La Llorona

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

La Llorona
Marcela Serrano
Primavera Editorial

Tradução: Roseane Rezende de Freitas
ISBN:9788561977009
Ano:2008
Paginas:152
Sinopse
O romance La Llorona (A chorona) faz alusão a uma lenda de origem mexicana muito popular em alguns países da América do Sul, sobre uma mulher que constantemente chorava e gritava o nome dos filhos que ela mesma havia assassinado. A autora conta a saga de uma mulher humilde em busca da filha que desaparecera do hospital poucos dias após o nascimento. Unida a mulheres que vivenciam o mesmo drama, a protagonista busca respostas e reformula sua vida de maneira surpreendente. Mesmo sem ter instrução e o apoio do marido, ela inicia uma luta contra o sistema corrupto que envolve os hospitais da região. Com a ajuda de Olívia, uma advogada, ela organiza uma associação de combate a tais crimes e ganha a inimizade de muitas pessoas, que, para enfraquecê-la diante da sociedade, começam a chamá-la de “A Chorona”, associando-a à lenda, como uma acusação velada. Crítica social e solidariedade entre as mulheres estão presentes em trechos emocionantes dessa obra.

Apresentação por Ver Sobreira

Bem, pessoal, nossa primeira resenha, ou melhor apresentação do ano. Como muitos de vocês devem saber acabei de me formar em Letras, é, muita luta que ainda continua. Minha habilitação é Português/Espanhol, porém tenho forte inclinação para com a literatura e a crítica literária. Em vista disso, sou muito ligada a literatura latino-americana. Aqui na Tribo, mesmo sendo um espaço eclético, nós procuramos falar de uma leitura ligada mais ao entretenimento, mas de vez em quando buscamos um pouco de literatura "cabeça".

Este livro La Llorona, apesar de curto, pois tem apenas 152 páginas, não quis ler com pressa. Farei para vocês uma apresentação breve, pois não cabe a mim com relação a ele críticas ou elogios, já que trata-se de um livro para gostos muito específicos. Que posso dizer?, a leitura dele é rápida, dinâmica. Marcela Serrano é uma das melhores escritoras latino-americana dos últimos tempos. Todos os livros dela tratam de histórias do cotidiano, porém permeia veemente a crítica de algo que está errado no meio social.

Neste livro, através de uma lenda muito conhecido nos países latinos, principalmente no México, ela fará uma crítica incisiva ao sistema de saúde das pequenas cidades, dos vilarejos. Uma mãe é informada  de que sua filha de dias está morta, porém o corpo desaparece e ela fica totalmente indignada. A partir daí, com a ajuda de uma advogada fará o possível e o impossível para descobrir a verdade e  resolver este mistério, mesmo sem o auxílio do próprio marido que a considera descontrolada e junto a isso lutará por um melhor atendimento no sistema de saúde.

(...)Em uma segunda-feira cinzenta, enquanto eu lavava roupa na bacia, tive um pressentimento e fiquei paralisada. Não sei bem o que vi; talvez tenha ouvido uma voz, não sei; mas, acreditem, meu coração teve uma certeza: a menina estava viva. Não tinha morrido; tinha sido roubada de mim(...)

O final é surpreendente e não demonstra a coragem somente de uma mulher, mas de tantas outras em uma luta velada por direitos, principalmente o da maternidade. Marcela Serrano é uma incrível contadora de história, não há como colocar este livro em palavras para descrevê-lo, o interessante é lê-lo, por isso recomendo, confira. Pode que não seja o gênero de muitas pessoas, mas é uma excelente narrativa.

8 comentários :

  1. Oi Verônica, acho muito legal, o fato de você compartilhar com a gente, sobre estes livros de fora e que são sempre diferentes e intigantes. Se um dia houver oportunidade, irei conferir. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  2. Achei bastante interessante a historia do livro, sabe, mulheres lutando pelo seu direito, isso é legal. Nunca li nada parecido com esse tipo de gênero, não porque eu não gosto, mas, sabe, nunca vi ninguém divulgando esses tipos de livro, as pessoas divulgam mais livro de ficção, romance, hot, enfim... O seu blog é o primeiro que eu vejo fazendo resenha sobre esses livros, e é por causa disso que Tribo do Livro, pra mim, é um dos melhores, se não o melhor blog Literário ( não to puxando o saco ), só estou falando a verdade, admiro muito blogs assim.
    Enfim... Adorei a resenha :)

    Beijos, Andressa.

    ResponderExcluir
  3. Curti a história, Vê!
    Como não conhecia a autora, agradeço a dica =)

    Bjks

    ResponderExcluir
  4. O livro parece ser muito bom e acho muito legal você dividir ele conosco,pois nunca conheceria o livro se não fosse você!!!

    bjsssss

    Bianca

    ResponderExcluir
  5. Oi Veronica. Legal essa sua iniciativa de dividir conosco esse livro. Se você não o fizesse, provavelmente eu não conheceria esse livro. Valeu a dica. bjus
    Eykler

    ResponderExcluir
  6. feliz ano novo e ja começamos com esta resenha bem legal e parabens pela formação em letras, bem legal. quero ler este livros, parece ser bom, tipo lenda, criticas, coragem e mistério. o tipo livro indescritível, adorei a resenha.
    parabéns
    http://minhaestanteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Menina, assisti a pouco tempo um episódio daquele série chamada Grinn que falava exatamente sobre "A chorona". Até pesquisei sobre o assunto para entender melhor e a sua resenha caiu como uma luva... Obrigada Vê...

    ResponderExcluir
  8. Nunca ouvi falar da lenda, mas fiquei bastante curiosa pelo livro. Já vai entrar para a minha lista de leitura, afinal, também é sempre bom ler algo diferente (que não venho dos EUA). Além disso, adoro livros que fazem críticas sociais e tenham dimensão e, pelo que entendi pela sua resenha, este é assim, né? Fiquei curiosa!
    Beijo,

    Anna - Querida Prateleira
    www.queridaprateleira.com.br

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique