Grandes Autores - Carlos Ruiz Zafón

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Índios,
Estamos inaugurando uma nova postagem, uma a duas vezes por mês postaremos sobre um grande autor vivo. Para começar esta série, apresento para quem não o conhece, ou para que já leu algo dele, porém sabe pouco, um dos expoentes da literatura atual. Confira.



Anos atrás quando comecei a ler livros mais..."inteligentes" me deparei com um autor maravilhoso, e ele também foi um dos motivos que me levou a querer aprender espanhol, pois sonhava, não, sonho em conhecer a Barcelona retratada nas narrativas dele. Seu nome: Carlos Ruiz Zafón, um espanhol, nascido em Barcelona no dia 25 de setembro de 1964 com inúmeros best-sellers já publicados, um leitor apaixonado e amante dos sebos. É descrito com um dos melhores escritores espanhóis dos últimos vinte e cinco anos, em suma um grande contador de história que mistura o sobrenatural, o real, o sublime e o grotesco de forma soberba, da melhor maneira como descrita por Victor Hugo.

Sou extremamente suspeita, pois as narrativas dele me conquistaram em uma época muito diferente de minha vida, a mais de 10 anos, e ele sempre tem a capacidade de me surpreender com suas histórias. Nem imagino como ele seja pessoalmente, se é simpático, antipático, se gosta de dar atenção aos fãs, se é caloroso com o retorno para quem ler seus livros. O que sempre me conquistou, isso sim é importante, foi,  é, sua capacidade criativa. Zafón é extremamente descritivo com suas personagens e lugares, ele parece conhecer minuciosamente cada cantinho de Barcelona. O primeiro livro dele publicado aqui pela Suma de Letras foi  A sombra do vento – inclusive é a primeira vez que ouvimos falar do cemitério dos livros.

Na Barcelona de 1945, logo após o fim da guerra, a cidade cuida de suas feridas nas sombras. Daniel, acorda na noite de seu aniversário de 11 anos e se dá conta que não se lembra mais do rosto de sua mãe. Seu pai dono de um sebo, no intuito de consolá-lo vai com ele ao cemitério dos livros. Lá Daniel encontra o romance A sombra do Vento, de Julián Carax, um escritor que segundo seu pai foi amaldiçoado. A partir daí Daniel empreende uma busca para saber e tentar entender tudo que aconteceu com Carax, já que o romance, – para o garoto– parecer ser muito mais do que está escrito, é algo pessoal, um relato de alguém em desespero. A Sombra do Vento tem doses sutis do sobrenatural, mais mistério e suspense. Ao final acabamos descobrindo que nada é o que parece.






Minha segunda experiência com Zafón, foi O Jogo do Anjo, mais uma narrativa impressionante, e Zafón resgate – mesmo que secundariamente – alguns personagens do outro livro. Excelente. E como sempre, mesmo que em uma história completamente diferente, lá está a característica perfeita de Zafón, o sobrenatural de forma sutil e verossímel, pois este se desfaz com explicações lógicas, porém  paradoxalmente nem sempre plausível

David Martín, nasceu em  Barcelona, no primeiro ano do século XX. Logo foi golpeado pela vida, seu pai morreu assassinado. Durante um bom tempo só viveu de perdas, o jeito para escrever apareceu muito cedo, porém nunca teve oportunidade; seu grande amor de sua vida, Cristina foi parar nos braços de seu grande amigo Pedro Vidal. 
Aos 28 anos vive sozinho e se descobre doente, é ai que entra em cena Andreas Corelli, um estrangeiro misterioso e editor de livros. Este faz uma proposta irrecusável a Martin e a partir deste momento muitas coisas estranhas e bizarras poderão acontecer.
O Jogo do Anjo é uma narrativa dinâmica e intensa, quando pensamos que está tudo resolvido surge uma situação inesperada. O final como  em todas as narrativas de Zafón, não é óbvio, nem muito menos improvável. Leitura imperdível.






Marina, foi sem sombra de dúvidas um dos melhores livros dele que li, entre todos acabou sendo meu preferido. Ele é fininho, e a história é linda, pois trata de uma história de amor entre adolescentes que acabam desvendando um grande mistério do passado de Barcelona. A história começa por conta do roubou de um relógio e o desenrolar dela é fascinante. Confira aqui a resenha que fiz algum tempo atrás:












Meu próximo objetivo é O Prisioneiro do Céu, ele é uma continuação de A Sombra do Vento, as críticas foram excelentes e estou ansiosa para lê-lo. 
Sinopse
Em Barcelona, 1957. Daniel Sempere e seu amigo Fermín, os heróis de  A sombra do vento, estão de volta à aventura para enfrentar o maior desafio de suas vidas.
Logo quando tudo começava a dar certo para eles, um personagem inquietante visita a livraria de Sempere e ameaça revelar um terrível segredo que permanecia enterrado há duas décadas no fundo da memória da cidade.
Ao descobrir a verdade, Daniel compreenderá que o destino o arrasta na direção de um confronto inevitável com a maior das sombras: aquela que cresce dentro dele.(...)




Bem espero que vocês se deixem levar pelo universo de Zafón e descobrir um contador de histórias maravilhoso e criativo.


9 comentários :

  1. adorei as capas no mesmo estilo de imagem

    ResponderExcluir
  2. Oi Verônica!!!
    Quando li A Sombra do Vento eu simplesmente fiquei APAIXONADA!!1 O autor entrou na mesma hora para a minha lista de favoritos e o livro para os melhores que já li. Depois quando li O Jogo do Anjo detestei tanto que fiquei frustrada. Acabei ficando meio traumatizada, ams decidi dar uma nova chance ao autor e quero muito ler O Prisioneiro do Céu.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nenhum livro do autor, e tenho muita vontade, ja dei de presente para uma amiga Marina, e depois que li sua apresentação fiquei com mais vontade de ler ainda!!!

    beijosss
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Verônica, que idéia legal!
    Eu acho que nunca li nada deste autor, mas os livros dele parecem ser bem interessantes. Bjus e sucesso com a nova coluna.
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  5. Menina, nunca li nada dele, mas já li críticas super elogiosas em relação ao seu trabalho, que me deixaram mais curiosa ainda. Na primeira oportunidade, coloco na minha estante. BJS e valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho muita vontade de ler a obra deste escritor, vejo tantos comentários positivos que estrou na minha lista de desejados!


    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca li nadinha dele,mas tanto se falou no lançamento de Marina que eu fiquei muito curiosa,é mais uma daquelas situações em que você escuta muito sobre um livro/autor,sabe que precisa ler,mas não tem tempo... apesar de que agora,depois de ler seu post vou tentar colocar este autor um pouco mais para cima na minha lista de prioridades.

    Muita coisa boa rolando no mundo literário e eu acho um pecado ficar de fora!!!

    bjss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li nenhum livro dele, mas todos me foram muito bem recomendados.
    Quem sabe nessa Bienal eu não me aventuro em conhecer seu trabalho?

    Bjs
    Bia

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique