Resultado - Natal com Nacionais

sábado, 29 de dezembro de 2012

Índios,
Confiram o resultado de mais um promoção parceira de fim  de ano


Nossa seguidora Daniela Calcia, foi a ganhadora desta promoção.


Selo: Este blog eu visito e recomendo!!

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Oi, Índios
Nós não recebemos muitos selinhos, porém quando acontece são bem legais. Confiram!!!

Ganhamos este lindo selinho da Jéssica do blog Lilian & Jéssica, não é lindo? 
Obrigada  por lembrar de nós e do trabalho que fazemos aqui no Tribo do Livro.


Vou indicar esse selinho para alguns blogs que visito e admiro, com blogueiras sempre ativas  e muito criativas, por esse motivo  recomendo.

Este abaixou vou indicar porquê o espirito de educadora é intrínseco e fico muito feliz de ver uma mocinha tão jovem lendo mais que um adulto, então o objetivo é o incentivo cada vez maior, não é?

Valeu Lilian & Jéssica pela indicação e a lembrança do nosso trabalho aqui neste espaço.

A Primeira Noite

La Première Nuit
Marc Levy
Editora Suma de Letras

Tradução: Jorge Bastos
ISBN:9788581051123
Páginas: 341



Sinopse
Em O Primeiro Dia, o best-seller francês Marc Levy escreveu seu primeiro romance de aventura, que tem seu desfecho na sequência A Primeira Noite. No primeiro livro, um estranho pingente dado à arqueóloga Keira marca o ponto de partida para a trama de dimensão épica. Nele uma tempestade de areia prejudica uma escavação no vale etíope de Omo, da qual Keira fazia parte, e a força a voltar à Europa. No entanto, antes de partir, uma criança que conheceu no local a presenteia com o curioso artefato. Com a ajuda de Adrian, astrofísico e seu ex-amante, a arqueóloga havia chegado à conclusão de que o pingente reproduz as estrelas do céu, na posição exata em que estavam no dia da criação do universo. Por isso, teria valor inestimável e seria capaz de colocar em risco a vida dos dois, o que acaba por acontecer. Seguidos de perto por misteriosos indivíduos, Adrian e Keira acabam por se envolver em uma tragédia. Perto de descobrirem artefatos que poderão solucionar o enigma da criação do mundo, os dois têm suas buscas interrompidas por um acidente na China. Aparentemente, o evento teria sido provocado por alguém. Agora, Keira está desaparecida - possivelmente morta. Desolado, Adrian retorna à Grécia e se remói pela perda da mulher por quem nutriu sentimentos verdadeiros. No entanto, o aparecimento de uma foto, que talvez seja de Keira, reacende nele as esperanças. Consciente de que o desejo de desvendar os mistérios do universo foi o que o uniu novamente a Keira, mas também os separou, Adrian parte em uma viagem disposto a encontrá-la viva. Ele buscará retomar também a aventura pela solução dos segredos milenares. 

Resenha por Ver Sobreira

Certa  lenda diz que a criança, na barriga da mãe, conhece todo mistério da Criação, da origem do mundo até o fim dos tempos. Ao nascer, um mensageiro passa pelo seu berço e encosta o dedo nos lábios, para que ela nunca revele o segredo que lhe foi confiado, o segredo da vida. Esse dedo que apaga para sempre a memória da criança deixa uma marca. Esse marca todos temos acima do lábio superior, exceto eu.
No dia em que nasci, o mensageiro esqueceu de vir me ver e eu me lembro de tudo...

A conclusão de O Primeiro Dia, resenha Aqui em A Primeira Noite comprova mais uma vez o talento e a perspicácia de Marc Levy em contar história. Apesar desta continuação em dados momentos ser um pouco arrastada com muitas descrições, em  outros ela alcança um ritmo eletrizante.

Adrian, o astrofísico e Keira, a arqueóloga, dois espíritos inquietos. Após sofrerem uma emboscada no interior da China, os dois acabam separados. Adrian está em estado grave em um hospital na Grécia e de Keira não se tem notícias. Porém, ele no estado em que se encontra tem conversas delirantes com Keira, o que nos dá uma pista de que ela pode estar viva em algum lugar soturno da China. Diante desta situação, descobrimos outras relações dos personagens no entorno da história. Walter, mesmo sendo um grande amigo e admirador de Adrian esconde um grande segredo; o velho professor Ivory com relações cada vez mais obscuras e mais o grande mistério que envolvem os pingentes encontrados. Qual é a verdadeira história destes fragmentos? Será que eles podem esconder a origem do mundo?

Tanto a narrativa de O Primeiro Dia bem como de A Primeira Noite são pontuadas por suspense e tensão. Keira e Adrian, não desistem de seus principais objetivos, o que faz com que muitas pessoas poderosas temam o que eles possam descobrir, pois talvez abale profundamente a sociedade e exponha certos interesses pessoais de determinado grupo.

Quanto ao romance  os sentimentos de Adrian por Keira e vice- versa são arrebatadores, os dois são feitos um para o outro, apesar de em determinados momentos parecerem que nunca vão se entender e o mais curioso e cômico é ler como se desenvolve a relação dos dois. Walter, amigo de Adrian é um personagem muito loquaz e ainda temos a mãe e a tia de Adrian, típicas gregas, faladeiras e preocupadas com tudo. A gama de personagens que Levy criou para esta narrativa foi bem diversificada e a trama  desenvolve-se com fluidez. 

Em suma, uma boa leitura para quem gosta de aventura, romance e mistério. Keira e Adrian vão a muitos lugares, dão praticamente uma volta ao mundo. Levy tenta nos por em sintonia com a origem da Criação, que pode ou não ser verdadeira, mas que em determinados momentos faz todo sentido.

Resultado - Promoção Natal das Blogueiras

Índios,
Confiram o resultado desta promoção parceira.


Nossa seguidora Cinthia Oshiro foi a ganhadora desta promoção.



Filmes do Ano#2 - Jonh Carter - Entre dois mundos

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Oi, Índios
Mais uma dica de filmes deste ano para vocês que não viram. Confira!!!


Jonh Carter - entre dois mundos conta as aventuras do veterano John Carter em sua viagem a Marte, acompanhado por tharks, guerreiros de Marte, e uma princesa bonita da cidade de Hélio. O filme, que estreou aqui em março, e mais uma vez não fui ao cinema, mas já assisti. Está disponível, este também  está inserido como adaptação literária de diversos contos deste personagem. O livro foi já foi publicado aqui pela Casa da Palavra, Selo da editora Leya.

Sinopse
O soldado americano John Carter (Taylor Kitsch), para a tristeza de seus parentes, faleceu no planeta Terra. Contudo, para a alegria de outros, ressuscitou em Marte. Agora, em meio a uma guerra civil no planeta vermelho, habitado por seres de cor verde e criaturas gigantescas, ele é visto como a única esperança de ajudar a princesa Deja Thoris (Lynn Collins) a salvar o seu mundo, numa batalha que mudará para sempre o seu destino.1




A crítica não recebeu muito bem o filme, disse que a adaptação foi insípida, não sustentando os argumentos do autor que eram bem maiores que os que foram expostos, mas como fã gostei muito. Mistura de aventura, ficção-científica e romance  achei a história incrível. Taylor Kitsch no papel de John Carter está lindo e fofo, nada do que reclamar. Entretenimento e ação de sobra e se falar do romance entre John e a Princesa.

John Carter é um personagem criado por Edgar Rice Burroughs em 1912. Trata-se de um veterano confederado da Guerra Civil Americana que é transportado misteriosamente para Marte, onde passa a viver aventuras entre os inesperados marcianos e as paisagens fantásticas do planeta. Edgar Rice Burroughs havia iniciado os escritos sobre Marte em forma de contos, publicados em 1912 e denominados Under the Moons of Mars. Depois foram reunidos no livro Uma Princesa de Marte de 1917.

A série continuaria em mais dez livros, sendo que John Carter seria o protagonista nos seguintes: The Gods of Mars (1918) (o segundo), The Warlord of Mars (1919) (o terceiro), Swords of Mars (1936) (o oitavo), Llana of Gathol (1948) (o décimo) e John Carter of Mars (1964) (o décimo primeiro). John Carter é o principal coadjuvante em Thuvia, Maid of Mars (1920) (o quarto) e Synthetic Men of Mars (1940) (o nono)2



Gostamos do filme porque apesar da crítica ter outra visão, ele nos manda diversas mensagens que não são nem um pouco contraditórias, pois trata de relações inter-raciais, convivência, poder, sociedade, entre outras coisas. O que é necessário é prestar muito atenção a cronologia do filme, já que ele é recheado de idas e vinda. Confiram, foi mais um bom filme deste ano.

1-http://www.adorocinema.com/filmes/filme-137263/
2 -http://pt.wikipedia.org/wiki/John_Carter

Resultado - Sorteio Passe as Férias com os Irmãos Kane

Índios,
Mais um resultado de uma promoção. Confiram!!!


A nossa seguidora Monique Martins, foi a ganhadora desta promoção de férias.Confira.


Observação: Monique você tem até 27/12 para responder o email que recebeu e enviar seus dados para caciques@tribodolivro.com para que a Editora Intrínseca possa mandar seus livros.

Resultado - Promoção Natal Sobrenatural

Índios,
 Confiram o resultado da Promoção Natal Sobrenatural - Tribo do Livro e Editora Universo dos Livros.


Nossas seguidoras Amanda Freiitas e Katia Mattos (Katita) respectivamente são as ganhadoras desta promoção. O sorteio como disse é pela ordem de apresentação dos kits.


Observação: Meninas vocês têm até 27/12 para responder o email  que receberam e enviar seus dados para entrega ao email: caciques@tribodolivro.com

Cinquenta Tons de Liberdade

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Fifty Shades Freed
E.L. James
Editora Intrínseca

Tradução:  Maria Carmelita Dias
ISBN:9788580572162
Ano:2012
Páginas:544

Sinopse

Quando a ingênua Anastasia Steele conheceu o jovem empresário Christian Grey, teve início um sensual caso de amor que mudou a vida dos dois irrevogavelmente. Chocada, intrigada e, por fim, repelida pelas estranhas exigências sexuais de Christian, Ana exige um comprometimento mais profundo. Determinado a não perdê-la, ele concorda. Agora, Ana e Christian têm tudo: amor, paixão, intimidade, riqueza e um mundo de possibilidades a sua frente. Mas Ana sabe que o relacionamento não será fácil, e a vida a dois reserva desafios que nenhum deles seria capaz de imaginar. Ana precisa se ajustar ao mundo de opulência de Grey sem sacrificar sua identidade. E ele precisa aprender a dominar seu impulso controlador e se livrar do que o atormentava no passado. Quando parece que a força dessa união vai vencer qualquer obstáculo, a malícia, o infortúnio e o destino conspiram para transformar os piores medos de Ana em realidade.

Resenha por Ver Sobreira

 –Você vai se queimar muito - sussurra Christian em meu ouvido, tirando-me do meu cochilo
 –Você me faz incendiar por dentro - abro meu sorriso mais doce.
O sol do fim de tarde mudou de posição , de forma que os raios fortes incidem diretamente sobre mim. Ele sorri maliciosamente e, com um movimento rápido, puxa minha espreguiçadeira de volta para a sombra do guarda-sol.
–Agora está protegida do sol do Mediterrâneo, Sra.Grey.
 – Obrigada por seu altruísmo, Sr. Grey.

Bem, a jovem Anastasia Steele agora é a Sra. Grey, sucumbindo ao charme, sex-appel e dominação do  empresário bonitão Christian Grey. Chegamos ao último capítulo de umas das trilogias eróticas mais vendidas dos últimos anos. A trilogia Cinquenta Tons de Cinza, prometia sexo intenso e BDSM, porém o que concluo após ler os três livros e que foi sim, um romance com um teor a mais de erotismo e não exatamente um BDSM autêntico, mas como entretenimento, é óbvio tem legitimidade. Em um trabalho de marketing magnífico tanto aqui, bem como mundo afora os livros fizeram a alegria da mulherada, principalmente por nos apresentar um personagem sexy, controlador, atormentado, carente, apaixonando-se por uma garota aparentemente sem graça que tinha lá seu charme escondido.

Após tentar fugir do estilo de vida de Christian, Anastasia não tem mais dúvida está perdidamente apaixonada por ele e para sua surpresa ele também. Ela aceita casar-se e acredita que pode ajudá-lo a superar seus fantasmas passados, apesar do pouco tempo de convivência. A felicidade parece entrar no caminho destes dois, porém eles não contavam com algumas problemas, além dos que já eram previstos em um mundo de possibilidades e ambos acabaram em perigo por conta de histórias que envolvem a infância e adolescência de Christian.

Como já disse nas resenhas anteriores desta trilogia, creio que a narrativa ganharia mais força, se fosse em terceira pessoa. Observar somente a perspectiva de Anastasia, foi muito maçante em vários momentos – apesar dela ter crescido um pouco como personagem –, talvez Christian fosse um narrador menos entendiante, mas enfim. Depois de nos dois primeiros E. L. James praticamente esgotar as paranoias e frustrações de Christian, fiquei me perguntando o quê ela nos reservaria no último livro, e até confesso que gostei, pois a trama que sustentou Cinquenta Tons de Liberdade foi bem interessante.

A leitura é fluída, os diálogos entre Anastasia e Christian cresceram também. As tiradas de Kate são impagáveis, apesar de tudo girar em torno do universo de Christian e Ana Grey. No mais, o que se pode acrescentar? O que começou como um possível jogo entre submissa e dominador terminou em um romance doce e sem muitas novidades, porém recheado de cenas quentes e picantes de sexo.

Em suma, como entretenimento a trilogia é muito válida, porém como literatura  erótica de caráter BDSM em minha opinião não é exatamente isso. Posso adicionar que gostei do final escolhido pela autora, mesmo sendo muito clichê. Por isso, se você já começou a ler não deixem de conferir;  se você ainda não leu nenhum dos livros  também leia. O valor esta sobretudo em um divertimento certo e apelo mercadológico, pois como sempre afirmo literatura de cunho erótico aqui para nós é uma espécie de modismo.

Deixo para o The end de Anastasia e Christian – You are so beautiful na voz de Joe Cocker.




You are so beautiful
To me
You are so beautiful
To me
Can't you see?

You're everything I've hoped for
You're everything I need

Você é tão linda
Para mim
Você é tão linda
Para mim
Você não vê?

Você é tudo que eu esperava
Você é tudo que eu preciso

Butterfly

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Butterfly
Kathryn Harvey
Editora Universo dos Livros

Tradução:Cristina Tognelli
ISBN:9788579303494
Ano:2012
Páginas: 520

Sinopse
No andar de cima de uma loja exclusivamente masculina na Rodeo Drive existe um clube privado chamado Butterfly, um espaço em que as mulheres são livres para expressar suas fantasias eróticas mais secretas. Somente as mulheres mais belas e poderosas de Beverly Hills são convidadas a entrar: Jessica, uma advogada que suspira pela época em que os homens eram machos e as mulheres satisfaziam seus prazeres; Trudie, uma construtora que quer um homem que a desafie, em todos os sentidos e sem tabus; e Linda, uma cirurgiã que usa máscaras para desmascarar os desejos que esconde até de si mesma. Contudo, a mais misteriosa de todas as mulheres é a que criou o Butterfly. Ela mudou o nome, o sotaque, até mesmo o rosto para esconder sua verdadeira identidade. E agora está prestes a revelar seu passado para concretizar a obsessão secreta que a levará além do êxtase...


Resenha por Ver Sobreira


Precisando um príncipe de saber usar bem o animal, deve tomar como exemplo a raposa e o leão; pois o leão não é capaz de se defender das armadilhas, assim como a raposa não se sabe defender dos lobos. Deve, portanto, ser raposa para conhecer as armadilhas e leão para espantar os lobos.
Niccolo Maquiavel

Com a chuva de onda erótica que se instaurou na literatura é difícil achar algo que não seja repetitivo, mas de vez em quando encontramos tramas admiráveis. Venho afirmando em minhas últimas resenhas que envolvem temas eróticos, que aqui para nós é uma espécie de modismo se é que podemos ver por este prisma, porém lá fora é uma literatura que tem potencial de leitura. É claro que há mercado específico e por isso encontramos "lixo" e coisas boas e surpreendentes. Então vamos acrescentar Butterfly as coisas boas, diga-se de passagem muito boa.

Sexo, política, a venda de fé e a passagem para o paraíso pelo melhor preço.

Butterfly não é uma trama especificamente erótica e sim pontuada por erotismo e sensualidade. Na verdade a trama principal deste livro está permeada por intrigas, política e de uma certa forma religião. Este livro não é só a história de algumas mulheres que vão se divertir em um clube muito sofisticado dirigido somente a elas. Ele retrata também de forma muito crua e direta a ascensão do que posteriormente seriam as igrejas eletrônicas nos EUA. O curioso é perceber como Deus tem um preço, e é só você saber o quanto pagar.

Rachel, prostituída ao 14 anos; Linda, uma cirurgiã competente; Alexis, uma pediatra; Jéssica, uma advogada da indústria do entretenimento; Trudie, uma construtora em ascensão; Beverly, uma rica filantropa; Carmem, uma contadora brilhante e Maggie, uma secretária executiva. Algumas delas nunca se viram, porém todas estas mulheres estão ligados a uma reação em cadeia que atende pelo nome de Danny Mackay. Tudo começa no início da década de 1950 e  serão 35 anos de histórias interligadas. O jovem Danny Mackay construirá um império, mas para isso arrasará tudo que se interpor em seu caminho, sem nenhum escrúpulo ou piedade. E ele é impulsionado nada mais, nada menos que pelo Príncipe de Maquiavel.

E o Butterfly, onde entra nisso tudo? É um clube exclusivo para mulheres, são associadas com toda discrição. Lá toda fantasia vira realidade, as mulheres são amadas, reverenciadas, adoradas. Mas que mistério envolve a criação e a quem pertence este clube?  Em um  momento que há uma marcha da Igreja da Boa Vontade contra a depravação e a pornografia. Quem se arriscaria a criar um lugar deste tipo? Principalmente para satisfazer aquelas que sempre foram tratadas como objeto por uma sociedade chauvinista.

(...) as mulheres estão pagando por sexo. É um fenômeno de nossa liberação, desde que a pílula nos deu liberdade sexual. Quem haveria de pensar, vinte ou trinta anos atrás, que haveria revistas sexuais para mulheres , como  a Playgirl, ou clubes de striptease?(...) Isso só serve para provar o que temos clamado o tempo inteiro: que as mulheres querem o mesmo tanto de sexo que os homens (...) pág. 433

Narrativa impressionante, bem construída e alinhavada. Personagens interessantíssimos, as histórias paralelas de cada um se chocam transformando-se num todo. Uma leitura que tem prende e por vezes você quer largar o livro e não consegue. O toque de real é tão intenso que você se perguntar se provavelmente em algum momento aquilo possa ter ocorrido. Todos os personagens vivem em uma situação limite, da qual querem se livrar para serem felizes e plenos. O enredo se edifica de uma forma simples, porém trata de histórias complexas.

Em resumo, o que você encontrará ao ler este livro não é uma história somente excitante por ter em seu tema algumas conotações eróticas, e sim por ser uma trama muito bem organizada e eletrizante. Recomendadíssimo. Não deixem de ler Butterfly.

Observação: Pessoal soube que trata-se de uma trilogia, porém este livro não deixa margem para isso, então não se preocupem em lê-lo e ficar ansioso com a continuação. Deve ser uma daquelas que tem histórias independentes que se relacionam, porquê realmente não acredito que iriam deixar o clube se perder. =)

Filmes do Ano - Os Descendentes

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Oi, Índios
Vamos tentar fazer um balanço do que foi bom este ano em termos de adaptações literárias e  de alguns filmes que mesmo não sendo adaptados, deram o que falar. Este ano até que o cinema teve uma safra boa, só que nem sempre dá tempo de ver tudo que passa não é mesmo?


Vocês devem perceber que aqui no blog falamos de  vez  em quando sobre cinema, mas como ninguém aqui é especializado e sim fã acabamos tendo pouco o que dizer. No entanto, algumas coisas nos surpreende por ai. O filme em questão, pode até parecer estranho, pois estreio aqui no começo desse ano e já está até disponível em DVD e passando na TV a cabo. Porém sabe aquele filme que você até se programou para ver no cinema e ai por um motivo ou outro você deixou de vê-lo? Este é o  caso de Os Descendentes.

Vejam, é uma  comédia-drama, se isso é possível, rsrsr... que tem como protagonista principal um ator que acho até charmoso, – não vejo nada de grandes representações nas atuações dele –, mas por incrível que pareça ele deu um show neste filme como Matt King - George Clooney. Saibam que este filme foi baseado em um livro de nome homônimo que foi lançado aqui no Brasil pela Editora Objetiva na mesma época do filme, seu autor chama-se Kaui Hart Hemmings. Infelizmente não tive a oportunidade de ler o livro, vou reverter esta falha, pois sabemos que quase sempre uma adaptação suprimi algumas...muitas informações do livro.Vamos à sinopse e outras informações legais.

Havaí. Há 23 dias a vida de Matt King (George Clooney) mudou completamente. Foi nesta data que sua esposa Elizabeth (Patricia Hastie) sofreu um sério acidente de barco e entrou em coma. Desde então cabe a Matt cuidar das filhas Scottie (Amara Miller) e Alexandra (Shailene Woodley), que estuda e vive em outra ilha do arquipélago. Quando é informado pelos médicos que sua esposa irá morrer em breve, Matt resolve trazer Alexandra de volta. Ele conta com a ajuda dela para contar a triste notícia aos amigos e familiares, de forma que eles possam se despedir de Elizabeth ainda em vida. Desbocada e de gênio difícil, Alexandra surpreende o pai ao contar que sua mãe o estava traindo. A notícia afeta profundamente Matt, que passa a querer saber quem era o amante de sua esposa e se ela o amava. 1  

O que tem essa história de interessante? Relacionamentos, vida, conviver. A mudança que ocorre bruscamente na vida do personagem Matt, vai fazê-lo repensar sobre suas atitudes tanto com sua família bem como perante a vida. Ele nunca tinha vivido um tempo real com as filhas, deixando tudo a cargo da esposa, moral da história casamento em crise, afastamentos e traição. Mas não é só isso, a também o fato dele ser depositário familiar de parte da ilha de Oahu no Havaí e ter que decidir se vende ou não para um empreiteiro, ou seja, muitos interesses envolvidos. Tudo acaba culminando em um único momento em que dor, pesar, ciúme, amor, falta de senso estão apostos para desestabilizar qualquer um e Matt King terá que encarar este processo e ultrapassar.

Quando a vida nos pega desprevenidos o que fazer? Que decisão tomar? Matt terá que conduzir tudo de certa forma sozinho e ainda tem sobre a cabeça a traição da esposa. Ele quererá saber quem é este homem por quem Elizabeth se apaixonou. Uma curiosidade, pois no livro ela se chama Joanie, sabe-se lá porquê os  roteiristas mudam coisas tão banais, como nomes. O filme é bom porque nos faz pensar sobre relações tanto as familiares bem como qualquer outra. O distanciamento que acaba ocorrendo inconscientemente.  As atuações são boas desde o próprio Clooney até a atriz  Amara Miller que faz a filha menor Scottie; a atriz Shailene Woodley, conseguiu o papel que a princípio seria de Amanda Seyfried.


Um das falas mais interessantes do filme é quando Matt diz que "Uma família parece um arquipélago todos partem do mesmo todo, mas ainda assim ilhas separadas e sozinhas, lentamente se afastando uns dos outros", comparação interessante né? Tudo se concentra no final ao redor da noção que temos de família, é... Em suma, coloque Os Descendentes na lista de um bom filme que estreio este ano. Confira!!!

1. http://www.adorocinema.com/filmes/filme-171157/curiosidades/

A Viagem do Tigre

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Tiger's Voyage
Colleen Houck
Editora Arqueiro

Tradução: Ana Ban
ISBN:9788580411133
Ano:2012
Páginas:496


Sinopse
Perigo. Desolação. Escolhas. A eternidade é tempo demais para esperar pelo verdadeiro amor? Em sua terceira busca, a jovem Kelsey Hayes e seus tigres precisam vencer desafios incríveis propostos por cinco dragões míticos. O elemento comum é a água, e o cenário de mar aberto obriga Kelsey a enfrentar seus piores temores.Dessa vez, sua missão é encontrar o Colar de Pérolas Negras de Durga e tentar libertar seu amado Ren tanto da maldição do tigre quanto de sua repentina amnésia.
No entanto o irmão dele, Kishan, tem outros planos, e os dois competem por sua afeição, além de afastarem aqueles que planejam frustrar seus objetivos. Em A viagem do Tigre, terceiro volume da série A Saga do Tigre, Kelsey, Ren e Kishan retomam a jornada emdireção ao seu verdadeiro destino numa história com muito suspense, criaturas encantadas, corações partidos e ação de primeira.

Resenha por Ver Sobreira

Quero dar a ela o melhor de tudo.Quero fazê-la feliz.Quero me lembrar dela.Quero tocar nela.Quero amá-la.Cincos desejos de Ren para Kelsey

A mais de um ano quando o nosso blog entrava no ar o primeiro livro desta série foi lançado  A Maldição do Tigre, resenha AQUI. Para nós foi até motivo para uma promoção em comemoração à nossa parceria com a Editora Arqueiro. Maravilhosamente bem construída esta saga traz até nós todo o mistério da cultura indiana. Um conto de fadas moderno, uma história de amor, um coração dividido entre dois príncipes que guardam dentro de si uma fera. Pode ser mais lindo?

No segundo livro O Resgate do Tigre, resenha AQUI, Kelsey com a ajuda de Kishan, do Sr. Kadam e de Nilima, vai ao resgate de Ren que foi capturado pelo inimigo dos príncipes, Lokesh. Agora na terceira aventura dos príncipes-tigres e Kelsey, apesar de com todo o esforço ter conseguido mais 6 horas como homens para eles, as coisas não estão nada bem. Ren, o amor de Kelsey não tem nenhuma lembrança sobre ela e o pior, quando ela se aproxima dele, Ren sente uma grande dor e sua mente entra em uma enorme confusão. Isso abre espaço para Kishan que está completamente apaixonado por Kelsey. Então ela começa a dividir seu coração entre estes dois homens.

(...) Outra lágrima desceu pela minha bochecha. Ele se aproximou e tocou a lágrima. Nossos olhos se encontraram e o meu coração disparou no peito de um modo terrível. Eu o amava tanto que doía. Como ele podia fazer isso com a gente? (...) pág. 161

A Saga do Tigre é uma das melhores séries dos últimos tempos, e este terceiro livro é muito intenso, sensacional e ao mesmo tempo frustante, pois Houck nos deixa com o coração na mão, desesperados e sem ação; toda a narrativa é composta de muito adrenalina. Kelsey amadureceu e está sofrendo muito com a rejeição inexplicável de Ren. Kishan está se transformando em um verdadeiro príncipe encantado e isso irá dividir os fãs com certeza. Por quem será que ela se decidirá ao final? Muita ação e aventura pontuam a leitura deste terceiro livro, até aqui o melhor ao meu ver.

Outro aspecto interessante desta obra são os maravilhosos e interessantíssimos mitos que envolvem a  cultura indiana  e outro ramo da cultura asiática: a oriental, – já que a mãe dos tigres vem de uma cultura diferente –, Colleen Houck as combinou perfeitamente. A história da Lady Bicho-da-Seda é uma verdadeira lição para nossa heroína, o amor é um paradoxo bálsamo e dor ao mesmo tempo; justamente no momento em que o coração de Kelsey começa verdadeiramente a ser dividido. Ela não é fraca, até cresceu muito ao longo dos livros,  mas deveria compreender melhor até aqui onde realmente se meteu, porém como leitora e fã desta série estou aguardando grandes momentos dela.

O quê posso dizer mais, se falar vou acabar contando tudo, pois Houck nos fez "geleia" ao final deste terceiro entreato. Particularmente queria gritar com ela pelo que aconteceu ao final e nos deixou em um suspense de  dar medo. Tipo, como assim? Ela quer nos matar?. Por isso se você ainda não teve a oportunidade de ler estes livros está perdendo seu tempo em conhecer esta série incrível. Conheçam os tigres e se apaixonem por eles. RECOMENDADÍSSIMO, sem palavras.

É preciso ler para entender, porém lembrem-se também que isto é um entretenimento, por vezes vamos querer matar a autora, mas sabemos que os finais quase sempre são óbvios, rsrsr.... Só podemos rogar para que Houck não nos decepcione e nos fruste, porquê ela fez algumas coisas detestáveis neste terceiro livro. Mas valeu. Confira !!! E aguardemos ansiosos O Destino do Tigre.

Meme Literário: Incentivo à Leitura

Índios,
 Recebi este  meme que além de  muito importante, é interessantíssimo da Amanda Holanda do blog The book is on the Shelf para incentivo à leitura. 
Ler para mim é um hábito que cultivo mais ou menos desde de uns seis anos de idade, então já perdi a conta de tudo que li. Mesmo hoje em dia há ainda muitas pessoas que não aderiram a este hábito, costumo dizer que elas se encontram à deriva rsrsr... No entanto, sempre que posso incentivo todos ao máximo, e aqui estou para dar mais uma, ou umas sugestões rsrs... por conta deste Meme. Obrigada Amanda por ter indicado o Tribo do Livro.









Regras:
1. Postar o logo (laço);
2. Indicar de 10 blogs
3. Avisar os blogs indicados sobre o meme; 
4. Responder a pergunta: "Qual livro você indicaria para uma pessoa começar a ler?";
5. Comentar no blog que recebeu o selinho. 


Qual livro indicaria para uma pessoa ler?

São tantos livros né? Porquê veja,  livro demanda um certo gosto pessoal. Quando uma pessoa começa a ler, há alguns livros que você poderia indicar, porém se for um gênero o qual a pessoa não se identifica é problemático. Mesmo que a pessoa não tenha o hábito de leitura, sabe distinguir gêneros, por conta de filmes por exemplo. Este ano eu li muita coisa boa, mas também li porcarias infelizmente é a vida. Vou fugir a regra e indicar dois um é nacional e talvez porquê tenha acabado de lê-lo a história esteja martelando aqui em minha cabeça.

Um livro despretensioso, lindo, – citei isso na minha resenha –, porém que conta uma linda história de amor e música. Acaba de ser lançando e o li em dois dias. É A Última Nota  de Lu Piras & Felipe Colbert, conta a história de Alícia e Sebastian, o amor pela música faz com que ela encontre ele de uma forma mágica e inusitada. A leitura é dinâmica, fluída e você termina o livro querendo saber mais desta história.












O outro é A culpa é das Estrelas de Jonh Green.
Este é um dos primeiros, quem sabe até o primeiro livro que leio, onde os protagonistas têm câncer terminal, mas conseguem olhar a vida de uma forma totalmente diferente. É a história de Hazel Grace e Augustus, dois adolescentes diagnosticados com câncer. Parece uma daquelas histórias que você começará a ler e não vai parar de chorar, mas – graças a Deus,rsrsr... – não é nada disso. É verdade, é uma narrativa sensível, do tipo que faz você pensar na fragilidade da vida, porém  John Green – em minha opinião – provou que mesmo que se trate de uma história com um fim óbvio, com certeza inevitável, há aqui algo muito mais interessante de que só lamentar








Então é isso agora vou indicar os 10 blogs:
  1. Apaixonadas por Livros;
  2. Alquimia dos Romances;
  3. Amor, Mistério e Sangue;
  4. Aghridoce;
  5. Doces Letras;
  6. Daily Book of Milla;
  7. Meu mundo, Meus Livros;
  8. Querida Prateleira;
  9. Fulana Leitora;
  10. Prazer, me chamo livro   

Divulgando Parceiros - Editora Oráculo/Selo Infinitum

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012




O PROJETO


Primeiramente, muito prazer. Nós, da Oráculo, ficamos muito honrados de apresentar ao público rpgista brasileiro este projeto tão grandioso. Afinal, somos uma editora jovem, nascida no começo deste ano de 2012, e por enquanto composta por poucas – porém dedicadas – pessoas. Até agora tivemos 3 lançamentos impressos e alguns outros ebooks, que vocês podem conferir depois, em nosso site (http://www.editoraoraculo.com.br/), todos muito bem recebidos pelo público. Inclusive estivemos presentes na 22a Bienal de São Paulo lançando 3 livros.



Nosso editor chefe, Claudio Roberto Muniz, é quem encabeça os projetos de RPG, e é ele quem trouxe ao Brasil esta novidade incrível: a possibilidade de publicação do RPG Lenda dos Cinco Anéis (ou Legend of the Five Rings no original) Quarta Edição, em formato que todo jogador merece: capa dura, miolo colorido em papel couché brilhoso – similar aos livros de D&D e outros que utilizam este estilo. Com um diferencial: são mais de 400 páginas por um preço igual ao dos concorrentes com metade das páginas.

Só que, para atingir esse patamar de qualidade, precisamos da sua ajuda. Ou melhor: queremos sua ajuda, pois assim como em uma partida de RPG, quando todos os integrantes se dedicam a realizar da melhor forma possível a tarefa que lhes foi dada, os resultados são incríveis. E é isso que propomos a vocês.

Mas espere, antes de mais delongas, vamos falar brevemente sobre o Lenda, que é o personagem principal desta história:



Seu mundo é Rokugan, o Império Esmeralda. 
Fala-se de uma terra que exige muito de seu samurai: servidão ao seu senhor, servidão ao seu Clã, e servidão ao seu Imperador. O código de conduta Bushido, conservador e inflexível, prende o samurai aos seus deveres, reforçando seu caráter e definindo suas escolhas. Mas enquanto alguns samurai o usam para servir ao bem maior, outros o usam para manipular as outras classes e potencializar sua própria influência. E você, irá seguir a Honra ou rejeitá-la? A escolha é sua!

Oito Grandes Clãs formam o centro da cultura de Rokugan; cada um é definido por seus próprios princípios, valores e compromissos; cada um vê o Código Bushido a seu modo; cada um se empenha em servir o Imperador através de suas habilidades únicas. Siga os passos de seus ancestrais e lute pela glória e honra de sua família e de seu Clã.

Mas antes, lute em nome este mundo e suas maravilhas, em nome desta publicação, que com sua ajuda estará encaminhada ao sucesso, em nome deste sonho – que é nosso e provavelmente de muitos outros jogadores.

Como fazer isso? 
Ajude. Conheça, invista, divulgue. 
Só assim poderemos atingir esta grande meta, e finalizar nossa grandiosa missão.
O destino de suas aventuras está em suas mãos. Conduza-o com sabedoria.

Quer saber mais sobre o Lenda? 
Acesse http://www.l5r.com/, para informações oficiais em inglês, ou http://www.rederpg.com.br/wp/2011/01/legend-of-the-five-rings-rpg-4th-edition/ para uma resenha em português, por quem entende do assunto.

Por um Momento Apenas

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

From This Moment On
Bella Andre
Editora Novo Conceito

Tradução: Ana Paula Costa Doherty
ISBN: 9788581631943
Ano: 2012
Páginas: 272

Sinopse
Durante 36 anos, Marcus Sullivan fora o irmão mais velho, ajudando a cuidar de seus sete irmãos após a morte do pai, quando ainda eram crianças. No entanto, quando o futuro perfeito que ele planejara para si próprio transformou-se em nada além de uma mentira, Marcus precisa de uma noite de loucura para se esquecer de tudo.
Nicole Harding é conhecida no mundo todo por apenas um nome — Nick—, graças à sua música pop contagiante. No entanto, o que ninguém sabe sobre essa cantora de 25 anos é que sua imagem de símbolo sexual é totalmente falsa. Depois de ter sido terrivelmente traída por um homem que amava a fama mais do
que a ela, jurou nunca mais deixar ninguém se aproximar a ponto de descobrir quem ela realmente é... ou de magoá-la novamente.
Principalmente aquele homem maravilhoso que Nicole conhecera em uma boate, ainda que o desejo — e as promessas transgressoras — em seus olhos negros a fizessem querer revelar todos os seus segredos. Uma noite é tudo o que Nicole e Marcus concordam em compartilhar um com o outro. Contudo, nada acontece
como planejado quando, em vez de uma simples relação carnal, descobrem-se ligados de uma forma pela qual nenhum dos dois esperava. E, embora tentassem lutar contra isso, os sentimentos incontidos — e a atração profunda — os aproximava cada vez mais.
Bella Andre nos presenteia com o segundo volume desta série sensual e romântica, em que o amor pode tornar um simples encontro algo quente para sempre...

A Última Nota

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Felipe Colbert & Lu Piras
Editora Novo Século
ISBN:9788576798392
Ano:2012
Páginas:264


Sinopse
Quando Alícia Mastropoulos se apresenta pela primeira vez como a principal violinista na Orquestra de sua Universidade, ela não tem ideia dos acontecimentos que este fato desencadeará. Decidida a tocar uma composição inédita deixada por seu falecido avô em vez da música programada, ela se emociona e erra a última nota, mas ninguém parece perceber. No dia seguinte, recebe a notícia que um jovem desconhecido é encontrado no coreto próximo ao local da apresentação e levado para um hospital. Quando acorda, ele não se lembra de nada, apenas chama pelo nome dela. Ele, o belo e misterioso rapaz de olhos azuis, é exatamente o que Alícia precisa evitar. Porém, a aproximação entre os dois se torna inevitável quando ela descobre que sua avó, Cecília, tomando conhecimento do caso, hospedou-o e ainda lhe deu o nome de Sebastian.
Preocupada, Alícia pede que sua avó o afaste de casa, antes que a situação traga problemas para sua família e para o seu namoro com Theo. Percebendo a relutância da avó e incomodada com a proximidade cada vez maior de Sebastian, Alícia decide apressar o noivado com Theo, para a satisfação de seus pais, que veem com bons olhos um casamento entre duas famílias tradicionais gregas. Só que, aos poucos, ela começa a descobrir uma intensa atração pelo rapaz desconhecido, que a levará a entender, enfim, o mistério que o envolve, a resgatar histórias do passado e a tomar importantes decisões para o futuro.

Resenha por Ver Sobreira

A Literatura Nacional está sendo versada por diversos caminhos e quase sempre o que encontramos nesta estrada são possibilidades muito boas. Escrever é muito mais que colocar palavras em um papel. Escrever é dar vida as palavras, sentido, sentimento e foi isso que fez Lu Piras & Felipe Colbert.


(...)  - Quem dera eu pudesse flutuar e, quando pousasse, você já estivesse aqui! (...)

Um doce romance escrito a quatro mãos Lu Piras & Felipe Colbert resgataram em  A Última Nota, a  magia do Romantismo, a arte do sonho e da fantasia. Com um pouquinho de crença no sobrenatural e na fé de acreditar em ser feliz e encontrar uma paixão, um amor eterno iluminado pelo tempo. Junto a estes elementos da prosa romântica, temos a música que permeará os mais felizes momentos dos protagonistas.

Alicia é uma jovem estudante de música que hoje é spalla  da OSUFRJ. O amor pela música ela herdou do avô paterno, Amadeus e por isso toca o mesmo instrumento que ele: o violino. Ela vem de uma família de origem greco-brasileira, que segue todas as tradições vindas da Grécia. Namora Theo, um rapaz também de origem grega com quem ela espera se casar, para felicidade de seus pais. Durante uma apresentação no auditório de sua faculdade, onde ela deveria executar o Nocturne de Chopin, ela muda a partitura e toca uma peça de seu avó. A partir deste acontecimento ocorrerão muitas mudanças em sua vida, pois a chegada de um misterioso desconhecido chamado Sebastian, irá fazê-la repensar sobre as escolhas de sua vida, sobre sua carreira, sobre o amor...

(...) Quando o violino silenciou, o mar de aplausos me confirmou... Para minha surpresa, a única pessoa que não aplaudia era vovó Cecilia... Eu quase podia vê-la chorar emocionada. E então, disse para mim mesma: "Gratia,vovô" pág. 28

A Última Nota é um romance despretensioso, mas muito bem escrito; na medida certa do entretenimento. Dinâmico, pois a leitura flui rapidamente e quando você se dá conta acabou. É a história que muitos gostariam de viver na vida real. Alicia é um moça inteligente, que tenta ser o que seus pais querem que ela seja, mesmo que isso deixe para trás seus próprios sonhos. Se ressente da forma como é conduzida a relação de seus pais com a avó  paterna, Cecilia pessoa que ela ama com devoção. Ao conhecer Sebastian, alguém que chama-a em uma cama de hospital, mas que ela nunca viu, sua primeira reação é de total desprezo por aquela situação. Sua grande amiga, Carol lhe diz que ela não pode fazer isso, pois há algo de misterioso em torno desta situação, mesmo em dúvida Alícia resolve fazer o que sua amiga aconselha. Ao retornar ao hospital descobre que ele não está mais lá, mas qual não é sua surpresa  quando se dá conta que o rapaz está em companhia de sua avó. Alicia, começa a temer o que passa a sentir por Sebastian, faz o que pode para não se render a este sentimento, porém ele não facilita e sempre aparece quando ela mais precisa.

(...) Eu tinha o cheiro de Sebastian em minhas roupas, o sabor do seu beijo em meus lábios, sua imagem gravada na minha retina. Eu o tinha inteiro dentro de mim, como se fôssemos uma só criação no universo. (...) pág. 149

Narrativa em primeira pessoa, Lu e Felipe constroem uma história consistente e encantada. Alícia é uma personagem que esconde sua força, esta que se apresentará até o final do livro; Sebastian é um ser  tão inexplicável como a própria aparição dele e lindo e Vó Cecilia é um anjo enviado com certeza. O final de A última nota é o mais inusitado possível e  vocês nem imaginam todo o mistério da chegada de Sebastian à vida de Alícia. Talvez, quando menos se espera, o universo conspira para que nosso destino não seja desperdiçado, talvez...

Não deixem de ler A Última Nota, uma escrita a quatro mãos que deu muito certo. Vocês irão se emocionar e querer serem parte desta linda história de amor, desta magia, cingida por música e paixão.Confira!!!

Cobertura do Lançamento de A Última Nota

Índios,
Na última sexta-feira(07/12) foi o lançamento do segundo livro da nossa querida e talentosa Lu Piras, junto com o autor Felipe Colbert  pela Editora Novo Século.Confira


Muitos amigos, escritores e blogueiros foram prestigiá-los neste momento ímpar.



Valeu Lu e Felipe, estamos felizes pelo sucesso de vocês.

Resultado - Tribo 1200

Índios,
Mais uma vez agradecemos o carinho de todos vocês com nosso blog.  A Tribo passou de 1200 seguidores e ai está o resultado.


Nossa seguidora Andressa Palma é a ganhadora do kit Tribo 1200 seguidores. Ela terá até 13/12/2012 para responder o email ou entrar em contato pelo email:caciques@tribodolivro.com



Resultado - Promoção Acuba#2- Tribo do Livro e Geração Editorial

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012


Índios,
Nossa Seguidora, Almerinda S, foi a ganhadora desta promoção. Confira no aplicativo.


A ganhadora tem até dia 11/12/2012 para responder o email enviado pelo aplicativo, ou entrar em contato com o email: caciques@tribodolivro.com.

O Atlas do Amor

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

The Atlas of Love
Laurie  Frankel
Editora Paralela

Tradução: Laura Silva Neves
ISBN:9788565530057
Ano:2012
Páginas:240


Sinopse
Quando Jill engravida acidentalmente e é abandonada pelo namorado, ela e suas duas melhores amigas mergulham de cabeça num projeto inusitado - criar Atlas, o bebê, juntas, em meio à loucura da pós-graduação. As três se mudam então para uma casa maior e montam uma programação sem intervalos, que inclui cuidar do bebê, assistir às aulas, lecionar matérias de introdução à literatura, corrigir trabalhos e cumprir a agenda de leituras. Elas esperam que seus esforços sejam suficientes para formar uma família para Atlas, mas tudo acaba se complicando.

Promoção Parceira - Natal Nacional

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Índios,
Hoje trago para vocês uma super promoção para encher a estante nesse natal. E o melhor, só com livros nacionais.
Nós + os blogs Fulana Leitora, Irreparável, Perdido em Palavras, Meus Livros Meu Mundo, Agridoce, Electric Beans, Louca Escrivaninha e Prazer me chamo livro, nos reunimos para trazer para vocês essa super promoção.
Válida a partir de hoje, 05/12 até  25/12.


9 Livros, UM ganhador



Regras :
• Residir no Brasil;
• Seguir TODOS os BLOGS publicamente;
• Validar este post;
• Preencher o formulário abaixo.


a Rafflecopter giveaway


Considerações:
1. A única regra obrigatória é seguir todos os blogs, as demais são chances extras. Quanto mais você fizer maiores são suas chances de ganhar.
2. O ganhador terá até 3 dias para responder o e-mail de contato, caso contrário será realizado um novo sorteio.
3. O prêmio será enviado em até 30 dias.
4. Cada blog será responsável pelo envio de seu livro.

Boa sorte! 

O Diário de Jack, o Estripador

The Diary of Jack the Ripper: The Chilling
Shirley Harrison
Editora Universo dos Livros

ISBN: 9788579323210
Ano: 2012
Página:504

Sinopse

James Maybrick é apresentado como Jack, o estripador (serial killer que apavorou Londres em 1888 - assassinando e estripando pelo menos cinco prostitutas - sem nunca ter tido a verdadeira identidade revelada).
A autora analisa fatos e disponibiliza partes do diário de Maybrick (escritos com sua própria letra e com a respectiva tradução), onde o mesmo confessa a autoria dos crimes.

Trechos do diário:
«Talvez, na minha mente atormentada, deseje que alguém leia isto e compreenda»
«As minhas mãos estão frias, mas acredito que o meu coração está mais frio»
«Espero ansiosamente o trabalho de amanhã à noite, vai fazer-me bem, mesmo muito bem»
«Antes de ter terminado toda a Inglaterra conhecerá o nome que dei a mim própio»
«Deus colocou-me aqui para matar todas as put*s»
«Quando tiver terminado os meus actos demoníacos, o própio diabo me elogiará»
«A put* vai sofrer como nunca sofreu»
«Sofrerão tal como eu vou, certificar-me disso»



Impressão de Leitura por Rafael Dorr

Todos nós parecemos saber as histórias que envolvem a vida deste assassino em série que viveu no século XIX e matava prostitutas. As lendas que envolvem seus crimes tornou-se um aluvionamento de narrativas com teorias conspiratórias e folclore controverso. Diversos autores já tentaram descobrir a verdadeira identidade deste serial-killer, várias hipóteses levantadas, porém nenhuma delas chegou perto. Mas neste diário é possível ter uma noção da mente perigosa e perturbada deste homem que a dois séculos desafia até a ciência.

Bem a princípio pelo título achei que todo o livro se tratava das memórias em um diário, ou seja a transcrição do mesmo, porém me surpreendi ao começar a leitura, o livro tem "duas partes" uma trata da história do diário, de como ele foi encontrado, dos inúmeros testes para comprovar sua veracidade entre outras coisas, toda ta narrativa é voltada para esse fim, afirmar a legitimidade do documento e mostrar sua origem ; e outra chamada fac-símile trata do diário em si, com reproduções dos manuscritos e ao lado as traduções.

É bem interessante para quem gosta de livros do gênero, pois o livro é extremamente datado, tudo que nele é descrito tem o ano ao lado, o que pode levar alguns leitores a desanimarem.  Jack o Estripador, assombrou a Inglaterra,  algumas história diz que ele seria  James Maybrick, que após ser traído por sua esposa Florence Maybrick com Alfred Brierley ( os quais recebem as alcunhas de Puta e Cafetão por James), passa a apresentar sérios problemas psicológicos,  ver a ex-mulher em toda prostituta.

A partir daí  decide se vingar de todas as prostitutas que puder e faz isso das formas mais variadas e bizarras que se possam imaginar, passando inclusive a se alimentar de partes de suas vítimas após retirá-las e levá-las consigo para serem cozidas. Possuem coisas bem macabras o que pode assustar também alguns leitores, quando ele descreve como faz com as vítimas, como se alimenta delas após assassina-las.

Enfim é uma excelente leitura pra quem curte uma literatura de natureza investigativa e bem detalhada. Parece a uma bibliografia de como a autora fez para atestar a veracidade do documento e mesmo após todos os testes, ela deixa bem claro que não é possível afirmar com 100% de certeza a legitimidade, mas também de forma alguma podemos afirmar ser uma fraude.

Sorteio - Tribo do Livro e Editora Intrínseca - Passe as Férias com os Kane

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Índios,
No ar nossa primeira #PromoFérias - Passe as Férias com os Irmãos Kane.



Não é nenhuma novidade para vocês meu apreço por Rick Riordan. Em vista disso a editora Intrínseca, nossa parceira dará  a UM sortudo, seguidor do nosso blog a Trilogia das Crônicas dos Kane, é gente, isso mesmo. Você irá se encantar com este passeio de Riordan  pela Mitologia Egípcia. Confira e participe.


a Rafflecopter giveaway

Regras:

  • Residir no Brasil;
  • Seguir o blog publicamente;
  • Comentar a resenha AQUI;
  • Curtir a Fanpage do blog Tribo do Livro;
  • Curtir a Fanpage da Editora Intrínseca;
  • Validar este post.
Chance Extras:
  • Além das chances no aplicativo você pode também comentar a apresentação sobre Rick Riordan AQUI.
Observação: A Editora Intrínseca enviará o prêmio em até 30 dias após o resultado. Reservamo-nos o direito de alterar às regras sem aviso prévio. Promoção válida até 20/12.

O Enigma do Morango

Strawberry Shortcake Murder
Joanne Fluke
Editora Leya/Selo Lua de Papel
Tradução: Alice Klesck
ISBN: 9788581780283
Ano:2012
Páginas:232

Sinopse
Em seu primeiro suspense culinário, O Mistério do Chocolate, Hannah Swensen, a famosa confeiteira de Lake Eden e corajosa detetive amadora, provou que, quando se trata de um crime, nada é mais doce do que uma mulher que sabe realmente como investigar os fatos. Agora, a heroína ruiva e de comentários mordazes está de volta, como jurada de um concurso onde a competição é realmente de matar.
Hannah estava animada com o sucesso que Lake Eden poderia fazer depois do primeiro concurso anual de sobremesas, e claro, isso incluía aumentar as vendas de sua confeitaria Jarro de Cookies. Mas o que ela não esperava era encontrar o treinador, e colega de juri do concurso, Boyd Watson, morto enquanto comia um de seus deliciosos bolos.
Determinada a não deixar a reputação de suas sobremesas fosse colocada em risco e disposta a ajudar a amiga Danielle, esposa de Watson, Hannah começa uma investigação que parece cada vez mais perigosa enquanto a lista de suspeitos do crime não para de aumentar.


Resenha por Ver Sobreira

E lá vamos nós para mais um suspense delicioso da nossa confeiteira preferida, metida a detetive Hannah Swensen. E desta vez ela vai se colocar em mais perigos do que nunca para desvendar este assassinato que  na não tão pacata cidade de Lake Eden. 

Em meio a novos experimentos na sua loja Jarro de Cookies Hannah é convida a ser jurada em uma disputa culinária na TV. Mas como já sabemos, Hannah e os mistérios não se distancia e então durante a decorrência do concurso um dos jurados, um conhecido morador da cidade, o técnico do time de basquete da escola secundária Boyd Watson é assassinado a marteladas na garagem de sua casa. O problema é que tanto Hannah bem com seu interesse amoroso o detetive Mike Kingston  sabiam que Watson espancava sua esposa Danielle e ela se torna a principal suspeita do crime. Como Hannah é muito amiga dela resolve correr atrás de pistas para provar a inocência de Danielle. Para ajudá-la nesta missão, ela convoca sua irmã Andrea, que é esposa de Bill, o outro detetive do departamento de policial de Lake Eden. Como se não bastasse um assassinato em meio as investigações particulares de Hannah e Andrea, Lucy, uma jornalista intrometida também é a assassinada, apesar de os crimes serem vistos à principio separadamente, Hannah começa a acreditar que um tem ligação com o outro.

Olha, estou fã de Hannah, ela é muito decidida e neste segundo livro vai tão fundo para descobrir o culpado que quase acaba assassinada. A narrativa é mais uma deliciosa aventura desta confeiteira de "mão cheia" e destemida, fora as 7 receitas aparentemente deliciosas que acompanham está edição. Desta vez ganhamos a receita de uma torta de morangos amanteigada, – por isso o nome do livro, já que o cadáver  é encontrado por Hannah e Danielle  estatelado no bolo –, um flan de abacaxi e um pudim de pão com damascos e também novas receitas dos cookies da Hannah.

(...) Hannah avistou a tampa plástica de seu porta- bolos. Tinha rolado para debaixo do carro  e dava para ver uma parte... O técnico de basquete do Colégio Jordan estava esparramado no chão de cimento de sua garagem, deitado numa pilha de bolo, chantilly e morangos esmagados...As manchas vermelhas no concreto não eram dos morangos amassados, eram do crânio esmagado de Boyd.(...)

Só posso dizer que a escrita de Fluke é fluída e descontraída. Hannah está começando a ficar dividida entre Mike e Norman, mas ainda não se deu conta disso. Sua mãe Delores continua impossível, sempre tentando arrumar a vida amorosa de Hannah, ligando nas horas mais impróprias para falar de assuntos nada ver, como Hannah resmunga às vezes. Enfim, mais uma história muito gostosa de se ler, espero que vocês gostem, pois eu recomendo. Um livro para dar água na boca. Não deixem de ler. Em breve testarei algumas receitas que estão no dois livros. 

Leiam também O Mistério do Chocolate. Só espero que a Editora Lua de Papel não demore a editar os títulos, pois já são 16 livros publicados.

Abrindo nossa Oca#2 - Recebemos

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Índios,
Mais uma vez abrindo nossa oca literária e trazendo o que recebemos esses dias. São fresquinhos, pois uns acabaram de chegar. Vamos lá!!!

Editora Arqueiro


Uma das continuações mais esperadas por nós. Estávamos ansiosos por ela. Na última sexta deu o ar da graça, para ver o que nossos tigres andam apontando. Resenha logo, logo. Viu os mimos lindos que a editora preparou? Somente para parceiros =)

Editora Novo Conceito


Nossa tão aguardada caixa de Novembro da nossa parceira querida. Não estou mostrando aqui os brindes, porquê já postei na Fanpage no Face, confira lá. Os livros este mês prometem. Uhu!!!

Autora Gabriela Brandalise


Esta foi a penúltima parceria com autores, Gabriela Brandalise é de Curitiba. Ela nos contactou, depois de ter lido uma entrevista que demos para Gazeta do Povo em início de Outubro. Já folheei o livro e achei a história interessante. Breve leremos.

Autor Leonardo Barros

Os livros acabaram de chegar, o autor Leonardo Barros é do Rio Grande do Norte, e lançou seu livro pelo selo Novos Talentos da Editora Novo Século. Ele entrou em contato pela nossa Fanpage, foi nossa última parceria com autores por enquanto, porquê infelizmente estamos reestruturando algumas coisas aqui no blog e ai resolvemos dar um tempo nas parcerias com autores.

Bem, pessoal, nossa caixa hoje não está tão cheia, mas até lá pelo dia 20 devem chegar os últimos livros de parceria este ano e ai postamos para vocês, ok? Valeu =)

O Começo do Adeus

The Beginner´s goodbye
Anne Tyler
Editora Novo Conceito

Tradução: Ana Paula Corradini
ISBN: 9788581630397
Ano: 2012
Páginas: 208

Sinopse
Anne Tyler nos leva a um romance sábio, assustador e profundamente tocante em que descreve um homem de meia-idade, desolado pela morte de sua esposa, que tem melhorado gradualmente pelas aparições frequentes da mulher — na casa deles, na estrada, no mercado.

Com deficiência no braço e na perna direita, Aaron passou sua infância tentando se livrar de sua irmã, que queria mandar nele. Então, quando conhece Dorothy, uma jovem tímida e recatada, ele vê uma luz no fim do túnel. Eles se casam e têm uma vida relativamente modesta e feliz. Mas quando uma árvore cai em sua casa, Dorothy morre e Aaron começa a se sentir vazio. Apenas as aparições inesperadas de Dorothy o ajudam a sobreviver e encontrar certa paz.

Aos poucos, durante seu trabalho na editora da família, ele descobre obras que presumem ser guias para iniciantes durante os caminhos da vida e que, talvez para esses iniciantes, há uma maneira de dizer adeus.


Resenha por Gio Vaz

Fui de um livro sobre uma esposa que perde seu marido (P.S. Eu te amo) direto para este: onde é o marido que perde a esposa. Achei interessante essa experiência. Confesso que a escrita de Anne Tyler tem mais a ver comigo mesmo o personagem principal, um homem de 36 anos chamado Aaron, ser mais racional do que emotivo. O que encanta na narrativa, feita pelo próprio, é justamente a busca de como lidar com algo de uma carga emocional desta magnitude, como é a perda de sua esposa de forma tão drástica, sendo uma pessoa tão racional.

É através das aparições pós-morte de sua esposa, Dorothy, algo realmente inexplicável racionalmente, que consegue a ajuda necessária para atravessar essa fase e começar a dizer adeus. Ele pouco questiona essas aparições, assim como não questiona  Dorothy por medo de a espantar. A narrativa é envolvente e a confusão de sentimentos e pensamentos é muito bem transmitida.

Fiquei assustada quando vi que uma pessoa de 36 anos (estou quase lá) é considerada de meia- idade e, em muitas partes, achei a descrição de Aaron como alguém muito mais velho por sua falta de motivação pela vida, mesmo antes do acidente.

Existe uma personagem que merecia mais destaque pois é introduzida à história sem seu devido valor e o fechamento do livro nos deixa a desejar mais informações sobre ela. Como é um enredo curto, havia espaço para esse complemento.

Gostaria de comentar que a capa, apesar de bonita, não tem qualquer conexão com a história. Fiquei curiosa. Baseada em que foi feita sua criação?

Acredito que este livro agradará mais as pessoas de meia- idade como eu (rsrsrs... nossa, como estou me sentindo velha agora!) pois se apega às entrelinhas, às delicadezas. Não é uma história de começo, meio e fim.
Assista o bookthrailer

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique