Obsessão - Resenha Premiada

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Maiteí, índios
Na "Semana de Resenhas - Leya" teremos mais uma edição da  - Resenha Premiada Tribo do Livro. Desta vez com o mais novo lançamento do Selo Quinta Essência da Editora Leya - Obsessão. Confira a resenha, comente, siga as regras e participe.
Conteúdo Adulto


Rush - Maya Banks - Editora Leya/Selo Quinta Essência - Tradução: Tina Carvalho de Gouveia  ISBN: 97885800448153  Ano: 2013 Páginas:340

Sinopse
Gabe, Jace e Ash são três dos homens mais ricos e poderosos do país. Eles estão acostumados a conquistar tudo o que querem. Tudo. Para Gabe, tudo significa realizar uma fantasia particular com uma mulher que era um fruto proibido - e que agora está pronta para ser colhida... Quando Gabe Hamilton viu Mia Crestwell entrar no salão na inauguração de seu hotel, sabia que iria para o inferno pelo que tinha planejado. Afinal, Mia é irmã de seu melhor amigo. Contudo, não é mais uma menininha. E Gabe já esperou muito tempo para colocar seus desejos em prática. Gabe já fez parte das fantasias de Mia há muito tempo, desde que era apenas uma adolescente com uma "paixonite" pelo melhor amigo de seu irmão. Mas o que pode acontecer 14 anos depois? Mia sabe que Gabe é como um sonho inalcançável, mas sua atração só fez aumentar ao longo do tempo. Agora ela é adulta, e não há motivo para não agir de acordo com seus desejos mais secretos.

Resenha por Ver Sobreira

Dizer que Maya Banks é desconhecida das leitoras brasileiras é mentira, já que ela tem alguns livros de banca lançados aqui. Porém demorou a chegar no formato "livraria", e, é o Selo Quinta Essência que resolveu publicá-la. A trilogia Beathless, é altamente erótica, diálogos crus, sem nenhuma delicadeza. Retrata a vida de três amigos que se conheceram na faculdade e hoje são sócios em uma empresa de sucesso, a HCM. São três bilionários: Gabe, Jace e Ash e a primeira história é de Gabe que envolve-se com a irmã caçula de Jace, Mia. Olha, a história é mais do mesmo no gênero erótico, com algumas poucas diferenças das que temos lidos nos últimos tempos, já que a autora não leva seus  personagens aos extremismos. Em dado momento, até parece que a trama vai tornar-se mais que a história, mas fica um pouco na promessa.

Gabe é um homem rico e poderoso, que tem hábitos sexuais muito peculiares. Ele é um cara introspectivo por conta de seu casamento fracassado com Lisa. Depois disso, todas as relações que têm, são regidas por contratos. Tudo de forma consensual, mas firmado em um papel. Sua maior obsessão chama-se Mia Crestwell, irmã de seu amigo Jace e 14 anos mais jovem que ele. Apesar de durante anos vê-la como uma menina, a quem ajudou Jace a criar, houve um momento  em que ficou impossível ignorá-la, ele já não consegue esconder de si mesmo o que sente por ela, ele a quer, só que nos termos dele. Desde a adolescência Mia, nutre uma paixão por Gabe, porém sempre julgou impossível que ele prestasse atenção nela, já que além de ser irmã de seu melhor amigo, ela é considerada jovem para os padrões de Gabe. Ao ir em uma festa de inauguração do último empreendimento da HCM, tudo muda em sua relação com Gabe, pois Mia percebe que ele a vê com outros olhos e mais, Gabe quer ter uma conversa em particular com ela acerca de uma proposta. Ao mesmo tempo em que fica excitada, Mia se assusta com a forma que Gabe a olha, com os olhos cheios de promessas sensuais.



A partir deste momento ela vê-se extremamente envolvia por Gabe e toda narrativa é recheada de cenas sexuais e sensuais. Há conflitos? Poucos. Eles decidem por manter a relação em segredo, Mia assina o contrato que Gabe propõe, onde uma das cláusulas é que o relacionamento é estritamente sexual e que Gabe é o dono de Mia, ele quem decidi tudo. Ela vai trabalhar como assistente pessoal dele para facilitar a relação, porém exige não ser tratada como "objeto" e que seu trabalho seja valorizado, já que ela tem formação para isso.

Por que digo que é mais do mesmo, porque é mais uma das narrativas que proliferaram no mercado, a mais de um ano  para cá. Infelizmente não há muitas novidades, a não ser, ser narrado em terceira pessoa, o que desgasta menos a relação do leitor com os personagens. Mia em si, não tem conflito algum, mesmo não querendo que seu irmão saiba de seu relacionamento. Ela entra de cabeça, aceita as preferências de Gabe e sabe que pode se machucar muito com tudo isso. Já Gabe está em conflito desde o fim de seu casamento e para completar seu pai desmanchou um matrimônio de 39 anos com sua mãe, o que o abalou profundamente. Ele não aceita as novas atitudes do pai, que a cada semana desfila com uma mulher mais jovem, enquanto sua mãe sofre pela separação.

Recomendo a leitura?, sim para quem gosta de literatura erótica. Os diálogos de Maya Banks são fortes, os personagens relativos. A tradução foi bem crua como afirmei acima, apesar de dizerem que o original é mais, isso não posso afirmar. A leitura não é cansativa e até estimula fantasias, fora o fato que quase sempre o primeiro livro de uma trilogia é mais morno, pois talvez esperemos muito. Então, confira.

Está resenha faz parte da "Semana de Resenhas- Leya"

Confira outra resenha no blog amigo: 

"Resenha Premiada Tribo do Livro", por isso basta seguir as regras e concorrer a um exemplar de Obsessão. A Editora Leya enviará o livro ao ganhador em até 30 dias. 

a Rafflecopter giveaway

Regras:
  • Residir no Brasil;
  • Seguir o blog publicamente;
  • Comentar a resenha;
  • Curtir a editora Leya no Facebook

Conteúdo Adulto - Promoção para Maiores de 18 anos

17 comentários :

  1. Eu fiquei sabendo que tem um contrato na história... tipo 50 tons??
    Como eu sempre digo.. a Maya tem uma série maravilhosa, a dos Highlanders... mas vai entender a escolha das editoras.
    Ótima resenha, como sempre.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha, ja estou super interessada por esse livro, e nunca li livros com esse tema!
    Bjos, espero ganhar! :)

    ResponderExcluir
  3. Gosto, adoro, Maya Banks e não entendo pq as editoras não aproveitam essa chance de publicar livros maravilhosos como os dela... choro pelo dia em que "Colter's Woman" seja publicado!!!

    O que me chamou a atenção nessa sinopse foi o mocinho gostar da irmã do melhor amigo. As vezes a situação é simples, afinal já são crescidos e não devem satisfações a ninguém, mas complicam a situação de tal forma que é impossível não torcer, xingar e por aí vai!

    ResponderExcluir
  4. Já tinha lido algumas coisas da Maya e até gosto do que ela escreve, mas confesso que outra trama que me lembre 50 tons eu deixo passar.

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro a Maya Banks e já li alguns de seus livros. Sou fãzona mesmo. Espero ler em breve este livro para poder opinar melhor. Com certeza o livro vale a pena ser lido. Adorei sua resenha. Bjus
    E claro que estou participando do sorteio...
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Vê
    sinceramente não desejo este livro, eu li apenas alguns livros eróticos, e cheguei a conclusão que não gosto muito..
    NÃO vou participar da promoção..
    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  7. Oláa, tudo beem?

    Esses livros Hot estão vindo com tudo mesmo ein?!
    A capa dele é muito linda mesmo tempo poucas coisas nela.
    Quero muito ler o livro.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, não conhecia este livro.
    Pelo que li de sua resenha, até
    que gostei. Gostei de 50 tons,
    imagina desse hahahah.
    Participando da promo o/
    bjs

    http://loveebookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Esse livro me parece ser bem caliente,cheio de cenas sexuais;mas porque sempre é a mulher que tem que ceder as vontades do homem? Poderia ser ao contrário,não?Será que é difícil encontrar mulheres que dominem os homens nos livros?Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Quero ler mais livros eróticos, li um razoavelmente, mas nem comparação com esse , como posso ver atraves da resenha. Quero ler esse livro, achei ele bem interessante. Preferiria esse do que 50 tons.

    ResponderExcluir
  11. Não me lembro de ter lido algum livro de banca dessa autora, eu gosto desses livros hots, não é sempre, mas eu gosto! Achei que a autora seguiu bem a linha dos 50 tons, o que é a referência nesse genero né! Parabéns pela resenha, e também concordo com voce quando diz que sempre o primeiro livro de uma série é mais morno! Bjão!

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha, bem sincera e transparente, eu já ouço falar dessa autora a tempos, eu vejo varias pessoas que elogiam muito os livros dela e quero demais ler ele, mais agora depois da sua resenha!!

    ResponderExcluir
  13. Que livro é esse??
    Eu meio que desisti do gênero, desde janeiro que não leio nada.
    Mas agora você me deixou morrendo de curiosidade, acho que irei ler, pelo que vc diz ela supera os outros livros do gênero.

    ResponderExcluir
  14. Estou super ansiosa para ler, sempre vejo que varias pessoas elogiam a autora. Acredito que por ser trilogia a trama deve evoluir nos próximos..
    bjos

    ResponderExcluir
  15. Apesar de não ser fã do gênero erótico, li diversos elogios sobre os livros da autora, então estou curiosa.
    Espero que a leitura me surpreenda, apesar de na resenha dizer que é "mais do mesmo".
    Adorei a capa, achei-a bastante atraente.

    ResponderExcluir
  16. Eu já havia visto esse livro antes e achei ele super interessante, parece ser bem legal e muito bom, to super curiosa pra ler ele.

    ResponderExcluir
  17. Eu estou perdidamente apaixonado por essa historia apenas pelas resenhas que eu venho lendo. Não tem como não me interessar pela trilogia. O problema é que a minha lista de livros está cada dia maior. Adorei o seu blog e já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique