O Último Lobisomem

sexta-feira, 18 de maio de 2012

The Last Werewolf
Glen Duncan
Editora Record
Tradução: Marcelo Schild
ISBN: 9788502092359
Ano: 2012
Páginas: 334

Sinopse
Uma última lua cheia – então, tudo terminará. 

Jake Marlowe é um lobisomen. Lobisomens existem, mas a maldiçao - o vírus que infecta os humanos e os transforma em lobo – está extinta. Jake é o último de sua espécie. Ele perdeu a vontade de viver, de lidar com seus fantasmas, de ouvir as vozes daqueles que matou para aplacar suas necessidade. Não há Deus ou Inferno, só a existência, a luta para sobreviver. E há, é claro, a fome do lobo que vive em seu interior e que o domina. Durante duzentos anos, Jake vagou pelo mundo, escravizado pelo poder arrebatador da lua e atormentado pela memória de seu primeiro e mais monstruoso crime. Agora,  ele se tornou a presa de um grupo de caçadores de seres sobrenaturais. Sua morte virá em breve. E ele deseja isso, pois sabe que não pode mais seguir em frente.
Mas enquanto Jake aguarda o fim, sua última lua cheia, um assassinato violento e um encontro extraordinãrio fazem-no retomar sua busca desesperada pela vida – e, para sua surpresa, pelo amor.

 Resenha por Ver Sobreira

O lobisomem fez várias aparições na literatura já no século XIV, mas não foi senão no século XIX que a aparição de três romances de lobisomens injetaram a criatura na consciência pública. Hughes the Wer-Wolf, de Sutherland Menzies foi, como Varney the Vampyre, publicado como um seriado semanal durante a década de 1850. Em 1857, foram publicados The Wolf-Leader e Wagner the wehrwolf, de George W. M. Reynold (outro seriado semanal). Este último é geralmente visto como a fonte da moderna literatura sobre lobisomens. Diversos contos e romances foram publicados nos oitenta anos seguintes, mas atraíram pouca atenção até a publicação de The Werewolf of Paris, de Guy Endore, em 1934.1

O inglês Glen Duncan nos apresenta em O último lobisomem, um ser atormentado pelo pior de seus crimes, que aplaca sua fome matando e devorando suas vítimas, mas nunca as transformando num igual. Duncan resgata a essência animal, violenta e furiosa deste ser mítico. Este livro é uma mistura com doses equilibradas de terror, romance e aventura.

Jake Marlowe já viveu mais de duzentos anos, e agora segundo as expectativas dele, é o fim. Monitorado  por uma agência especial, a WOCOP, aguarda sua última lua cheia para ser caçado e morto. Porém um amigo de décadas, Harley, que ele salvou quando este ainda era jovem o impede. Harley ao longo dos anos, sempre delatou os passos da agência para manter Jake a salvo. Mas, Jake não quer mais viver e ao longo da história descobre que há um grupo muito especial que quer mantê-lo vivo, pois as propriedades do sangue de Jake podem ser a solução para uma busca de séculos.

O último lobisomem retoma a essência mais pura deste ser. Jake não escolheu ser um lobisomem, foi o que diríamos, um terrível acidente de percurso, que custo de uma certa forma sua vida e da pessoa que ele amava. Duncan cria uma personagem forte, de grande personalidade, porém extremamente sarcástico que não se abateu diante de uma situação inevitável. Devorar ou morrer, não havia solução. A decisão pela morte acontece, não por ele ser um assassino confesso para ele mesmo, e sim porquê não suportar mais viver sem um propósito. Sendo o último, o que mais resta?

Ao longo da narrativa, em primeira pessoa, observamos Jake discorrer sobre a hipocrisia da sociedade atual. Pensando sobre a opção de Duncan ao uso da primeira pessoa, – já que os autores ingleses em geral não fazem esta opção –, é possível imaginar que o autor queira uma participação efetiva do leitor nos dilemas da personagem. Jake que acumulou muito dinheiro ao longo de sua existência, o utiliza para ajudar sociedades filantrópicas e as famílias de suas vítimas. Fato curioso e irônico. Glen Duncan não perde tempo em transformar seu personagem em um crítico feroz da sociedade britânica e da hipocrisia mundial.

Narrativa bem construída, tanto crítica bem como textualmente, pois Duncan usa de todas as características da literatura sombria, com um toque especial das melhores histórias de aventura e de romance. Utiliza-se dos parâmetros da literatura para justificar o mundo e a pessoas. O final da narrativa é um daqueles bem inusitado, não seria interessante comentá-lo aqui, pois acabaria com toda a surpresa  que possibilita chegar até ele; de forma que não nos sintamos de uma certa forma traídos por Glen Duncan. Por isso a recomendação é : leiam!

(...) algo mais estava acontecendo. ( Não importa o que esteja acontecendo, como observou a finada Susan Sontag, sempre há algo mais acontecendo. O trabalho da literatura é honrar isso. Não é de surpreender que as pessoas leiam (...) (O número dessas outras coisas é infinito, o inferno com o qual a literatura se depara todos os dias (...)pg.186

Sangrento, excitante, erótico, complexo e estimulante. O último lobisomen, não é para os fracos. Você se apaixonará por Jake Marlowe.

Fiquem ligados, pois um outro livro de Glen Duncan I, Lucifer(2002), ainda não publicado no Brasil teve os direitos comprados para o cinema e estão sendo cogitados para o papel principal: Ewan Mcgregor, Jason Brescia, Jude Law, Vin Diesel e Daniel Craig.

Obrigado a Editora Record por esta cortesia inusitada.

1-http://www.mortesubita.org/monstruario/bestiario/lobisomem/textos-lobisomem/lobisomens-na-literatura

6 comentários :

  1. gostei e nao gostei do livro gostei muito gostei do modo como o personagem principal narra a sociedade e o mundo mas o final do livro me deixou um pouco chateada poi ele acaba com uma personagem sem participacao nenhuma praticamente sem carisma nem nada que apareceu quase no fim do livro nao acrescentando muita coisa e pelo que vi na proxima continuacao ela sera o personagem principal e nao tenho serteza se irei ler a continuacao!

    ResponderExcluir
  2. OI Vê, obrigado pela ajuda sobre o livro. Já coloquei na minha lista de desejados, pois a sinopse + a sua resenha me deixaram com muita vontade de conferir o livro. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  3. gostei demaissss, me inspiraria muito a terminar meu livro ler esse ai

    ResponderExcluir
  4. Humm personagem sarcastico, já gostei..
    Esse livro tem tudo que eu gosto,
    lobsomen, romance, fantasia, é sombrio..
    Quero muito ler, adoraria ter a oportunidade..

    beijos Mila

    ResponderExcluir
  5. Pela resenha o personagem parece realmente marcante: sarcástico, firme e objetivo. Gostei disso, e tbm de ser recheados de críticas.

    ResponderExcluir
  6. Pelo visto não é uma simples história sobrenatural. Parece uma história mais densa, mais profunda, com muitas reflexões. Gostei disso e fiquei com bastante vontade de conhecer mais a história e essa narração em primeira pessoa.

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

Tribo Apoia

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Clique