O Atlas do Amor

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

The Atlas of Love
Laurie  Frankel
Editora Paralela

Tradução: Laura Silva Neves
ISBN:9788565530057
Ano:2012
Páginas:240


Sinopse
Quando Jill engravida acidentalmente e é abandonada pelo namorado, ela e suas duas melhores amigas mergulham de cabeça num projeto inusitado - criar Atlas, o bebê, juntas, em meio à loucura da pós-graduação. As três se mudam então para uma casa maior e montam uma programação sem intervalos, que inclui cuidar do bebê, assistir às aulas, lecionar matérias de introdução à literatura, corrigir trabalhos e cumprir a agenda de leituras. Elas esperam que seus esforços sejam suficientes para formar uma família para Atlas, mas tudo acaba se complicando.



Resenha por Ver Sobreira

(...) Ninguém sobrevive à pós- graduação sem aliados. A pós é como a guerra, a diplomacia internacional ou os últimos anos da escola – um terreno perigoso contra o qual ficamos indefesos sem um mínimo de ajuda(...) pág. 14

É assim, quando você lê o nome do livro pensa ser uma a história, e ai quando começa a lê-lo observa que o nome dá  a você duas posições na história. É interessante isto. O Atlas do Amor é a história de Janey, Jill, Kate e de um bebê – Atlas Claude, mas não é exatamente a história de uma mãe solteira e duas amigas que vão ajudá-la, é muito mais do que isso...

Janey é a narradora e conhece as outras duas no curso de pós-graduação em Literatura Inglesa. As três se tornam amigas de forma inusitada. Janey observa que Jill só come bolachas e um dia no supermercado a convida para jantar. Já Kate se uni as duas com o intuito de que Janey ensine-a, a cozinhar, já que ela é mórmon e um de seus principais objetivos na vida é casar. E olha que no começo desta história nem Janey e muito menos Jill gostavam de Kate, porém não sabiam porquê. Mas o tom de toda narrativa terá um verdadeiro sentido com o nascimento do bebê, Atlas. Ele é filho de Jill que abandonada pelo namorado contará com a mãe e principalmente com as duas amigas  para cuidar de Atlas e assim poder trabalhar e terminar a pós-graduação.

O Atlas do Amor é uma narrativa sobre amizade, descobertas, confiança e principalmente amor. A história tem muitas idas e vindas, brigas, romances. As três aprenderão o verdadeiro sentido de cada sentimento que vivenciam e o que é a verdadeira amizade. O bebê Atlas ligará para sempre os corações das três e das outras pessoas à volta. Há muitas tristezas e alegrias no decorrer da narrativa, mas no final tudo acabará bem.

Lauren Frankel conta a história com uma facilidade incrível, seus personagens são muito rico e interessantes, pois além das três amigas temos também: Jason, um amigo inseparável delas, que de vez enquanto é babá de Atlas; Ethan, interesse romântico de Kate no início ao final parece que o destino dele é outra pessoa;  Dan, o pai do bebê; a avó de Janey, uma mulher muito inteligente e perspicaz, entre outros. Além disso, o livro é cheio de pontos marcados por gêneros narrativos, como Janey está em certa parte da narrativa dando um curso de verão sobre isso, ela vai pontuando os acontecimentos diários, comparando-os ao romance, o conto, a poesia, o drama, etc.

(...) O amor vence no final, porque é assim que os finais têm que ser. É assim que sabemos que chegamos ao final, pelo menos por um momento –quando reencontramos o amor (...)pág. 232

Em suma, considerei a leitura de O Atlas do Amor, muito especial e atrativa, pois trata das histórias de vida de um grupo de pessoas em que o principal objetivo é ser feliz. Não deixem de ler, recomendo.

9 comentários :

  1. Quero ler esse livro, com certeza está na minha wishlist! A frase da página 232 é maravilhosa! *-*

    Beijos,
    Caroline, do Criticando por Aí.

    ResponderExcluir
  2. Quando vi esse livro, a capa não me atraiu, mas a sinopse me deixou com uma pontinha de curiosidade. Confesso que, mesmo assim, deixei pra lá, afinal, ainda não tinha visto nenhum comentário ou opinião a respeito.
    Lendo a resenha agora, porém, minha curiosidade voltou a se insinuar. O livro parece de fato interessante. Estou me perguntando se o nome do bebê, Atlas, é apenas incomum, ou se tem a intenção de estabelecer um paralelo entre a história e o titã homônimo (afinal, ele é o responsável por sustentar o céu, e as personagens principais tem que lidar com grandes responsabilidades).
    Enfim, estou considerando seriamente lê-lo, assim que possível. A resenha realmente atiçou minha curiosidade!
    Beijos,

    Anna
    http://queridaprateleira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi! Parece um livro gostoso e tranquilo de ler, ainda mais por se tratar de personagem que está imerso em meio literário :)

    abraços,
    Luciana
    Folhas de Sonhos artesanatos

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, mas fiquei empolgada com a sua resenha!!!
    Vai para a lista ahahaha

    Bjks

    ResponderExcluir
  5. Oi!! Não conhecia esse livro. Achei a história interessante, mas fiquei com peninha do bebê. ninguém merece chamar Atlas, kkk.
    Anotei a dica na minha lista.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Ainda não tinha ouvido falar deste livro, mas sua resenha me deixou bastante curiosa a respeito dele. Pretendo ler assim que tiver uma oportunidade. Bjus

    ResponderExcluir
  7. Mais um que nao tinha ouvido falar. Mas sua resenha me deixou com muita vontade de ler. Assim que tiver uma oportunidade, vou ler com certeza. bjus
    Eykler

    ResponderExcluir
  8. que ótima recomendação Vê,
    não é o estilo de livro, mais até que fiquei curiosa e com vontade de ler..
    Não conhecia tam´bem esse livro!!

    bjs
    Mila

    ResponderExcluir
  9. Amo estória com bebês... Preciso ler esse livro. Gosto de diversificar, e pelo que você falou, esse livro foge do lugar comum a que estamos acostumadas... BJS!

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique