Um Porto Seguro

sexta-feira, 15 de março de 2013

Safe Haven
Nicholas Sparks
Editora Novo Conceito

Tradução:Ivar Panazzolo Júnior
ISBN:9788581630045
Ano:2012
Páginas: 414

Sinopse
Quando uma mulher misteriosa chamada Katie aparece repentinamente na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a duas amizades relutantes: uma com Alex, o viúvo, com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos, a outra com sua vizinha muito franca, Jo. Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se próxima demais de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país para chegar no paraíso de Southport. Com o apoio simpático e insistente de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas... e que, no momento mais sombrio, o amor é seu único refúgio.

Resenha por Ver Sobreira

Quem é fã de Nicholas Sparks sabe bem qual é  o trinômio primordial de suas narrativas: amor-família-dor. Isso é algo que sempre vamos encontrar nos livros dele. Claro que ao final, o amor torna-se a motivação  maior, porém antes, o leitor se esvai em um rio de lágrimas dado a forma como a escrita de Sparks se desenvolve, por isso não há muito o que falar sobre Um Porto Seguro. A não ser que é mais uma narrativa emotiva, que te deixa sem prumo até o último  momento.Nesta história temos: um viúvo Alex, seus dois filhos Kristen e Josh e uma linda mulher de passado misterioso Katie, que parece estar fugindo de algo.

Alex  durante muito tempo ficou arrasado com a morte da esposa. Tendo que cuidar do pequeno mercado em Southport e seus dois filhos, ele não pensa em mais nada até conhecer Katie. Katie chega a cidade vinda de ninguém sabe onde, a não ser ela e está fugindo. Fugindo de um passado recente difícil e conturbado que traz consigo um marido violento que quase a matou.

Então está é a historia de  Um Porto Seguro. Alex vê-se imediatamente envolvido por Katie e seus filhos também, principalmente Kristen. Porém, Katie é resoluta, não quer se envolver com ninguém. Ao ir mora em chalé quase caindo aos pedaços, trava amizade com Jo, que será muito mais que uma amiga para Katie. Alex tenta chegar em Katie o mais devagar possível, mas por  vezes  ressente-se, por pensar que está traindo a esposa .
(...) Mesmo assim... havia uma possibilidade, ele imaginava. Outra mulher despertava seu interesse, embora ele não soubesse quase nada a seu respeito, exceto que era solteira(...) Mas aquela mulher não queria nada disso. Em vez disso , ela mantinha a cabeça baixa enquanto andava pelos corredores de verduras e legumes(...)

Em Um Porto Seguro todas os elementos que compõe as muitas narrativas de sucesso de Sparks, está presente, a choradeira é garantida, não tenham dúvida. Será impossível não se emocionar e como sempre, o autor também acrescentou uma pitadinha do sobrenatural, direcionada para o poder de acreditar em ser feliz. E neste livro, ele foi até ousado, porque só quando estamos chegando ao final da história e que percebemos a verdadeira intenção na presença de um determinado personagem, que vai te emocionar até o último momento. E restabelecendo a essência do livro "nos momentos mais difíceis o amor é o único refúgio". Confira.


Índios, esta é a resenha#5 e última, do projeto "Semana de Resenhas Novo Conceito". Espero que vocês tenham curtido está semana e conhecido mais títulos da editora. Confira também nos blogs parceiros:

Alquimia dos Romances, da  amiga e parceira Elimar Souza
Apaixonadas por livros, da  amiga e parceira Bianca Benitez;
Doces Letras, da e parceira Lia Christo;
Aghridoce, da amiga e parceira Eykler Simone;


7 comentários :

  1. Hummm... Sabe Verônica eu nunca li nada do Nicholas Saparks. Até já tentei mas esse trinômio amor-família-dor que você bem mencionou me afastam dos seus livros. Eu vejo as resenhas, como a que você acabou de fazer, e as acho primorosas. Mas quando chega na hora de ler... não rola. Um dia pretendo ler algo dele. Mas o momento não é pra nada que me faça sofrer. bjs

    Eykler

    www.aghridoce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu amo tudo o que o Nicholas Sparks escreve,mesmo com toso sofrimento,dor e lágrimas...

    Sei lá,as vezes a gente precisa lavar tudo o que está por dentro com muitas lágrimas e o titio Nicholas faz isso como ninguém!!!

    bjss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu não sou apaixonada por este autor, mas tenho que reconhecer que ele escreve com maestria sobre a vida, e seus elementos... Seus livros são pura realidade e talvez por isso os finais felizes não costumem acontecer... Adorei sua resenha e amei participar desta semana de Resenhas Novo Conceito com você. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Tenho esse livro aqui, só me paquerando para lê-lo, mas ainda não tive oportunidades. Adorei sua resenha
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Muitas resenhas positivas desse livro. Dei um tempo em Nicholas Sparks. Não que eu não adore os livros dele, mas é que a carga emocional que ele trás com as estórias me deixa sempre para baixo. Não estou numa boa fase para isso... kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei bastante desse livro... apesar de não gostar de Sparks...
    Acho que ele soube dosar bem o romance com o drama e com personagens incríveis!
    Doida para ver o filme!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Verônica, eu peguei este livro para ler e gostei bastante, foi o primeiro livro do autor que leio, depois conversando com uma amiga ela me perguntou quanto aos textos bíblicos e eu falei que tinha sim, ela me disse que todos os livros dele tem citações bíblicas...
    já esse Trinômio primordial eu não sabia..
    Eu fiquei de boca aberta com o final e me surpreendi bastante em algumas partes, mais eu não chorei, ficou lacrimejado, mais não chorei..
    Fiquei muito emocionada e de boca aberta com as atitudes de Kevin..
    É muito triste que tem homens que são assim, mente doentia... Mais foi muito bom ler..
    Parabéns pela resenha, está ótima!!

    beijos Mila

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique