Crônicas do Vagão Feminino#4

sexta-feira, 8 de março de 2013

Dia Internacional da Mulher, Flores e flores, bombons...

Hoje  nossa crônica vai falar deste dia "especial", talvez até poderíamos dizer que é um dia especial, mas em verdade o nosso dia são todas os dias. Dias das mulheres que acordam muito cedo, colocam filhos na escola, preparam o café do marido, tem sonhos, trabalham, trabalham e estudam e tudo mais. Hoje não vou falar dos acontecimentos inusitados do vagão feminino. Vou dizer que haviam várias mulheres carregando flores e estavam extremamente felizes, comentando que depois de um dia cansativo, uma semana estafante, seus patrões  lembraram que era o dia Internacional da Mulher e lhes presentearam com flores, bombons.


Algumas estavam com buquês de rosas e outras com pequenos vasinhos de violetas, gerânios e flor da fortuna. Que interessante e curioso foi ver isso, porque não tinha percebido. Normalmente no dia das secretárias encontramos, mas no dia da mulher. Que bom! 

Nos rostos um cansaço enorme, refletido em um sorriso, talvez pensado em chegar em casa com certeza com o muito o que fazer. É isso, é essa força que nós mulheres temos. Sei que há este dia, porém para nós todos os dias são dias das mulheres. Dessa força motriz e geradora. De sentimentos fortes e guerreiros. De garra, que conquistou e conquista a cada dia os seus espaços e mostra sua verdadeira face. Sim, essas somos nós as mulheres. Por isso F-E-L-I-D-A-D-E-S  a todas nós, todos os dias.
Nossa crônica está curta para deixar a todas nós um poema para mulher, de um dos melhores poeta de todos os tempos .


Pablo Neruda, in "Vinte Poemas de Amor e uma Canção 

Corpo de Mulher... Corpo de mulher, brancas colinas, coxas
                                                          [brancas,
pareces-te com o mundo na tua atitude de
                                                          [entrega.
O meu corpo de lavrador selvagem escava em ti
e faz saltar o filho do mais fundo da terra.

Fui só como um túnel. De mim fugiam os
                                                          [pássaros,
e em mim a noite forçava a sua invasão
                                                          [poderosa.
Para sobreviver forjei-te como uma arma,
como uma flecha no meu arco, como uma pedra
                                                 na minha funda.

Mas desce a hora da vingança, e eu amo-te.
Corpo de pele, de musgo, de leite ávido e firme.
Ah os copos do peito! Ah os olhos de ausência!
Ah as rosas do púbis! Ah a tua voz lenta e
                                                          [triste!

Corpo de mulher minha, persistirei na tua graça.
Minha sede, minha ânsia sem limite, meu
                                                          [caminho indeciso!
Escuros regos onde a sede eterna continua,
e a fadiga continua, e a dor infinita.


5 comentários :

  1. Good response in return of this query with genuine arguments and telling all about that.


    Look at my blog ... cheap air max 2012

    ResponderExcluir
  2. Hi there, I discovered your blog by way of Google while searching for a comparable matter,
    your website came up, it appears to be like great. I have bookmarked it in my google
    bookmarks.
    Hi there, simply turned into aware of your weblog thru Google,
    and located that it is really informative. I am going
    to watch out for brussels. I'll be grateful for those who continue this in future. A lot of other people will likely be benefited from your writing. Cheers!

    Feel free to visit my weblog :: christian louboutin shoes

    ResponderExcluir
  3. Adorei a crônica de hoje Verônica. Se mulher é isso aí... Passar pelos dias sem esmorecer... BJS!

    ResponderExcluir
  4. *-*
    Ficou lindo seu post.
    Disse tudo e mais um pouco
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post amiga! Realmente ser mulher é tudo isto que você falou e mais um pouco...
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique