Parceiros na Bienal - Editora Modo

terça-feira, 14 de agosto de 2012


Índios,
Ainda nossos parceiros na Bienal. Confira!

Adriana Vargas nascida em 27 de dezembro em Anápolis, Goiás, veio para Mato Grosso do sul ainda pequena. Começou a escrever desde que aprendeu a ler, pois seus pais compravam enciclopédias infantis ilustradas para incentivar seu gosto pela leitura, enquanto as crianças brincavam no quintal.
 Imaginava histórias que nunca viveu e as passava para o papel. Esses escritos, porém, eram escondidos debaixo do colchão. Ao serem revelados, venceu o seu primeiro concurso literário aos oito anos de idade, representando seu estado em nível nacional, o que lhe deu a segunda colocação no Concurso Mirim, realizado em 1978. Aos treze anos escreveu seu primeiro romance.
No ano de 2000 entrou para a Academia de Direito pela Universidade UCDB, sendo uma das alunas mais aplicadas do curso. Apaixonada por leitura filosófica, procurava por obras de autores como Platão e Hanna Arendt. Encantou-se com os Iluministas e as histórias das antigas civilizações. Participou de projetos, como o incentivo às cooperativas.(...)








Cristina Aguiar nascida em Fortaleza, no Ceará, licenciada em História, a autora, Cristina Aguiar, escreve desde criança. Suas primeiras tentativas consistiam em tentar recriar diálogos de filmes que gostava. Depois, passou a criar histórias próprias tentando dar continuidade a esses filmes. Aos dezessete anos já se aventurava a fazer esboços na procura de uma história ideal. Acumulou vários cadernos com fragmentos de textos que nunca foram para frente. Viajantes foi o primeiro livro que conseguiu terminar, mas acabou encostando-o na gaveta, apesar da opinião favorável daqueles que o leram. Aconteceu o mesmo com A Tenda Peregrina, um romance juvenil sobre um grupo de jovens arqueólogos que parte em busca de um artefato bíblico. Quanto ao livro A Profecia de Hedhen, foi um sonho realizado. Ele é a soma de várias experiências que deram certo e o início de uma saga cujo terceiro volume já está sendo escrito.







Gislene Vieira de Lima começou a escrever A Princesa com Olhos de Gato em 1995, durante o penúltimo ano da faculdade de Pedagogia por conta de um sonho onde via a personagem em um vasto deserto de água sendo atacada por estranhas criaturas negras tendo por única testemunha uma única e silenciosa torre. Interessada em folclore, história e filosofia ingressou na rede pública onde lecionou História. Neste período refinou a história acrescentando elementos verídicos retirados do cotidiano do universo medieval. Paralelamente à função de educadora desenvolveu desde cedo oficinas ligadas à arte, em especial o desenho animado e as histórias em quadrinhos na região do ABC Paulista. Com o advento da informática, acabou por se apropriar de várias ferramentas de computação gráfica, passando a trabalhar também com o desenho animado e a fotografia digital. Em 1999 ingressa em uma editora especializada em material didático onde aprimora sua prática na área multimídia, tendo no período feito o curso de Arte e Design na Escola Panamericana de Artes.(...)


























Simone O. Marques, nascida em 1969, é paulistana, formada em Pedagogia (PUC-SP) e Mestre em Educação (UFPR). Escreve desde 2007. Autora dos livros que compõem a Saga Paganus (Paganus, Triskle, Tribo de Dana e Era de Aquário). Também é autora dass série de aventura fantástica: Crônicas do Reino do Portal e Marina e os tesouros da Tribo de Dana. Possui contos publicados nas antologias: Draculea, Grimoire dos Vampiros, Elas Escrevem, Marcas na Parede, No mundo dos Cavaleiros e Dragões, Tratado Secreto da Magia, Extraneus-volume I- Medieval Sci-Fi (convidada); Histórias Fantásticas-volume I (prefaciadora e autora convidada), Asgard: a saga dos nove reinos(convidada); Espectra (prefaciadora e autora convidada); Martelo das Bruxas (prefaciadora); A Batalha dos Deuses (convidada).

Eu jamais imaginava escrever ficção e amar tanto fazê-lo. Sempre gostei de escrever, mas antes eram textos acadêmicos, historietas para as aulas de didática que lecionei durante anos. Só comecei a escrever em 2007 e, por mais clichê que possa parecer, o ímpeto inicial surgiu logo depois de um sonho. Eu resolvi escrever o que me lembrava, isso me levou a pesquisas e a história foi crescendo como uma árvore bem adubada. No final desse processo, no prazo de oito meses, havia quatro livros escritos, mais dois começados e alguns contos.

6 comentários :

  1. estrei amanhã na Bienal. Depis conto o que achei.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu não vou, mas desejo muito sucesso a todas!
    Vlw as dicas. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  3. A Bienal está uma maravilha, final de semana estarei lá outra vez.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Esse ano não deu para encontrar com esse povo maravilhoso na Bienal. Grana curta e tempo foram decisivos! Quem sabe na próxima bienal de Sampa eu não de o ar da minha graça... BJS!

    ResponderExcluir
  5. Como eu queria estar na Bienal com todas elas....

    bjss

    Bianca
    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique