A Culpa é das Estrelas

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

The Fault in Our Stars
Jonh Green
Editora Intrínseca

Tradução:  Renata Pettengill
ISBN: 9788580572261
Ano: 2012
Páginas:288


Sinopse
Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante – o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos – , o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.


Resenha por Ver Sobreira

O que fazer contra a inevitabilidade de uma situação? Quando seu mundo é virado do avesso e o que você mais quer é ficar parado, estático, não sentir e não pensar para ver se tudo passa? Um câncer terminal é uma coisa triste em qualquer idade, porém quando ele ocorre num momento da vida  em que tudo que se mais quer é viver, viver, experimentar, sentir, errar..., então você precisa encontrar um caminho não para ultrapassá-lo, – porque com está posto ele é terminante, decisivo –, e sim conviver e tentar viver.

 A Culpa é das Estrelas é a história de Hazel Grace e Augustus, dois adolescentes diagnosticados com câncer. Ela, uma paciente terminal em um estágio estacionado, porém sofre graves efeitos colaterais da medicação; ele em estágio SEC(mais ou menos dizer – sem evidência de câncer), após ter tido um osteossarcoma e amputado uma das pernas. Parece uma daquelas histórias que você começará a ler e não vai parar de chorar, mas – graças a Deus,rsrsr... – não é nada disso. É verdade, é uma narrativa sensível, do tipo que faz você pensar na fragilidade da vida, porém  John Green – em minha opinião – provou que mesmo que se trate de uma história com um fim óbvio, com certeza inevitável, há aqui algo muito mais interessante de que só lamentar.

 Hazel tem quase dezessete,  aos treze anos foi diagnosticada com um câncer de tireoide em estágio IV, um câncer terminal, que já poderia tê-la matado, mas graças a um novo medicamento sua vida vai caminhando, infelizmente não sem efeitos colaterais. Ela frequenta um grupo de apoio, porquê sua mãe crê que ela precisa se socializar, já que há três anos ela saiu da escola e terminou os estudos em casa e também porque ela praticamente não tem amigos. Justamente no dia em que ela estava mais desanimada para ir, ela vai e conhece Augustus, que foi a pedido de seu amigo, Isaac. Deste encontro nascem coisas incomuns, uma amizade, um amor.

(...) Contei ao Augustus a versão resumida do meu milagre: diagnosticada com câncer de tireoide em estágio IV aos treze anos. ( Não contei que o diagnóstico veio três meses depois da minha primeira menstruação. Tipo: Parabéns! Você já é uma mulher. Agora morra. E, foi o que nos disseram, era incurável. (...)

O que se pode dizer de A Culpa é das Estrelas, é um livro lindo, triste, alegre, deprimente, inspirador, em suma totalmente paradoxal. Como entender isso? Já que a narrativa não chafurdou na dor das personagens, e sim,  nos presenteia com a maneira de como eles encaram esta situação. Hazel, por exemplo, quando percebe que Augustus, está apaixonado por ela, no primeiro momento quer fugir, ela diz ser uma granada, pronta para explodir. Ela quer evitar mais dores, já basta os pais. Porém em nenhum momento, Augustus se intimida e chega a dizer-lhe que adoraria ter o coração partido por ela.

Então Green, vai nos apresentando de forma gradativa e delicada a relação destes dois, que apesar da condição em que se encontram, constroem um relacionamento mais sólido em pouco tempo, de que muitos em anos. Há um fato bem interessante que irá uni-los ainda mais, Hazel cita um livro chamado "Uma aflição imperial", ela ama a história deste livro e acaba fazendo Augustus lê-lo. Os dois terminam por conjecturar sobre várias hipóteses deste livro e Augustus decide entrar em contato com o autor da obra e por conta disso os dois irão a Amsterdã, onde viverão uma experiência inesquecível. Em um futuro próximo, será nestes momentos em que eles descobrirão que a vida é simplesmente para ser vivida a cada momento, a cada hora.

Em suma, quanto mais falar será insuficiente  para descrever esta narrativa.  Poderia escrever sobre vários aspectos apresentados neste história e ainda teria que falar. Se você costuma se emocionar com as histórias dos livros que lê, leia este livro; se você não tem medo de encarar tristeza permanente e alegrias esporádicas, leia este livro e por fim se você quer ler um livro despretensioso que apesar de ser ficção, poderia bem ser a história de duas vidas que uma doença coloca em perfeita sintonia, leia  A Culpa é das Estrelas, pois sem sombra de dúvidas este é seu livro. Recomendo.

23 comentários :

  1. Que linda história. Excelente resenha!
    Obrigada por compartilhar!
    Desejo que tenha um bom fds.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser lindo, mas estou querendo ficar um pouco afastada de livros que me façam chorar.
    Vou colocar na lista, mas esperar um pouquinho para ler!

    Bjs
    Bia

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler esse livro. Adoro livro assim que a gente chora um monte. Ele me lembrou muito o filme Uma prova de amor.

    ResponderExcluir
  4. quero muito este livro, ja li coisas lindas sobre ele que fazem meu coração bater mais forte principalmente se tratando de um tema que praticamente nunca li rsrs
    tenho certeza que vou chorar e ri com este livro rs

    ResponderExcluir
  5. O livro deve ser lindo e me fez lembrar do filme Uma Prova de Amor,que conta a historia de uma adolescente com câncer,acho que o livro pode até não me fazer chorar durante a leitura toda,mas parece ser tocante.

    Adorei a resenha Ver ... agora preciso ler o livro...

    bjss

    Bianca

    www.apaixonadasporlivros.com.br

    ResponderExcluir
  6. A história do livro parece ser linda Verônica...
    Eu não curto muito este tipo de leitura, mas fiquei tocada por sua resenha e de repente até resolve conferir o livro.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  7. Parece ser um excelente livro, e bem tocante também.
    É uma proposta arriscada, pois nos traz uma realidade bem difícil de encarar,mas você falou se tantos pontos positivos que me deu muita vontade de ler.


    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Meu deus que resenha é essa.... cativante e emocionante, agora eu quero ler o livro... mais não posso comprar mais nada Ve...
    Vou torcer pra ganhar na promo...

    Linda resenha, palavras muito bem escolhidas ^^

    beijos
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Outro livro super bem comentado na blogsfera. Amei a sua resenha, mas estou com o bolso totalmente vazio... kkkkkkkkkkkkkk
    Por favor, não capriche tanto assim nas proximas, porque se não, a amiga aqui vai a falência...
    BJS!

    ResponderExcluir
  10. Eu quero tanto ler, que eu penso tanto antes de dormir que eu até sonhei que tinha *_*

    ResponderExcluir
  11. Muito interessante. Fiquei com vontade de ler

    ResponderExcluir
  12. Esse livro tem dado o que falar. Estou muito curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  13. Eu também mega recomendo esse livro, concordo em tudo na resenha. Ele é triste, mas ao mesmo tempo é alegre! Como John Green fez isso? Esse livro é daqueles que da vontade de passar a tarde inteira lendo e assim que terminar dá vontade de reler imediatamente. Esse livro também dá vontade de sair indicando e forçando cada pessoa que conhecemos a lê-lo. Eu quero fazer isso, mas no meu livro ninguém encosta (já tive péssimas experiências ao emprestar livros). Pretendo comprar outro ou quem sabe ganhar em uma promoção (como a daqui) para poder emprestar para os amigos. Assim eles podem devolver do jeito que quiserem, não vou me importar.
    Ótima resenha, Verônica.

    ResponderExcluir
  14. História envolvente, bem escrita, meu tipo de leitura predileto, vou conferir com certeza.

    ResponderExcluir
  15. Pela sinopse a história parece muito intensa e tocante,a resenha só me deixou com mais vontade de ler.Acho que vou me emocionar horrores com esse livro!!

    http://livrosobaluzdalua.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Adoro esse livro a história é linda ^^ estou louca para ter ele!
    Adorei o blog :)

    ResponderExcluir
  17. Muito apaixonada por esse livro, e essa resenha só me deu ainda mais vontade de prová-lo! Pelo que venho lendo na mídia, esse livro promete!
    parabéns pela resenha e pelo blog! beijoos

    ResponderExcluir
  18. Emprestei da minha amiga e devorei o livro em um dia, é incrível.

    ResponderExcluir
  19. Adorei a resenha!!
    estou super curiosa para ler esse livro que está todo mundo falando maravilhas!!

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir
  20. Ouvi tanto minha prima falar desse livro que já estou louca pra ler. Resenha mto boa!

    ResponderExcluir
  21. AAAAAAAAAAAAAAH (gritos)
    Como eu desejo esse livro. Tá no topo da minha lista.
    A história parece ser emocionante.

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique