Dezesseis Luas - O Filme

sábado, 2 de março de 2013


Maiteí, índios
Ontem, depois de um inicio de noite muito bom na companhia da autora irlandesa Lucinda Riley, a Mirela Lisboa me pegou lá no shopping Rio Sul, – porque tivemos greve de ônibus – e fomos ver Dezesseis Luas. Adaptação literário do romance Young-Adults Beautiful Creatures de Margareth Stohl e Kami Garcia.  Dezesseis Luas é uma aposta da Summit Entertainment,  agora Lionsgate para substituir A  Saga Crepúsculo. Será que conseguirá?


Sinopse

Cidade de Gatlin, na Carolina do Sul, Estados Unidos. Ethan Wate (Alden Ehrenreich) é um estudante do terceiro ano do colegial, que não vê a hora de sair do local. Ele considera Gatlin uma cidade pacata demais, onde nada de interessante acontece, mas se vê preso ao local por ter que cuidar de seu pai, que não deixa o quarto desde que a esposa faleceu em um acidente de carro, um ano antes. Já há alguns meses Ethan é atormentado por sonhos misteriosos, onde vê uma garota desconhecida. Um dia, ele a encontra em sua sala de aula. Trata-se de Lena Duchannes (Alice Englert), uma jovem de 15 anos que está morando com o tio, Macon Ravenwood (Jeremy Irons), descendente da família que fundou Gatlin. O problema é que Macon e seus familiares têm fama de serem satanistas, o que faz com que boa parte da população da cidade se volte contra eles. Não demora muito para que Ethan se interesse por Lena, sem saber que ela e os integrantes de sua família possuem poderes. Eles precisarão lutar pelo amor que sentem um pelo outro, especialmente devido à uma maldição que assombra a união.1

Impressões sobre o filme

É raro eu ver um filme adaptado sem que tenha lido o livro, mas a muito estou querendo comprar o livro e sempre faltam oportunidades. Resolvi ir ver  e posso dizer que gostei muito da história. Todos sabemos que quase sempre o filme adaptado perde para o livro e isso não há muito que fazer. Vejam, transformar 300 e poucas páginas em um roteiro de duas horas, não é fato muito simples. 

Não vou dizer que sou fã da série, pois ainda não li e também não sei como repercutiu a estreia aqui no Brasil. No RJ ficou complicado, porquê ontem foi um dia de caos com a greves dos rodoviários. Assistimos o filme no horário de 00:10 no Cinemark Downtown e pela divulgação que vem tendo esperávamos encontrar o cinema cheio. Ledo engano, na nossa sessão só haviam 10  pessoas,  isso gente, 10 .

Não imagino como os protagonistas são descritos nos livros, mas  os atores escolhidos Alden Ehrenreich e Alice Englert, rostos   praticamente desconhecidos do grande público encaixaram-se muito bem. A história começa lenta, para depois passar a uma série de ações. O que não colou muito foram os  efeitos especiais do filme, alguns davam a impressão de serem bem primários, não passando nenhum sentido de veracidade.






Bato palmas para as atuações de Emma Thompson, como a puritana Lis, que estava encarnando o espírito de Saraphine, mãe de Lena; para Jeromy Irons que há muito não vejo em um papel decente. O elenco também ganhou peso com Viola Davis, uma das melhores atrizes negra dos EUA, representado a vidente Amma e protetora de Ethan.

A história em si é bem interessante e Lena pareceu ser uma protagonista muito forte. Ethan que fazia  as vezes de bobo da corte no início do filme, depois toma as rédeas do personagem. Outra atuação interessante é da atriz Emmy Rossum, ela é Ridley, prima de Lena que foi invocada pelas trevas e é uma sirena. Ela cresceu muito em atuações nos últimos tempos, desde sua aparição cantando e interpretando ao lado de Gerard Butler em O Fantasma da Ópera, a atriz mudou  muito.

O figurino é maravilho no que diz respeito a  alguns trajes de época e  bem excêntrico. A paisagem da Carolina do Sul com seus pântanos e árvores centenárias compõe o efeito sombrio que a história passa. O filme é um narrativa linda e ótimo entretenimento. Apesar de cansada sai satisfeita da sessão, agora resta saber o que os fãs acharam e também ler o livro para ver o que o roteirista considerou desnecessário e suprimiu da trama para falar um pouco mais sobre ele. Recomendo. Outra coisa, a atriz Alice Englert  compôs para trilha sonora do filme Needle and Thread e confira também  uma  das músicas: Seven Devils de Florence and The Machine



1 - http://www.adorocinema.com/filmes/filme-176164

8 comentários :

  1. Olá Veronica. Também não li o livro :(. Mas é o próximo, literalmente, a ser lido. Eu queria muito ter lido antes do filme estrear. Quem sabe eu consiga ler ainda... Como disse adaptações sempre dão o que falar, mas espero gostar do que ver nas telonas. Valeu a dica. bjs
    Eykler

    www.aghridoce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ainda nem li os livros da série e nem assisti ao filme mais assim que possível eu faço os dois (não fiquei muito empolgada não).
    Gostei bastante dessa postagem pois me esclareceu algumas dúvidas que eu tinha sobre o filme.

    Sim, já ia me esquecendo... Tem uma Tag para você lá no meu blog. Espero que goste!
    Beijinhos.

    http://absortoemlivros.blogspot.com.br/2013/03/tag-as-cinco-melhores-capas-da-sua.html

    ResponderExcluir
  3. Oi Ver!!! estou louca para ver esse filme,gostei muitoooo do livro e não vejo a hora de assistir a adaptação,espero que tenha sido fiel ao livro.

    Eu fiquei babando pelos figurinos durante o trailer!!!

    bjsss

    Bianca

    ResponderExcluir
  4. Oi verônica.. eu acabei de vir do cinema e eu gostei, mais me senti um pouco frustrada. acabei de ler o livro e amiga é muito melhor e acho que eles não podiam mudar certas coisas.. sei lá..

    Beijo mila

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não comprei esse livro, mas já estou super ansiosa, porque tem o ator que eu mais gosto no mundo, que o Jeremy Aryons, juntamente com a Emma Tompson, o que já me deixa predisposta e gostar dele. Como você recomenda, já ficou um pouco mais aliviada. Vou gostar também, tenho certeza...

    ResponderExcluir
  6. Oi Verônica, eu estou doida para assistir este filme, e saber que você gostou só me deixou com mais vontade...
    Eu também ainda não li o livro, mas pretendo fazer isto em breve. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ola, comprei o livro e só estou criando coragem para ir buscar na livraria. Pretendo ver ao filme.
    Mas quem leu o livro não gostou muito da seleção dos artistas para interpretar o personagem.
    Ex. A mulher negra, no livro ela é branca.
    Enfim só lendo para entender.
    bjss

    ResponderExcluir
  8. Oi... Não vi muita coisa de interessante no filme, apenas de não ter lido o livro e achar que sempre as adptações não são 100% boas quanto o livro. A unica coisa que achei de interessante é o livro que ela lia quando foi atropelada!!! Quero ler... Alguem sabe o nome, porque eu tentei gravar na hora, mas nem rolou!!!
    Abrs

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique