Simplesmente Ana

terça-feira, 9 de julho de 2013

Simplesmente Ana
Marina Carvalho
Editora: Novo Conceito/ Selo Novo Conceito Jovem

ISBN: 9788581631554
Ano: 2013
Páginas: 304


Sinopse 
Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.

Impressão de Leitura
Gabriela Taranto


Antes de iniciar a leitura do livro lançamento da brasileira Marina Carvalho, vi várias críticas positivas, o que se tratando de um livro com gênero jovem-adulto e nacional, foi uma grande surpresa. Confesso que senti, pela sinopse, um certo medo da história ser repetitiva. Digo isto, porque sou fã de carteirinha da  incrível Meg Cabot e tenho todos os livros da série O diário da princesa, e senti uma certa semelhança entre os títulos. Porém a semelhança é somente sobre Mia e Ana serem princesas e descobrirem isso ao longo da vida e não no nascimento.

Bem, vamos falar do livro em si?

Simplesmente Ana é na verdade Ana Carina, uma jovem de 20 anos, moradora de Belo Horizonte e que leva uma vida normal com sua mãe e avós maternos. Tudo muda na vida dela quando seu pai, o Rei da Krósvia a descobre através do Facebook e sua vida muda completamente. Ana, como toda menina nessa idade tem uma paixonite e uma melhor amiga. Ela se vê deixando pessoas queridas no Brasil para poder vivenciar a experiência de uma princesa e conhecer melhor o seu pai e assim recuperar o tempo perdido. Lá ela conhece Alex, um filho adotivo de Andrej, seu pai. No começo ela e o rapaz se desentendem, mas logo depois isso cede lugar a outros sentimentos.


O que vi da personagem que  Marina construiu, e nunca vi na personagem da Meg: O equilíbrio. Uma vez que Ana não é nem adolescente, nem adulta ainda. Isso sem contar o fato de que a autora deu um total teor nacional ao livro. Mesmo que a maior parte do tempo o desenrolar da história seja fora do Brasil, Ana em momento algum perde seu sentido de brasileira. A menina precisa lidar com a nova vida e com os medos. 

Mesmo que nenhuma de nós sejamos princesas, os sentimentos, aflições e emoções que Ana vivencia são idênticos ao de qualquer menina que está passando por essa transição de adolescente à mulher. Gostei de como a autora conseguiu refletir isso ao longo da história. 

Por fim, o livro se mostrou leve, dinâmico e muito divertido, consegui ler em poucos dias. Marina  conseguiu nos passar a história de Ana Carina, sem tornar o livro entediante ou clichê. Recomendo, para dias em que você só quer distrair a cabeça.

Beijos a todos e até a próxima,
Gaby Taranto

8 comentários :

  1. Oi Gabi, adorei sua resenha. O livro ainda está na lista de leitura, e a primeira coisa que me atraiu para ele foi a capa. Sua resenha é a primeira que leio. Você conseguiu me deixar animada para a conferir esta história.
    Lia Christo
    www.docesletras.coom.br

    ResponderExcluir
  2. EU gostei da sinopse e estava esperando uma resenha bacana para confirmar se eu deveria ler ou não. Pensei logo na história da Meg Cabot, Diário de Princesa, assim como você, e como vc usou a palavra EQUILÍBRIO para caracterizar a personagem, já me deixou mais propensa para lê-lo. BJS!

    ResponderExcluir
  3. Li Simplesmente Ana e simplesmente amei. Achei também que seria clichê, mas fui surpreendida. Os autores nacionais estão cada vez melhores!

    Beijos,
    Caroline.
    http://criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Gabi, sua resenha está perfeita, não diz muito mais diz tudo ao mesmo tempo..
    Eu tb sou fã da Meg e não li os livros que citou, o da princesa Mia, apenas vi o filme..
    Vou ler em breve e quero sentir esse equilíbrio que citou..

    beijos Mila

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha e como também sou fã da Meg,e por tudo o que você contou na resenha,vou adorar esse livro.

    Acho bem legal a forma singular dos autores de contarem histórias semelhantes,mas diferentes ao mesmo tempo.... Vou apostar na leitura em breve!!

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Gaby, a capa é linda, sempre me apego a isso.
    Sua resenha ficou bem leve e gostei muito de ler.
    Gosto de livros assim, como você disse para se distrair um pouco

    bjs

    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que bom que gostaram da resenha! :)
    Não dava pra falar muita coisa, porque eu não queria abusar de spoliers rs
    beijokas.

    ResponderExcluir
  8. Livro realmente delicioso de ser ler, daqueles de vc não conseguir largar enquanto não termina. E essa tal de Krósvia, hein? Que vontade de ir lá e assistir o show do Bon Jovi junto com a Ana. Romance leve, gostoso, que dá vontade de estar no lugar da protagonista.

    Parabéns pela resenha e pelo blog!

    adriana medeiros

    minhavelhaestante1.blogspot.com

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique