Se Você Me Visse Agora

quarta-feira, 3 de abril de 2013

If You Could  See Me Now
Cecelia Ahern
Editora Rocco

Tradução: Ângela Pessôa
ISBN: 9788532523228
Ano:2005
Páginas:304


Sinopse
Elizabeth Egan não tem tempo para amigos e muito menos para a imaginação fértil do sobrinho Luke. O menino de seis anos acaba de conhecer Ivan, um amigo imaginário. Ao notar que Elizabeth às vezes pode ouvi-lo e sentir que está por perto, Ivan resolve conhecê-la melhor e, a partir daí, começa a aparecer frequentemente em sua vida, levando-a a sair de seu ritmo normal e retilíneo. Autora de P.S. Eu te amo, que foi adaptado para o cinema, Cecelia Ahern constrói, mais uma vez, uma trama cheia de momentos surpreendentes.

Resenha por Ver Sobreira

Da metade da primeira infância até mais ou menos o fim da segunda é muito comum as crianças terem amigos imaginários. Mas quando um adulto passa a tê-lo e ele até acha que é possível...e  não é  só isso, esse amigo não é uma criança e sim um adulto. Como explicar tudo isso? Será que a solidão, o desapego, e até a saudade daquilo que não se fez pode gerar tal situação? Essa e mais algumas histórias, compõe a narrativa de Se Você Me Visse Agora, de Cecelia Ahern.

Elizabeth é uma designer de interiores, muito competente que leva a vida em total controle. Tudo ao seu redor tem que funcionar com precisão. Ela cuida de seu sobrinho Luke, um menino muito inteligente, filho de sua irmã caçula Saoirse, quem Elizabeth teve que praticamente criar, após o abandono da mãe. Saiorse é alcoólatra e sem responsabilidade. Quando Luke começa a conversa com Ivan, Elizabeth quer imediatamente acaba com isso, porém ela mesma começa a achar que também está ouvindo o amigo imaginário de Luke e mais, depois de um desenho que Luke faz, ela começa a perceber que Ivan é um adulto e não a criança que ela pensou à princípio.

Bem, a narrativa de Cecelia Ahern é interessante sob o ponto de vista de vida. Luke Ivan, é uma criança; Elizabeth tem trinta e quatro anos e começa a sentir-se observada ; Saiorse, sua irmã tem vinte e dois e um dia, entra intempestivamente no escritório de Elizabeth e vê Ivan, o que o deixa extremamente confuso. Enfim, tudo isso está acontecendo em um período muito difícil da vida de Elizabeth, ela está se isolando cada vez mais em seu próprio mundo, se afastado das pessoas, o que dificulta um pouco a vida de Luke, apesar dela amá-lo profundamente.

Ao meu ver Ivan aparecesse como um resgate, uma luz no fim do túnel para que ela reveja sua vida e repense suas escolhas. Tudo na vida de Elizabeth foi gerando em torno do abandono da mãe, por isso ela tornou-se uma pessoa controladora. É difícil para ela demonstrar seus verdadeiros sentimentos, pois tem medo de sofrer.

(...) Elizabeth abraçou os joelhos e chorou sem parar, como uma garotinha que havia caído e machucado o joelho.Queria que a mãe surgisse e a erguesse, que a carregasse a sentasse sobre a bancada da cozinha enquanto aplicava um curativo no corte. E depois, como sempre fazia, a carregaria pela sala, dançando e cantando até que Elizabeth esquecesse a dor e as lágrimas secassem.(...)

A narrativa é sensível, cheias de altos e baixos, o que torna a leitura um pouco lenta, porém a história é interessante. Narrado em terceira pessoa, e por vezes sob a perspectiva de Ivan. Vida, família, amizade, pessoas queridas, perdas, danos e reencontros. Estes são os ingredientes de Cecelia Ahern. O final é inusitado, e nem um pouco óbvio. Confira. Como disse no post sobre Cecelia Ahern, a Disney comprou os direitos deste livro para produção do filme e parece que o personagem Ivan, será interpretado por Hugh Jackman.

18 comentários :

  1. Caraca... Hugh Jackman no papel principal de qualquer personagem é pra fazer a gente pensar. Vou querer ler com certeza. O fato de ser um livro da Rocco me deu um aperto no peito, porque preço baixo é só na propaganda né? kkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Nossa que enredo interessante... Parece ser daqueles que nos prende a leitura, ao mesmo tempo em que nos consumimos por ela. Dica anotada. E como disse Elimar, Hugh JAckman no papel principal... Adorei. bjs
    Eykler

    www.aghridoce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua resenha e já fiquei doida pra ler o livro, mas sendo da Editora Rocco, já vi que vai ser difícil... kkkkkkkk
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. A história parece ser linda demais.... emocionante e Hugh Jackman no filme,tem toda a minha atenção,vou procurar esse livro,pena que é da Rocco.

    ResponderExcluir
  5. Me chamou um pouco atenção este livro, mas fico com pé atraz. Com altos e baixos, mas a historia é bem interessante.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Curti!
    O único livro que li da Cecelia foi P.S. Eu te amo, e confesso que nã gostei mt... vamos ver se tiro a má impressão!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler o livro... fiquei curiosa com Ivan e será que vai ser o Hugh Jackson mesmo? Ele é um ótimo ator..

    beijos Mila

    ResponderExcluir
  8. Gente, eu tenho o livro. Comprei há pouco tempo num sebo, pela estante virtual. Paguei um preço bom (acho que foi R$20).

    Verônica, esse já era o próximo da lista. Depois da sua resenha vou apressar a leitura. Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Amigos imaginários ?? Quem nunca teve???
    Nos momentos dá infância..ou no pós adulto...???

    ResponderExcluir
  10. Nunca tinha visto esse livro. Mas me despertou interesse.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Ainda nao li mais achei interessante a resenha........gostei da capa e do enredo......

    ResponderExcluir
  12. Acho que no fundo todos queriamos ter um amigo imaginário que pudessemos desabafar e nos aconselhar.
    Tema bem interessante, focando pontos como:familia, amizades e perdas. Adoraria ler este livro.

    soniacarmo
    retalhosnomundo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Muito fofa a resenha, adorei, e o livro parece muito interessante. Gostei da capa, bem é diferente e divertida.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  14. Achei ele bem diferente e interessante,a capa é muito linda amei *-*

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto de histórias assim. Ivan é um espírito, então, não é?
    Lembrei do filme 'E se fosse verdade', que tem mais ou menos o mesmo ritmo e é muito divertido e curioso.
    Quero ler os livros todos de Cecelia Ahern, ela é muito habilidosa em contar histórias que nos encantam.

    ResponderExcluir
  16. Ainda não conhecia esse livro da Cecelia Ahern. Livros que são adaptados para o cinema sempre me chamam a atenção. Até eu queria um amigo imaginário como o Hugh Jackman, rsrs.

    Achei a capa bem divertida!

    Beijos,
    Elis - Garota de Dezembro

    ResponderExcluir
  17. Nunca tinha visto uma história parecida, adorei a proposta da autora. É realmente insano imaginar que um adulto poderia ter um amigo imaginário. Isso só nos faz refletir sobre a vida, repensar em nossas atitudes, tenho certeza que é um livro marcante. A capa é bem divertida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Adoro essa autora.Sou apaixonada pelo livro dela P.S. Eu te amo.E este livro me parece que vou adorar.É criativo e empolgante.

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique