Dia Mundial do Leitor - Direitos do Leitor

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Índios,
Hoje dia 07/01 é o dia Mundial do Leitor. Em vista disso, cremos que o mais importante é falar dos direitos do Leitor. Segundo Daniel Pennac, no livro  Como um romance(1993), existem 10 direitos fundamentais que devemos nos permitir como leitor. Então vamos lá:

Direito a não ler
Se este direito não existisse, também não existiria o seu contrário, porque se trataria de uma imposição, de um dever. E «a liberdade de escrever não pode ser acompanhada do dever de ler». Em todo
caso, um bom educador deveria proporcionar aos seus alunos «os meios de julgar livremente se sentem ou não a necessidade dos livros».

Direito a saltar páginas
Sempre será melhor do que renunciar à leitura de outras páginas que possam ter mais interesse. Saltar partes de um livro que não nos atraem não nos deve parecer uma traição.

Direito a não terminar um livro
Qualquer motivo, por pequeno que seja, é suficiente para abandonar a leitura de um livro. Haverá sempre outros livros à espera. As crianças deverão entender que não têm que se sentir inferiores por não compreenderem certo tipo de livros ou porque certas leituras não os atraem, inclusive dos mais velhos. É simplesmente uma questão de gostos.

Direito de reler
Reler pelo simples prazer de nos recriarmos naquilo que mais nos atraiu, pelo fato de nos reencontrarmos com o que nos encantou e «nos encantarmos com o que permanece».

Direito a ler qualquer coisa
Primeiro, porque sobre gostos não há nada escrito e, em segundo lugar, porque apenas assim terão critérios de seleção e serão capazes de proporcionar a si mesmos uma boa leitura e recriar-se com ela.

Direitos ao bovarismo( amar os heróis do romance)
Baseia-se na personagem da madame Bovary e consiste em permitir dar rédea solta às sensações e sentimentos que surgem quando lemos, isto é, deixar que a imaginação brote, que o coração se acelere e que se produzam até identificações com os personagens.

Direito a ler em qualquer lugar
Aqui não são necessários comentários nem explicações.

Direito a folhear ( saltar de livro em livro)
A abrir um livro em qualquer página e «desaparecermos dentro dele um momento porque apenas dispomos precisamente desse momento».

Direito a ler em voz alta
Para que as palavras revivam, pelo prazer de as ouvir ressoar, para identificar o sabor do seu som, para lhes dar corpo.

Direito a calarmo-nos
A não dar opinião sobre o que lemos. A guardar silêncio para não se saber o que realmente compreendemos ou o que nos escapou. A ficarmos com tudo ou talvez com coisa nenhuma.

Fonte: http://www.baudoprofessor.com/pdf/areasdisciplinares/Lingua%20Portuguesa/Direitos%20do%20leitor.pdf




9 comentários :

  1. Ótimo verônica..
    Eu já pulei páginas e já abandonei livros.
    Adorei esses direitos..
    Beijos mila

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post Ver... vou ser sincera e dizer que as vezes já usei muito de alguns desses meus direitos,principalmente o de reler...

    Viva nosso dia!!!

    Bjss

    Bianca

    ResponderExcluir
  3. Ah, confesso que eu tenho me apaixonado muito por mocinhos de livros...
    Sou muito volúvel nesse sentido.
    E confesso que tenho abandonado alguns livros por ai... infelizente! =(

    Bjks

    ResponderExcluir
  4. Adorei. Eu só abandonei dois livros, depois de um tempo eu terminei de ler um mas o outro nem encostei.
    Me apaixono tanto pelos heróis quantos pelos vilões...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post!!!
    Tem tudo a ver comigo :)

    Bjs
    Jéssica
    http://lilianejessica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post, e é muito bom saber que como leitores, também temos os nossos direitos. Um dos que mais tenho usado ultimamente é o Direitos ao bovarismo( amar os heróis do romance, e devo confessar que sou muito volúvel neste caso... kkk
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  7. Que eu me lembre, eu já abandonei um livro, porque eu não gostei do rumo que a historia tomou, a historia ficou muito chata. Mas, eu vou tentar terminar de ler.

    Beijos, Andressa.

    ResponderExcluir
  8. Oi Veronica. Adorei o post. Já fiz uso de vários desses direitos. O único que achei que não faria era o de abandonar uma leitura, mas acabar de usar, rsrsrs. Mas vou ver se pego o liro de novo e lhe dou uma nova chance. bju
    Eykler

    ResponderExcluir
  9. Dificil eu abandonar uma leitura. De todos os meus direitos, esse é o único que dói. Mas adorei saber que que temos uma "constituição" que nos defende... kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique