Coluna da Paloma - Freud Me Tira Dessa!

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Maiteí, índios
Chegando pra vocês,  mais uma dica de leitura da Paloma. Confira.



Era uma vez uma garota muito linda passeando pelas ruas de D. Livraria quando DE REPENTE, ela encontra o livro mais perfeito do planeta. Ok, mundo. Pare agora. Olha essa capa. OLHA ESSE TÍTULO! Sinta essa sinopse! Esse livro tem meu nome carimbado na capa. Escrito para mim, não é possível.

            Foi exatamente assim que eu me senti quando vi a lateral de Freud, me tira dessa! Na semana seguinte, lá estava eu com a minha humildade, boas intenções e morrendo de medo, afinal, quanto mais expectativa você insere no livro, maior a chance de decepcionar-se com o mesmo.

            Eu estava certa, mas também estava errada. O livro possui um ritmo super-rápido, o que pode causar um pouquinho de confusão, além de apresentar diálogos um tanto fracos e, não renegando a minha raça, adolescentes. Além de transformar-se em quase um culto à personagem.

            Entretanto, é claro que você passa direto por esses detalhes por ser bem humorado e ter uma história completamente nova. Afinal, quem nunca teve aquela paixonite pelo professor, médico ou oculista? Deixando claro que isso nunca aconteceu comigo...

Não pense que não irá se emocionar com sua narração, não! Podemos sentir e nos identificar em diversos momentos, nos surpreendendo em dizer “Já passei por isso!” e “sei bem como é...”. Porém, não o pegue pensando que o livro vai mudar sua vida, você ficará rica e encontrará um terapeuta com cabelos grisalhos...

            Freud, me tira dessa! se enquadra no que eu chamo de livro "pipocão". Daqueles que você deita, coloca as pernas pro alto para –simples e puramente – rir e se divertir. E é absolutamente impossível não adorar as mancadas e bagunças de Catarina, uma menina tão infantil e safadinha que deixa seu conflito interno ainda mais tenso e engraçado.

            Acredito que um livro emocionante que treme bases, te faz perder as esperanças na vida que não é uma fábrica de realização de sonhos ou sair pulando loucamente pela casa, é delicioso. Mas convenhamos, um livro "pipocão"  faz bem à mente e ao coração de vem em quando.

Curta, confira e até a próxima!
Paloma

6 comentários :

  1. Eu tenho muita vontade de ler o livro,já li algumas resenhas negativas,mas a vontade não passa,porque concordo com você,um livro leve faz bem as vezes.

    adorei a coluna!!

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Esse livro não conheço, mas o seu titilo é
    bem atrativo. É a primeira vez que leio
    sobre ele, então fiquei positiva a leitura.
    Adoreii
    bjs

    http://loveebookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não me encantei por este livro. Não sei se vou ler, mas adorei seu jeito de fazer resenha, leve, rápida e divertida. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não sou mt fã de chick-lit, mas por ser nacional, até tenho vontade de dar uma segunda chance...
    Adorei a resenha e a sinceridade!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito dos livros "pipocão". Ajuda a gente a esparecer, a deixar a mente pronta para outros livros. Confesso que seria um livro que eu não leria se não fosse a sua resenha. Gostei!

    ResponderExcluir
  6. Essa é boa, eu nunca tinha ouvido falar de livro pipocão .. adorei
    e vc tem razão em dizer que é bom um livro assim de vez em quando..
    Beijo mila

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique