A Visita Cruel do Tempo

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012


A Visit from the goon squad
Jennifer Egan
Editora Intrínseca

Tradução: Fernanda Abreu
ISBN: 9788580571295
Ano: 2011
Páginas: 336

Sinopse:

Bennie Salazar é um executivo da indústria musical. Ex-integrante de uma banda de punk, ele foi o responsável pela descoberta e pelo sucesso dos Conduits, cujo guitarrista, Bosco, fazia com que Iggy Pop parecesse tranquilo no palco. Jules Jones é um repórter de celebridades preso por atacar uma atriz durante uma entrevista e vê na última — e suicida — turnê de Bosco a oportunidade de reerguer a própria carreira. Jules é irmão de Stephanie, casada com Bennie, que teve como mentor Lou, um produtor musical viciado em cocaína e em garotinhas. Sasha é a assistente cleptomaníaca de Bennie, e seu passado desregrado e seu futuro estruturado parecem tão desconexos quanto as tramas dos muitos personagens que compõem esta história sobre música, sobrevivência e a suscetibilidade humana sob as garras do tempo.

Resenha por Lean Lioncourt: 
"O melhor livro que você terá nas mãos" - Los Angeles Times

Não duvidarei.

É realmente uma brilhante obra Cult da autora que conseguiu unir política e sociologia numa epopeia humana moderna. É intenso, proliferativo, ambíguo na dose certa (diria até plural) e avant-garde na medida. Usando de figuras de linguagem concernentes, ora em primeira pessoa ora em terceira, juntando ainda a isso tudo pensamentos que narram toda a consequência, Egan destacou momentos individuais da vida de algumas pessoas - seus personagens -, indiferentemente às suas condições morais ou afins e que lhe rendeu ótimas críticas.

É como um diário de várias pessoas, escrito de sua forma pessoal e interligado em diversos pontos.

A história central baseia-se num produtor musical de meia-idade, especialista em novos gênios e que carrega sua bagagem ativista para onde quer que vá. Frustrado e no fim, considerado inútil, suas perspectivas mudam ao decorrer do enredo. Não se trata de uma novela, já deixo-os avisado, é realmente pular de uma extremidade à outra em cada capítulo, pensando em termos cognitivos, claro. A cada marcação existe também um clímax que, como já dito, é a forma de interconectar as histórias.

De uma forma sutil, pareceu-me que a própria autora expôs vários de seus pensamentos afluentes em sua obra - claro, é de se esperar - porém o fez tão apoiada na fólea coletiva que realmente pareceu que seus anseios são, necessariamente, os de toda uma sociedade. É uma crítica, evidentemente, mas nem por isso deixou de ser ousada, criativa, fundamentada e até cômica. Num linguajar corriqueiro, ela mantém os personagens em constâncias e simultâneo, adequa a situação ao caractere principal ao ato. Talvez sua própria forma de expressão seja evidenciar os erros alheios como feito no livro, quase como uma transgressão ou, simplificando, como se ela perpassasse suas falhas à obra. Longe de mim afirmar isso, mas que o toque seja dado.

Passando por cenas comuns em meios comuns, individuais, chega-se à concepção que é destacada: sempre haverá um esplendoroso "The End" no final do filme. Todas as frustrações farão sentido e o trabalho árduo nem sempre compensado. Além de querer mostrar que o tempo pode ser carrasco, ela tentou mostrar que cabe a cada um uma decisão. Nem sempre irrevogável, mas, desde que seja fiel.

Enfim, é uma obra recomendada a quem gosta de críticas sociais bem elaboradas, interações humanas conturbadas e aquele desejo sádico de saber que outras pessoas passam tanto ou mais situações ruins na vida quanto nós, aos adoradores de obras Cult-pop-socialistas-anarquistas e aos produtores musicais, secretárias, músicos, mães de família. Enfim, toda uma classe pensadora.



Vencedor do Pulitzer de Ficção 2011 
Vencedor do National Book Critics Award 
Vencedor do Los Angeles Times Book Prize 
Vencedor do Tournament of Books 

"Provocante... um livro inovador... Expõe o supremo virtuosismo de Jennifer Egan." 
The New York Times 

"Realmente mágico. A visita cruel do tempo é um clássico da ficção norte-americana." 
Time 

"Um feito de apuro técnico e carinhosa empatia. Um testemunho do poder redentor da emoção crua em uma era de sons sintéticos e manifestações artificiais." 
The Washington Post 

"Um romance inacreditavelmente emocionante. Divertido, triste e inteligente." 
The Guardian 

"Selvagemente ambicioso. Um tour de force. A música funciona tanto como sujeito quando como metáfora à medida que Egan explora a mutabilidade do tempo, o destino e a responsabilidade individual na pós-tecnologia." 
O, The Oprah Magazine

15 comentários :

  1. Gostei muito, já estou participando! o/

    ResponderExcluir
  2. Nunca tinha reparado nesse livro. Gostei da história descrita na resenha, gosto de livros assim. Acho que até meu namorado pode gostar. hahaha

    ResponderExcluir
  3. Bom, se esta é uma obra recomendada a quem gosta de críticas sociais bem elaboradas, é perfeita para mim!
    rsss

    ResponderExcluir
  4. Maria Catharina de Paula5 de março de 2012 14:49

    Já estou com os dedos cruzados, aguardando o sorteio!

    ResponderExcluir
  5. stefania santiago5 de março de 2012 14:57

    Já separei um lugar na minha mesinha de cabeceira para o livro!

    ResponderExcluir
  6. Eu já tinha ouvido falar deste livro, e depois de ler a resenha gostaria de saber mais. Participando

    ResponderExcluir
  7. Ah, tá... Um diário de várias pessoas. Agora eu entendi porque fizeram minha cabeça rodar colocando tantos nomes na sinopse! rs...

    Adoro livros intensos! Acho que vou gostar desse.

    Ju
    entrepalcoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Esse livro já está na minha lista de desejados, desde que eu vi os prêmios que ele recebeu. Um livro tão premiado assim deve ser muito bom. Estou super ansiosa para ler.

    ResponderExcluir
  9. Quero muito esse livro!! Tenho uma amiga que está apaixonada por sua história, e acabou me perturbando tanto com ele, que o mesmo aconteceu comigo.
    Adoro filmes interligados... livros então! :)
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  10. gostei da resenha, quem sabe não dou sorte e sou sorteada pra ganhar ele

    ResponderExcluir
  11. Fiquei curiosa para ler o livro!! Espero ganhar :)

    ResponderExcluir
  12. O livro me pareceu interessante, resta eu ler para saber não é mesmo

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique