Memórias de um vendedor de mulheres

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Appunti di un venditore di donne
Giogio Faletti
Editora Intrínseca

Tradução: Marcelo Lino
ISBN: 9788580571714
Ano: 2012
Páginas: 288



Sinopse
1978. Enquanto a itália vive os dramáticos dias do sequestro do seu ex-primeiro ministro Aldo Moro, Milão, esgotada pelos confrontos políticos e ameaçadas pela criminalidade, prepara-se para se entregar aos prazeres excessivos dos anos 1980. Para a rica sociedade milanesa, que passa verões em Santa Margherita e Paraggi, as diversões se tornam cadavez mais extremas, em um clima de fim de império.
É nesse ambiente – entre restaurantes de luxo, discotecas, cassinos clandestinos e cabarés nos quais desponta uma nova geração de comediantes – que são conduzidos os negócios de um homem enigmático, fascinante e que se tornou cínico devido a uma mutilação resultante de uma insolência. todos o conhece como Bravo. Ele trabalha com mulheres. Vendendo-as. Sua existência é uma longa noite em claro partilhada com desesperados, como o amigo Daytono. O único ser humano com quem ele parece ter uma relação normal é Lúcio, seu vizinho cego. Em comum, eles têm a paixão pelos criptogramas.(...)

Resenha por Ver Sobreira

Índios, como prometi no início da semana a resenha de Memórias de um vendedor de mulheres, não percam a oportunidade de lê-lo. Chocante e imprevisível.

Desde do livro Eu mato também publicado pela Editora Intrínseca, que venho acompanhando Giogio Faletti, apesar de não ter lido este livro, li algumas informações sobre este escritor. Como surgiu a oportunidade de ler Memórias de um vendedor de mulheres aproveitei. Faletti é um escritor que descreve minunciosamente seus personagens. Ele tenta localizá-los em seu cotidiano, no modo de vida e de condução de suas vidas. O protagonista deste livro, Bravo, é um dos tipos que adoro. Sarcástico, metódico, controlado, ele tenta se fazer indiferente a tudo que ocorre à sua volta, porém ao longo da narrativa quando o autor vai nos revelando cada pedacinho da sua história, descobrimos outras facetas da personagem.

EU ME CHAMO BRAVO E NÃO tenho pau.
Essa poderia ser minha apresentação. O fato de eu andar por aí com um apelido, e não com um nome de verdade, não significa nada.(...)

Esta afirmação de Bravo, não é de todo verdade, pois acabamos decobrindo o  porquê, não vou fazer spoiler. Bravo é inteligente, perspicaz e sagaz. O negócio com as mulheres é porque ele sabe negociar, simples fato, como ele mesmo se expressa. A história que tem como pano de fundo uma Itália em momentos de transformações radicais, também nos revela um pouco da sociedade decadente e frívola daquele momento. A máfia caminha livremente fazendo seus negócios, na cara da polícia. A corrupção, os assassinatos, todo tipo de crime acontece sem grandes alardes, porém o glamour do próprio país não é deixado de lado por Faletti.

Bravo em suas relações tenta ser o mais econômico possível. Tem um "amigo" Daytona, porém suas relações nem sempre são bilaterais; há também Lúcio seu vizinho cego, talvez este sim seja seu verdadeiro amigo, pois conhece e compreende Bravo melhor que ninguém. Sua vida sofre uma mudança drástica quando conhece Carla, uma jovem faxineira, que está que cansada de ser pobre e miserável. Numa noite, em uma aposta com Daytona, Bravo consegue que ela sai com o amigo, mesmo ela não sendo naquele momento uma das "meninas" dele. Pouco tempo depois, Carla volta a procurá-lo e se coloca nas mãos de Bravo. A partir daí ela passa a desperta, coisas que ele julgava nunca mais senti, e  tudo vira de cabeça para baixo.



(...) Levanto e me viro.
Quando a vejo, penso que, antes de ter saído do salão, eu deveria ter me despedido de Carla para sempre, já que nunca mais a veria. À minha frente, está  uma pessoa nova, tão luminosa a ponto de esmorecer as luzes que o decorador distribuiu profusamente pelo salão (...)


Carla sabe o que quer, apesar de também saber que é um caminho árduo de uma certa forma, mas ela se aproxima de Bravo de uma forma muito diferente das outras meninas. Isso mexe com as certezas dele sobre a sua própria vida. Muitos acontecimentos pontuam esta narrativa, que digo ser estimulante e contraditória. A história vai colocar os personagens diante de escolhas e dilemas e muitas vezes eles se verão perdidos precisando de um porto seguro. Bravo que até então só contava com ele mesmo, vai ser surpreendido pela força interior de Carla, que tem uma determinação sobre os acontecimentos à sua volta.

Narrado em primeira pessoa é muito interessante, observar as  divagações de Bravo sobre as pessoas e suas atitudes. E também é curioso notar como um personagem que começa a história desprovido de qualquer sentimento aparente, acaba sendo envolvido por emoções avassaladoras. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique