Preces e Mentiras

quinta-feira, 14 de março de 2013

Prayers and Lies
Sherri Wood Emmons
Editora Novo Conceito

Tradução: Ana Paula Corradini
ISBN: 9788581630458
Ano: 2012
Páginas:360

Sinopse
Quando Bethany, de 7 anos, conhece sua prima de 6 anos, Reana Mae, é o começo de uma relação desajeitada que salva ambas de uma solidão profunda. Todo verão, Bethany e sua família vão de Indianapolis para West Virginia’s Coal River Valley. Para a mãe de Bethany, essas viagens até lá a lembram de sua infância pobre e composta por minas de carvão, um lugar do qual ela desejou escapar. Mas seus amados familiares e a amizade de Bethany e Reana Mae continuavam trazendo lembranças. Mas conforme Bethany cresce, ela percebe que a vida nessa comunidade pequena e unida não é tão simples quanto pensava... que as cabanas na beira do rio, que guardam muito da história de sua família, também geram fofocas escandalosas... e aqueles mais próximos a ela guardam segredos inimagináveis. No meio das florestas densas e da beleza silenciosa do vale, esses segredos estão finalmente sendo revelados, com uma força suficientemente devastadora para acabar com vidas, fé, e a conexão que Bethany pensou que duraria para sempre.

Resenha por Ver Sobreira


Reana e eu passamos os meses de úmidos do verão de 1969 caçando cobras, nadando, cavando túneis na lama na beira do rio, tentando construir um clubinho nos arbustos e brincando de sermos mães de sua bonequinha suja,...

A infância é uma fase de vida em que quando determinadas coisas acontecem, jamais serão esquecidas ou até mesmo perdoadas. Mentiras, segredos, alegrias, tristezas, sucessos, fracassos, tudo. Pode ser que digamos, que esquecemos, mas todas as situações nos modificarão para sempre. Bethany e Reana Mae descobrem isso em umas férias de verão  durante o 4 de julho, quando a primeira tinha doze  e a segunda onze anos. Só que Bethany, começou a senti os sinais antes, quando ainda se correspondiam por cartas com sua prima. A perda da inocência pode deixar marcas profundas em uma vida, principalmente e consequentemente da forma como acontecer.

Em Preces e Mentiras, livro de estreia de Sherri Wood Emmons, estes fatos ficam claros na história das primas Bethany Marie e Reana Mae. Desde que uma tinha sete e a outra tinha seis anos, elas praticamente se tornaram irmãs; as férias no vale eram de enorme felicidade  para duas. Bethany, por ser a caçula de quatro irmãs sentia-se extremamente solitária, pois quem vinha antes dela, Tracy, era uma pessoa insuportável e muito malvada. Já Reana Mae era a filha única de Bobby Lee e Jorlene, porém sua mãe a tratava com negligência e seu pai, apesar de amá-la profundamente vivi mais tempo longe, trabalhando fora do vale. Por conta disso, as duas se tornaram inseparáveis e quando Bethany voltava para Indiana, deixando West Virginia, elas trocavam cartas. Mas, quando Reana Mae tinha onze anos e Bethany tinha doze, as coisas começaram a mudar e Bethany sentiu que nada mais seria como antes.

(...) Em uma pequena clareira diante de nós, estava um velho colchão coberto com uma colcha azul e branca eu sabia que era de Reana Mae - Loreen tinha costurado aquela colcha quando ela nascera(...) Havia um pequeno rádio portátil sobre um caixote de madeira ao lado do colchão. O chão estava lotado de pequenas embalagens quadradas de plástico(...) Harley pegou um dos quadrados de plástico do chão. Sobre o ombro dele, li a palavra Trojan. Até eu sabia o que era aquilo(...)Fique olhando para aquilo, tentando entender  algo de que já sabia, mas em que não podia acreditar.

A narrativa de Sherri Emmons é preciosíssima porquê simplesmente fala da vida, família, amor, amizade, verdades e mentiras. Em West Virginia do final da década de 1960, duas crianças vivenciam a perda da inocência de formas diferentes, mesmo convivendo no mesmo "universo". Bethany é mais inocente que Reana Mae, pois esta teve que se criar praticamente sozinha. Sua mãe é uma desleixada, alcoólatra e seu pai tornou-se ausente depois que a mãe perdeu o segundo filho. Ainda temos Caleb, irmão Bobby Lee , que quando vai morar na casa do irmão torna-se um tormento. À principio, ele parece apenas um desastrado, depois descobrimos um grande manipulador, apesar da pouca idade,  tem dezoito anos.

Sherri W. Emmons, vai desenrolando a história e a cada capítulo você quer saber o quem vem depois. Apesar da narrativa ser sob a perspectiva de Bethany, é interessante pela inocência da personagem. Esta inocência que se perder dolorosamente com todos os acontecimentos que se sucedem. Como ela mesmo diz "Crescer dói". Magnificamente a autora nos põe em contato com um mundo hipócrita, mas que ao mesmo tempo tenta se consertar. Os personagens praticam ações que de certa forma podem ser justificada em um momento, mas que em outro  perde-se todo o sentido.

Enfim, talvez por Bethany ver tudo muito preto no branco, como afirma a própria autora em uma entrevista no fim do livro, tudo que acontece torna-se mais difícil para ela. Já Reana Mae , que vinha de uma realidade mais crua, tendia a ser mais sonhadora e acaba acreditando em coisas que talvez nunca tenha ou aconteçam.  O final é surpreendente, porquê diante de tantos segredos, mentiras e fatos, esperaríamos que tudo poderia terminar de uma outra forma. Mas, como Helen, mãe de Bethany falava e Reana Mae copiava, "família é tudo, e no final tudo se resolve". Decididamente uma narrativa fascinante. Recomendadíssimo. Confira.


Índios, esta é a resenha#4 do projeto "Semana de Resenhas Novo Conceito". Confira também nos blogs parceiros:

Alquimia dos Romances, da  amiga e parceira Elimar Souza
Apaixonadas por livros, da  amiga e parceira Bianca Benitez;
Doces Letras, da e parceira Lia Christo;
Aghridoce, da amiga e parceira Eykler Simone;



7 comentários :

  1. Oi vê.
    É a segunda resenha positiva que leio deste livro, gosto de livros assim, que a cada pág vc quer saber mais.

    Bj mila

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei deste livro tem uma trama muito bem montada e é daqueles que nos surpreende positivamente. Me senti completamente cativada por Bethany, a personagem principal. Adorei sua resenha. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  3. O Verônica. Flor, que livro é esse?!?!?!?! E precisava fazer uma resenha assim???? Adorei a resenha! Já tinha ouvido comentários positivos sobre o livro, a sua resenha só veio afirmar oque li. Ai, eu to adorando essa semana. Tantos livros bons que tivemos acesso e saber como são. bjs
    Eykler

    wwww.aghridoce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Fiquei bem interessada neste livro.

    beiJUs
    http://www.mibhouse.com/mib.php?id=4611

    ResponderExcluir
  5. Desde que li a sinopse desse livro,fiquei atraída e agora sei que preciso ler esse livro desesperadamente,eu fico muito tocada quando coisas ruins acontecem com crianças,mesmo em livros,mas leio assim mesmo,e gosto de me emocionar com finais nada convencionais e concordo com a mãe de Bethany,família e tudo e as coisas sempre acabam se resolvendo.


    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Não me sinto atraida por este livro. Mas a sua resenha esta otimaa.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Fiquei curiosa com sua resenha, mas vou deixar passar esse livro por enquanto. Esse lance de "perder a inocência" me fez criar umas teorias não muito agradáveis sobre o que poderia ter acontecido. E quando envolve crianças, para mim fica ainda pior.

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique