Viva para Contar

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Live to tell
Lisa Gardner
Editora Novo Conceito
Tradução:Ivar Panazzolo Júnior
ISBN:9788581630168
Ano:2012
Páginas:479

Sinopse

Em uma noite quente de verão, em um bairro de classe média de Boston, um crime inimaginável foi cometido: quatro membros da mesma família foram brutalmente assassinados. O pai — e possível suspeito — agora está internado na UTI de um hospital, entre a vida e a morte. Seria um caso de assassinato seguido por tentativa de suicídio? Ou algo pior? D. D. Warren, investigadora veterana do departamento de polícia, tem certeza de uma coisa: há mais elementos neste caso do que indica o exame preliminar. Danielle Burton é uma sobrevivente, uma enfermeira dedicada cujo propósito na vida é ajudar crianças internadas na ala psiquiátrica de um hospital. Mas ela ainda é assombrada por uma tragédia familiar que destruiu sua vida no passado. Quase 25 anos depois do ocorrido, quando D. D. Warren e seu parceiro aparecem no hospital, Danielle imediatamente percebe: vai acontecer tudo de novo. Victoria Oliver, uma dedicada mãe de família, tem dificuldades para lembrar exatamente o que é ter uma vida normal. Mas fará qualquer coisa para garantir que seu filho consiga ter uma infância tranquila. Ela o amará, independentemente do que aconteça. Irá protegê-lo e lhe dar carinho. Mesmo que a ameaça venha de dentro da sua própria casa. Na obra de suspense mais emocionante de Lisa Gardner, autora best-seller do The New York Times, a vida dessa três mulheres se desdobra e se conecta de maneiras inesperadas. Pecados do passado são revelados e segredos assustadores mostram a força que os laços de família podem ter. Às vezes, os crimes mais devastadores são aqueles que acontecem mais perto de nós.

Impressão de Leitura


(...) São apenas crianças. E estão tentando melhorar. Assim como os pais.(...)

Gosto de ler, porém ultimamente meus livros favoritos são os romances sobrenaturais. Mas, de vez em quando gosto de um bom suspense. Por isso vim falar com vocês um pouquinho sobre este livro, Viva para Contar. O tema principal deste envolve o tratamento de pacientes psiquiátricos que cometeram crimes hediondos e pasmem, trata-se de crianças.

É a história de uma menina que assiste ao assassinato de toda sua família, crime este cometido pelo próprio pai. Em um segundo momento nos teremos a oportunidade de ler sobre os conflitos de casais que têm filhos em tratamento psiquiátrico; há também um personagem enigmático Andrew Lighrfoot, uma espécie de curandeiro que tenta "trocar" as almas dos pacientes. Todo narrativa está em torno dos problemas de crianças psicóticas e conta três histórias paralelas cheias de idas e vindas, o que por vezes nos confunde muito a leitura, é preciso se estar atento para não perder "o fio da meada".

As personagens principais são: a Sargento da polícia de Boston. D.D. Warren, Danielle Burton, a enfermeira que sobreviveu a uma tragédia e Victoria  Oliver, uma mãe dedicada ao filho totalmente desequilibrado.
A história é cheia de altos e baixos, e até esperava uma narrativa mais consistente. Gostaria de ressaltar que entre todos as situações que ocorrem o que mais me chamou atenção foi: a forma como as crianças cometem os crimes, o amor incondicional  de Victoria por seu filho, que desfaz a família, o casamento, deixam a filha e o marido para apenas cuidar do filho problemático e a as crianças Evans e Ozzie que são personagens a parte, mas que se destacam  pela forma como vivem e suas condições.

Em suma, esperava um pouco mais da história, porém tudo aconteceu de forma muito arrastada  são mais de 400 páginas, então merecia um melhor dinamismo na narrativa. Quando comecei a ler pensei tratar-se de um livro tipicamente policial e de suspense, porém na verdade é o que chamam de thriller psicológico, o que não faz muito meu estilo, mas creio que quem gosta de ler e estuda na área de psicologia ou psiquiatria, recomendo, pois com certeza irá gostar.


Apresentando, uma colaboradora, em nossa coluna  – Nosso amigo leu e conferiu– Almerinda Sobreira -Culinarista,  leitora consumista, adora romances sobrenaturais, suspense, já gostou de romances históricos, agora aprecia  um pouco romance Chick-Lit.



10 comentários :

  1. Acho que esse foi o melhor livro do ano!
    Amei a resenha!!!!!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Já sei o que dar de presente para o meu amigo psicólogo... rsrsrs
    Que pena você não gostou. Mas pretendo dar uma chance a ele em breve. Beijos!

    Elimar

    ResponderExcluir
  3. Também pensei que seria um suspense policial, isso mostra o quanto as sinopses podem nos enganar, e só uma boa resenha ajuda à esclarecer sobre o tema de um livro.
    Não gosto de livros que seguem por esta linha, muito menos envolvendo crianças.
    Parabéns pela resenha!

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua resenha e seja bem vinda! Como sempre arrasando! E nem podem dizer que estou puxando o saco, pois já ganhei a minha capinha de livro... kkkkkk
    Quanto a este livro eu tbm não me agradei muito dele não. Um tema muito pesado para o meu gosto.
    Bjus

    ResponderExcluir
  5. Eu adorei esse livro!!! Trabalho na area da saúde e achei que a autora foi corajosa em abordar um tema que é quase um tabu.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Ao contrário de você, eu adorei esse livro... acho que suspenses desse tipo são assustadores e eu fiquei arrepiada em vários momentos.

    beijos,

    ResponderExcluir
  7. Hummm nunca li livros com thiller psicologico, mais vou ler para ver se gosto... fiquei curiosa..

    beijoss
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique