Entre o Agora e o Nunca

terça-feira, 14 de maio de 2013

The Edge of Never-#1 Edge Duology
J.A.Redmerski
Editora Suma de Letras

Tradução:Michele Vartuli
ISBN:9788581051406
Ano:2013
Páginas:368

Sinopse
Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.
Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois.
Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.


Resenha por Ver Sobreira

O subgênero New-Adults é uma subdivisão do gênero YA. Foi listado a partir de 2009 pela St. Martin Press, trata-se de um gênero mais voltado para aquele público que passou dos 20 anos, que são legalmente adultos, porém estão no caminho para  construir uma vida e entender o significado de ser adulto. O livro Entre Agora e o Nunca encontra-se dentro deste subgênero e o que posso dizer: é um romance com a dose certa de erotismo, sensualidade, paixão, amor, amizade, dificuldades. Trama de leitura dinâmica, leve, descontraída, cheia de humor e com uma pequena carga dramática.

Camryn desistiu do amor desde que Ian, seu namorado morreu em um acidente. Uma noite ela sai com sua, melhor amiga, Natalie e o namorado desta, Damon. Eles se conhecem desde sempre, porém as coisas começam a ficar estranha quando Damon, se declara para Camryn. Não aguentando a pressão sobre tantas coisas, pois além disso, seu pai acaba de separar-se de sua mãe e seu irmão mais velho, Cole está preso. Camryn resolve entrar em um ônibus, com destino a  Idaho. Durante a viagem ela conhece, Andew Parrish, um jovem que está indo até o Wyoming ver o pai ,que está morrendo. Logo os dois travam uma relação fora do comum. Aos poucos vão se conhecendo e ficando cada vez mais próximos e começam a perceber como se identificam. Tanto Andrew bem como Camryn estão fugindo  da vida, não de viver, do lugar comum. Nenhum deles quer ficar presos à rotina, ao cotidiano e, é por conta disso que está relação evolui para algo especial, porém o destino, prepara algumas surpresas para estes dois corações.

Procuro não colocar expectativas em um livro. No geral quando coloco, quase sempre me decepciono. Mas, esse livro superou minhas possíveis expectativas em vários aspectos. A narrativa começa já engrenada desde o primeiro capítulo, evolui de forma que você que ficar com Camryn e Andrew, para saber sempre mais e mais sobre os dois.. A forma como a autora conduz a história é interessante, despretensiosa e cheia de nuances, há alguns clichês, mas tudo bem. Normalmente só sabemos um ângulo da história e em Entre o Agora e o Nunca, Redmerski nos permite extrair informações preciosas tanto de Camryn, bem como de Andrew. A relação dos dois nunca foi de uma possível amizade e sim de algo mais, a tensão sensual e sexual entre ambos é latente. Andrew percebe isso praticamente desde o primeiro momento, tenta usar a razão, mas...Camryn tenta resistir a todo custo, para proteger-se de sofrimentos que julga inevitáveis.

Camryn

(...) Sorrio languidamente e deito a cabeça no seu peito. Seu queixo está apoiado na minha cabeça. Ouço seu coração batendo e o barulho da respiração que sai do seu nariz num movimento regular e calmo acima de mim. Ficamos assim por horas, mal dizendo uma palavra. Percebo que esse é exatamente o lugar onde eu queria estar desde que falei com ele no ônibus naquele dia.
Infringi todas as regras...Cada.Uma. Delas.(...)




Andrew
Camryn e Andrew são duas metades que se completam, amor louco, amor incondicional. Eles estão fugindo de si mesmos, de uma vida de mesmice e acabam um encontrando o outro. Coincidência? não, Destino? sim. Querem viver completamente o momento, sem planos, sem combinações predeterminadas, porém muito consciente deles mesmos; das limitações apesar de tudo, pois Andrew sabe de algo que Camryn não sabe e por isso no momento em que decide ficar com ela, quer vivenciar tudo ao seu lado, sem limites. Tudo que puder ser evitado, ele com certeza evitará. Ele sabe do destino, mas não quer pensar nele.

(...) Depois de uma noite fazendo amor, ela adormece em meus braços e eu a abraço, sem querer soltá-la jamais. Eu choro baixinho com o rosto mergulhado na maciez do seu cabelo até pegar no sono também.(...)


A narrativa é gostosa  de ler, sem muitos altos e baixos. A única ressalva que faço foi sobre o final, pois ele chegou muito rápido, sem muitas explicações diante da situação que ocorre. Achei que merecia um pouco mais de informações, mas nada que desmereça o livro. Recomendadíssimo, principalmente para quem gosto por exemplo, de Belo Desastre. Andrew é um fofo,carinhoso, carismático e muito boca suja rsrsr... Camryn não é um protagonista chata, é descolada, centrada, mas de vez em quando adora umas loucuras. Outra coisa legal são as referências musicais que os dois fazem, por isso deixo para eles - Feel Like Makin' Love- Bad Company.



Feel Like Makin' Love

Baby, when I think about you, I think about love
Darling, I don't live without you and your love

If I had those golden dreams of my yesterday
I would wrap you in the heaven, but they lay dying on the way

Feel like makin'...
Feel like makin' love, feel like makin' love
Feel like makin' love, feel like makin' love to you

Vontade de Fazer Amor

Baby, quando eu penso em você, eu penso sobre amor
Querida, eu não vivo sem você e seu amor

Se eu tivesse aqueles sonhos dourados de ontem
Eu te envolveria no céu, mas eles morreram pelo caminho

Estou com vontade de fazer...
Estou com vontade de fazer amor, vontade de fazer amor
Estou com vontade de fazer amor, vontade de fazer amor com você



Confira o book thrailer


Agora aguardemos ansiosas a continuação em -The Edge of Always



14 comentários :

  1. Ahhh me mata vai!!!

    Eu já queria o livro e você compara ele com Belo Desastre?? #Morri

    Resenha Linda Ver!!!

    bjss


    Bianca


    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Agora sou obrigada a morrer num dinheiro. Já estava louca pelo livro, agora mais ainda... E que escolhe de atores heim?

    ResponderExcluir
  3. Menina vamos todas a falência... Adorei a sua resenha, os atores que você escolheu para ilustrar os personagens são TDB. Toda essa história de fugir da vida, é bem coisa de passagem de uma fase da vida para outra. Adorei a playlist. Vou ler com certeza
    bju
    Eykler

    ResponderExcluir
  4. O livro está sendo super bem comentado.
    Confesso que ainda não tinha focado minha atenção nele, mais ao que tudo indica o livro é muito bom.
    Beijos..

    ResponderExcluir
  5. Ah Meu Deus, PRECISO LER ESSE LIVRO! Vai direto pra lista de desejados do skoob!

    Beijos,
    Caroline, do Criticando por Aí.

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é tudo de bom!!!
    Estou "namorando" ele para poder comprar
    rsrs. Ainda mais agora depois de sua resenha Vê.

    bjs

    http://loveebookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Um dos próximos da minha lista de leitura.
    A capa é linda!
    Estou viciada nos New-Adults!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Aí meu Deus Verônica, assim vc me mata.. primeiro que vc me deixou super curiosa com o tal segredo, destino que seja.. O que acontece e porque ele chora... Uí..
    Depois falou da personalidade Andrew.. quando o descreveu lembrei de Noha de No limite da atração, que disseram que é parecido com Belo Desastre..
    Acho que está sera uma nova aquisição..

    Beijos Mila

    ResponderExcluir
  9. Verônica, que delícia de resenha. Me ganhou viu? Já estou colocando o livro na lista de próximas aquisições. A única ressalva é que é série... Ai amiga to fugindo de série, mas depois de ler sua resenha, não vou conseguir fugir deste...
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu li este livro e adorei, é uma história cativante que te envolve do inicio ao fim...chorei, dei risada, fiquei com raiva, fiquei feliz.. É um livro que mexe com o leitor. Super recomendado.

    www.cerejacomglitter.com.br

    ResponderExcluir
  11. Já li o 1° livro e gostaria de saber quando vai
    sair o livro 2, não aguento mais esperar!!!

    ResponderExcluir
  12. Alguém sabe qd sai o 2? Já faz um tempo que li e ele se tornou o meu livro da prateleira, muito ansiosa pela continuação, pesquiso, mas não encontrei nada ainda, se alguém souber de algo favor me avisar: jessicajmas@hotmail.com

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique