sou muito fã de romances, mas a sua resenha me cativou. Não conhecia essa obra, mas parece ser boa. Por ser de época, acho que ajuda mais ainda no enredo. Procurarei mais informações sobre o livro.

    M&N | Desbrava(dores) de livros

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique