Pandora - DL 2012

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Pandora
Anne Rice
Editora Rocco

Tradução: Adalgisa Campos da Silva
ISBN: 8532509428
Ano: 1998
Páginas: 208

Sinopse:
 O narrador deste romance é o vampiro David Talbot. A história começa no século XXI, tendo como cenário um lotado café parisiense. Lá a belíssima jovem Pandora - de pele de porcelana, olhos topázio e de inteligência incomum - é convidada por David e escrever sua história. Ela nos leva a viajar no tempo e relata, relutante a princípio e depois com incrível paixão, uma vida de mais de 2.000 anos.

Pandora volta à pré-adolescência, quando era uma simples mortal, filha de um rico senador do Império Romano. Nesta época, no palácio de seu pai, ela conhece e se apaixona pelo ainda mortal e extremamente charmoso Marius, numa Roma atemorizada, dominada por César e cercada de conspiradores e assassinos interessados em tomar a cidade.

Vinte anos depois, Pandora foge de Roma e passa a ter sonhos freqüentes com sangue jorrando. Busca um padre para esclarecer seus pesadelos. Numa nova cidade, encontra com Marius, o já poderoso e carismático vampiro. Juntos passam a viver um grande e turbulento amor. Durante séculos, numa intensa batalha entre razão e paixão, os dois travam um declarado e doloroso duelo, até se separarem tragicamente.

Resenha por Thales Ferreira

Pandora é o primeiro livro das Novas Crônicas Vampirescas, começada com Entrevista com o Vampiro em 1976. Neste, como um recomeço, não segue a cronologia. Desta vez, escrito de forma auto-biográfica pela própria vampiresa, ao encontrar-se em um pub com o costumeiro narrador do mundo vampírico, David Talbot, porém já sendo conhecida por sua partipação nas primeiras Crônicas.

A obra conta como, em sua vida humana na Roma antiga, já era independente e poderosa e por motivos políticos teve toda a sua familia assassinada, precisando então fugir para sobreviver. O que a liga à Nosferatia: Marius de Romanus a conheceu assim, humana, gerando entre os dois uma necessidade verdadeira e tendo ele buscado sua companhia após o incidente, tornando-a vampiresa e cuidando dela como uma filha e esposa durante os longos anos em que precisaram viver, mudar, levando consigo "Aqueles que devem ser mantidos" - Akasha e Enkil, os deuses - e descobrindo um mundo novo em suas viagens, um mundo evoluindo com base no que conheceram antes.

Criada e abandonada após inúmeras adversidades, Marius e Pandora se encontram novamente num mundo moderno. Ela com um novo protegido e tendo experiências relevantes na Índia, ele com suas experiências conhecidas nas primeiras Crônicas. Dois Filhos do Milênio, novamente juntos compartilhando seu amor.

Como literata, Rice segue suas figuras de linguagem e tecnicidade, sem acrescentar itens, mantendo a concepção da Nosferatia conhecida. Diz-se que Pandora - muito além de Lestat - tornou-se seu alter-ego recente, após tudo o que passou, na figura da mulher forte e independente.

Em suma, recomendado. Após Pandora, Vitorio - O Vampiro foi lançado e as Novas Crônicas esquecidas, dando lugar às Canções do Serafim - Tempo dos Anjos e De amor e maldade. Logo, Pandora torna-se um clássico que merecidamente precisa ser lido e apreciado.



Concurso de Banner

Índios,
Várias pessoas nos questionaram perguntando se só quem tinha blog podia participar. Então, pensamos e resolvemos, ai está.


Você não tem um blog, mas quer apoiar esta iniciativa e concorrer a prêmios?
Basta você se inscrever e mandar o seu banner para nós. Disponibilizaremos um espaço para quem quer apoiar, mas não tem um blog.
Inscrições prorrogadas até 20.03.2012. Não perca essa, às regras são as mesmas para todos.


Clube dos Novos Autores apoie essa ideia. Agora com a colaboração, apoio e lançamento de títulos pela Modo Editora.

Bibliotecas mais inspiradoras do mundo!

O site Flavorwire fez uma seleção das 25 bibliotecas mais bonitas e recheadas do mundo. Quem é maníaco por leitura certamente não pode perder a oportunidade de conferir ao menos uma dessas maravilhosas bibliotecas pessoalmente. Não somente pela beleza, mas por detrás de cada uma dessas bibliotecas, existem verdadeiras preciosidades da literatura mundial. Esses lugares inspiram e exalam o aroma da boa literatura, possuem a iluminação ideal, prateleiras organizadas e um catálogo de livros impressionante.

Fica a dica para quem quer começar a planejar a viagem das próximas férias. Confiram algumas fotos (coloquei as dez primeiras colocadas):

1.Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra, Portugal


A Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra divide-se em dois edifícios, sendo a Biblioteca Joanina, construída no século 18, considerada monumento nacional português por sua riqueza arquitetônica e decorativa.


2.Beinecke Rare Book and Manuscript Library, Yale University, New Haven, Estados Unidos


Inteiramente dedicada a manuscritos e livros raros, a Beinecke, da universidade de Yale, foi construída em 1963, de acordo com projeto de Gordon Bunshaft, do escritório Skidmore, Owings and Merrill – SOM. É a maior biblioteca do gênero no mundo.


 3.Antigua Librería da Universidad de Salamanca, Espanha

 
Com aproximadamente 906 mil títulos, em sua maioria manuscritos em pergaminho e livros raros, a biblioteca começou a ser construída em 1411, dentro daquela que é a universidade mais antiga da Espanha e uma das mais antigas da Europa.


4.The Trinity College Library, Dublin, Irlanda
 

Conhecida como “The Long Room”, ou salão longo, sua construção data de 1592. A maior biblioteca da Irlanda, ela conta com nada menos do que 5 milhões de volumes em seu acervo.

A Visita Cruel do Tempo


A Visit from the goon squad
Jennifer Egan
Editora Intrínseca

Tradução: Fernanda Abreu
ISBN: 9788580571295
Ano: 2011
Páginas: 336

Sinopse:

Bennie Salazar é um executivo da indústria musical. Ex-integrante de uma banda de punk, ele foi o responsável pela descoberta e pelo sucesso dos Conduits, cujo guitarrista, Bosco, fazia com que Iggy Pop parecesse tranquilo no palco. Jules Jones é um repórter de celebridades preso por atacar uma atriz durante uma entrevista e vê na última — e suicida — turnê de Bosco a oportunidade de reerguer a própria carreira. Jules é irmão de Stephanie, casada com Bennie, que teve como mentor Lou, um produtor musical viciado em cocaína e em garotinhas. Sasha é a assistente cleptomaníaca de Bennie, e seu passado desregrado e seu futuro estruturado parecem tão desconexos quanto as tramas dos muitos personagens que compõem esta história sobre música, sobrevivência e a suscetibilidade humana sob as garras do tempo.

Resenha por Lean Lioncourt: 
"O melhor livro que você terá nas mãos" - Los Angeles Times

Não duvidarei.

É realmente uma brilhante obra Cult da autora que conseguiu unir política e sociologia numa epopeia humana moderna. É intenso, proliferativo, ambíguo na dose certa (diria até plural) e avant-garde na medida. Usando de figuras de linguagem concernentes, ora em primeira pessoa ora em terceira, juntando ainda a isso tudo pensamentos que narram toda a consequência, Egan destacou momentos individuais da vida de algumas pessoas - seus personagens -, indiferentemente às suas condições morais ou afins e que lhe rendeu ótimas críticas.

É como um diário de várias pessoas, escrito de sua forma pessoal e interligado em diversos pontos.

Editora Dracaena - Eventos


A Editora Dracaena anuncia eventos de lançamentos de dois importantes títulos:


Contos de Meigan – A fúria dos Cártagos

COMPRE AGORA COM FRETE GRÁTIS:  Editora Dracaena

Segredos de um vampiro - Revelações


COMPRE AGORA COM FRETE GRÁTIS:  Editora Dracaena



Memnoch - DL 2012

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Memnoch, the devil
Anne Rice
Editora Rocco

Tradução: Waldéa Barcellos
ISBN: 8532507530
Ano: 1997
Páginas: 346

Sinopse:
O vampiro Lestat está de volta.Desta vez, num romance fantástico, ele enfrenta a maior das tentações: Memnoch, que afirma ser o diabo em pessoa. Memnoch coloca o imortal diante da oportunidade de voltar no tempo, conhecer a criação, visitar o purgatório e escolher entre o céu ou se tornar um príncipe no inferno.

Nessa viagem de extremos, a autora propõe algumas situações que podem incomodar aos mais impressionáveis, mas que certamente tornam a leitura mais instigante. Memnoch conta a sua história: era um arcanjo escolhido por Deus para acompanhar o começo da criação mas cai em desgraça, quando se recusa a aceitar a indiferença divina com os homens, relegados aos mais diversos sofrimentos.

Lestat se encontra diante do argumento de que um Deus misericordioso não permitiria que suas criaturas vivessem em meio a tanta crueldade e injustiça. E que afinal, o diabo seria o único tentando salvar as almas através do purgatório.

Segundo Anne Rice, numa carta aberta aos seus fãs na Internet, o livro mexeu muito com ela: "Usei muitas blasfêmias, mas você tem que amar muito a Deus para ser um verdadeiro herege."

Resenha por Thales Ferreira

Nesta nova obra de Rice, o quinto livro de suas Crônicas vampirescas, o anti-herói Lestat terá de reaver algo perdido com o próprio Demônio - aqui retratado da maneira mais cristã possivel (1). Tudo começa com uma de suas capiciosas decisões e, logo envolto em uma viagem atemporal de auto-conhecimento e redescobertas, é assediado pelo diabo para o serviço de "anjo da morte".

De forma subilinhar, a autora refaz o caminho que Jesus havia cruzado colocando então seu personagem, evidente que com suas próprias reações aos acontecimentos. Lestat vê-se tentado ao invadir os céus e ter Face-a-Face com a própria encarnação do divino. Porém, a intenção do diabo não é tão sublime e logo fica explícita quando ao, levá-lo ao seus dominios, força-o além da persuasão a se manter - inclusive com injúrias e degradações físicas - e continuar o trabalho de "adversário".

Impressão de leitura: Anna e o beijo francês

Índios,
Faz algum tempo que queríamos colocar este tipo de postagem aqui na Tribo. Estamos abrindo um pequeno espaço para vocês aqui, chama-se: Iandê Kê - Você aqui em tupi-guarani, já que tem muito haver com nossa temática aqui no blog. Então meus caros, é isso ai, vez por outra vocês poderão acompanhar e participar aqui com à sua opinião sobre um livro ou até mesmo a comparação de um livro com o filme. Em suma, a opinião de vocês em suas impressões de leitura ou sobre à adaptação de um livro para o cinema. Queremos ouvi-los. Tudo bem?

Observação: Se quiserem mandar suas impressões de leitura escreva para caciques@tribodolivro.com, mas atenção pessoal, não se trata de resenha e sim o que você achou do livro que leu ou sobre à adaptação de um livro para o cinema tá? O texto deve ter no máximo 30 linhas.

Nossa primeira impressão de leitura é de uma de nossas seguidoras Carolina Letícia ou Carol :). Ela ganhou o livro Anna e o beijo francês  da Editora Novo Conceito na promoção de fim-de-ano aqui no blog.


Bem, não sei como decrever minhas emoções ao ler "Anna e o Beijo Francês". Este livro me surpreendeu demais. Primeiro pela espessura: não reparei no número de páginas em sua resenha, então pensei que era uma historinha que tinha só um conflito e fim; segundo pela narradora: Anna é uma jovem tão simpática, que você não consegue não ser amiga dela...; terceiro por narrar uma parte da vida de qualquer mulher: apaixonar-se pelo seu melhor amigo. E mais um milhão de motivos que fizeram eu não largar mais esse livro. Para todo lugar que ia, levava ele. Até jantei lendo, de tão viciada!!
Resumir em palavras? Fantástico. Maravilhoso. Sensasional. Estupendo. Desisto, é impossível classificá-lo com palavras. Só mesmo lendo para saber o que estou dizendo.
Como você disse, a história é bem previsível. Desde o começo você sabe o que vai acontecer. Mas acredito que o encanto da obra não é o que, e sim como vai ocorrer. Sua respiração fica ofegante, seu coração acelera. É incrível! As páginas começam a virar sozinhas, e, mesmo quando acaba, os personagens ficam na cabeça. É inevitável fazer aquela pergunta clássica: "E se fosse comigo?" Qualquer homem será comparado a partir de agora a um St. Clair...
Adorei a narrativa da Stephanie Perkins, pois ela consegue segurar o leitor de uma maneira doce. Conhecer a vida confusa de Anna é incrível. Por isso que a parte que mais gostei do livro foi esta: "Como posso ter sido tão estúpida? Como posso ter acreditado, por um momento, que não estava apaixonada por ele?" (Pág 198).

Um Mundo Brilhante

This Glittering World
T. Greenwood

Tradução: Ivar Panazzolo Júnior
ISBN: 978-85-63219-41-1
Páginas: 336
Ano: 2012

Sinopse
Quando o professor Ben Bailey sai de casa para pegar o jornal e apreciar a primeira neve do ano, ele encontra um jovem caído e testemunha os últimos instantes de sua vida. Ao conhecer a irmã do rapaz, Ben se convence de que ele foi vítima de um crime de ódio e se propõe a ajudá-la a provar que se tratou de um assassinato.

Sem perceber, Ben inicia uma jornada que o leva a descobrir quem realmente é, e o que deseja da vida. Seu futuro, cuidadosamente traçado, torna-se incerto, pois ele passa a questionar tudo à sua volta, desde o emprego como professor de História, até o relacionamento com sua noiva. Quando a conheceu, Ben tinha ficado impressionado com seu otimismo e sua autoconfiança. Com o tempo, porém, ela apenas reforçava nele a sensação de solidão que o fazia relembrar sua infância problemática.

Resenha por Thales Ferreira


O que fazer quando o mundo em que você vive não é o lugar a que você pertence?

Já havia lido outra obra da autora T. Greenwood, um livro de mesma excelência, em inglês Nearer than the Sky. Havia gostado muito do estilo de escrita da autora, suspense, romance,mistério, assassinato; o tipo de livro que prende o leitor da primeira até a última página e não esquece de valorizar os sentimentos humanos. Eu descreveria T. Greenwood como uma autora intensa e uma das melhores da literatura contemporânea.

O livro Um Mundo Brilhante tem como protagonista o professor doutor de história Ben Bailey, leciona na Universidade do Arizona. Como é apenas professor adjunto, Ben precisa complementar sua renda sendo barman durante as noites. Ele leva uma vida pacata, sem grandes mudanças e emoções, ao lado de sua noiva Sara. Até que um dia, ao sair de sua casa para buscar o jornal, ele se depara com um indígena morto bem em frente a porta de sua casa. Neste momento vários sentimentos fluem - Quem seria este garoto? De que maneira ele havia morrido? Ele morreu só, após uma nevasca? Seria um caso de preconceito contra indígenas? - Ben não se sente confortável com a situação e resolve investigar a origem do assassinato, partindo da lembrança que o reconhecia como frequentador do bar em que trabalha. O livro se desenvolve realmente a partir do primeiro capítulo, não é o tipo de livro que temos que ler várias páginas para que algo aconteça. Isso é muito positivo, pois o a trama já é lançada de imediato e o leitor já tem algo a se prender.

Ben é um personagem covarde e mesquinho. É o típico homem que não sabe o que fazer da vida, que tipo de decisões tomar , tem um grande medo de arriscar e teme a verdade. O personagem certamente é bem marcado pela autora, o leitor sofrerá junto de Ben e também sentirá sua frustração e sua falta de iniciativa. Tenho certeza que Ben não é diferente de muitas pessoas que vemos, que preferem anular seus sonhos e desejos pelo conforto da estabilidade adquirida. Desta maneira que ele passava seus dias ao lado de Sara e mantém uma dúvida constante em sua mente. Ele não é um personagem desmotivante, ele sim é desmotivado. Durante a leitura é um desafio entender o que passa em sua cabeça e por quais motivos ele não toma atitudes que deveriam ser tomadas. Este é um dos principais motivos para continuar a leitura até o final, o anceio por decisões cruciais.

- Tenho certeza de que Sara já fez você pagar caro o bastante por isso - disse ele rindo.
Ben não sabia se deveria rir ou não, e assim ele simplesmente sorriu e fez que sim com a cabeça. (p.125)

Resultado -Beijada por um anjo 5


Índios,
Quem ganhou o kit de Beijada por um anjo 5 - Revelações foi Eudyne Silva, que cumpriu todas as etapas do nosso sorteio. Confiram o resultado no aplicativo SORTEIE-ME  na nossa Fanpage.
Eudyne, você tem 48 horas para entrar em contato com a Tribo pelo email: caciques@tribodolivro.com e nos informar seu endereço. Caso isso não ocorra faremos um novo sorteio.

Sorteio - Literatura Paranormal - Resultado

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012


Pessoal, nossa seguidora Bru Costenaro foi a ganhadora do nosso sorteio .


Bru, você tem 48 horas para entrar em contato com a Tribo pelo email: caciques@tribodolivro.com, para nos informar seu endereço. Caso isso não ocorra faremos um novo sorteio.

Livros e Oscar 2012 - And the Oscar goes to...

Índios, vamos conferir alguns livros que viraram filmes e filmes que viraram livros neste Oscar de 2012. Os livros estão sempre inspirando a produção de belos filmes, além de mexer ainda mais com a imaginação dos leitores! Lembrando para os seguidores da Tribo do Livro, não deixem de conferir nossa seção Da Letra à Tela. Reservamos um espaço especial para essas fantásticas produções e adaptações cinematográfica de nossa maravilhosa literatura mundial.




  • Levando 5 estatuetas de ouro (Fotografia, Direção de Arte, Edição de Som, Mixagem de Som e Efeitos Visuais):
Hugo 
(A invenção de Hugo Cabret)
Livro de Brian Selznick, que deu origem ao filme de Martin Scorsese – com 11 indicações para o oscar.



Review do filme: A vida de Hugo é pautada por máquinas e mecanismos. A única lembrança que o garoto guarda do pai é um boneco autômato, que foi salvo do esquecimento no porão de um museu em que ele trabalhava, antes de morrer no incêndio que destruiu o local. O menino tem certeza de que o boneco é capaz de escrever algo, uma mensagem deixada por seu pai. Mas, para tanto, precisa terminar o seu conserto. Faltam-lhe peças, e essas são supridas por meio de pequenos furtos da loja de brinquedos dentro da estação, de propriedade de um velho ranzinza, conhecido como Papa Georges (Ben Kingsley).

A amizade entre Hugo e a filha adotiva de Papa Georges e Mama Jeanne (Helen McCrory), Isabelle (Chloë Grace Moretz, de "Deixe-me Entrar"), poderá ajudar não apenas o garoto a trazer o autômato de volta à vida - e assim descobrir a mensagem secreta de seu pai - como também resgatar o passado de Georges. Essa trama remeterá "A Invenção de Hugo Cabret" aos primeiros tempos do cinema, quando era pura diversão, algo pueril cujo conceito de arte ainda estava sendo descoberto. Ao menos até a chegada de Georges Meliés, que soube aprimorar o invento dos irmãos Lumière, adicionando-lhe elementos de fantasia e produzindo verdadeiras obras-primas.

Sorteio da Tribo - Facebook

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012



Pessoal,
Como vocês comentaram e compartilharam.!!! :)
Vocês têm até às 19:00 do dia 27.02.2012, para participar e ganhar este lindo kit de Beijada por um anjo 5 da nossa parceira Editora  Novo Conceito.
Mas atenção, o sorteio será  com a ferramenta SORTEIE-ME, somente no Facebook. Observem às regras que estão lá no regulamento do aplicativo.

Regras primordiais :

  •  Residir no Brasil;
  • Comentar a resenha aqui no blog para validar sua participação  no Facebook.
Atenção: Clique na caixinha de presente  que está na coluna da esquerda para participar.

Beijada por um anjo 5 - Revelações


Everlasting
Elizabeth Chandler
Editora Novo Conceito

Tradução: Marsely de Marco Martins Dantas
ISBN: 9788563219930
Ano: 2012
Páginas: 319

Sinopse
Depois que Ivy descobre que Tristan está no corpo do assassino Luke, a vida deles toma outro rumo. Tristan se esconde da polícia e Ivy não sabe onde localizá-lo. Para piorar as coisas, Beth está cada vez mais distante e estranha, e só Ivy sabe o que realmente está acontecendo com ela.

Ao descobrir o paradeiro de Tristan, Ivy não se contém e corre para ele, apesar do risco de ver seu amor descoberto. Para conquistar sua liberdade, Tristan, com a ajuda da namorada, tentará descobrir em que encrenca se meteu o garoto que lhe empresta o corpo. E, na busca de evidências, Tristan e Ivy percebem que existem mistérios sobre os quais eles não têm controle e que podem levá-los por um caminho sem volta. Além disso. a interferência de Tristan sobre o destino de Ivy deverá ser punida duramente. Pode ser que um deles não viva por muito tempo.


Resenha por Ver Sobreira

Oi, Índios

Não sei se vocês lembram, mas logo no início do blog eu mesma resenhei o livro quatro desta série que até então era uma trilogia. E como disse, quando terminei de ler a então trilogia percebi que faltava algo, como se a história não estivesse bem "amarrada", que bom que a escritora percebeu o mesmo. Neste quinto livro, em menos de quatrocentas páginas Elizabeth Chandler deu um rumo eletrizante e carregado de suspense a história de Ivy e Tristan.


Então vamos lá!

Talvez eu nunca tenha lido o roteiro principal(...), mas posso dizer o que vejo da plateia: um anjo, que perdeu seus poderes, está ocupando o corpo de um assassino e ouve vozes de demônios que estão cada vez mais próximos. Isso me diz que você cometeu um grande erro, Tristan. Agora é o momento de salvar a si mesmo .

Lacey

O livro começa nove dias depois dos acontecimentos que se seguiram à quase morte de Ivy e a perda dos poderes de Tristan por tê-la salvado. Tristan com isso está no corpo de um suposto assassino Luke, acusado de matar sua namorada Corinne. Ivy está desesperada porque ele desapareceu para se esconder da polícia.

Incentivar leitura e ampliar investimentos são prioridades para 2012

Índios,

Já passou da hora do Brasil começar a valorizar e reconhecer a real importância da leitura. Não somente no âmbito da educação, mas também como contribuinte na formação de cidadãos críticos, participativos e bem informados. A leitura é um agente transformador da sociedade e que deve receber constante incentivo. Neste ano de 2012, esperamos que ações como o programa Livro Popular saia do papel e faça parte da realidade brasileira. Nós, leitores, devemos sempre cobrar a melhora em nosso sistema de distribuição de livros, livros mais baratos, incentivo a leitura e bibliotecas populares.


Incentivar leitura e ampliar investimentos são prioridades para 2012

Brasília - O governo federal vai executar até dezembro uma série de projetos na área cultural. O ministro interino da Cultura, Vítor Ortiz, disse à Agência Brasil que o principal deles é construir pelo menos 400 praças culturais em todo o país, além de estimular a leitura, ampliar os investimentos em artes visuais, dança, teatro, música e melhorias na infraestrutura das casas de espetáculos.
No primeiro semestre deste ano, será lançado o programa do Livro Popular. A proposta é pôr em prática medidas que levem ao barateamento do preço do livro para que fique em torno de R$ 10. Na prática, o projeto deverá envolver bibliotecas, editoras e parcerias dos governos federal e estadual. O texto ainda está em elaboração pelo Ministério da Cultura, mas até o final deste mês segue para o Palácio do Planalto.

O mesmo tempo, serão lançados programas de incentivos à leitura. “Queremos mostrar os aspectos positivos da leitura a todos os segmentos da sociedade. Aí será unido o gosto pela leitura e o bom preço dos livros”, disse o ministro interino.

Renata Giraldi
Repórter da Agência Brasil

Quer ler a matéria na íntegra? Acesse: 

Entrevista - Maurício Gomyde

Oi, Índios
Dando continuidade a apresentação dos autores parceiros da Tribo, nossa entrevista de hoje é com o escritor Maurício Gomyde. Autor de O Mundo de Vidro e Ainda não te disse nada está fazendo um enorme sucesso com seus livros, e neste momento está  "rolando" uma super promoção para os seguidores dos blogs que são parceiros dele e que o divulga. Maurício é solícito, simpático e de bem com vida, principalmente porque além de escrever tem outra paixão que o completa, a música. Vamos lá, espero que vocês gostem.


1. TL: Oi, Maurício. Bom para não fazer uma pergunta "clichê", rsrsr...vamos ao que normalmente as pessoas querem saber. Você é músico, largou a faculdade de Cinema, mas arte é o teu objetivo. De escrever músicas a escrever um livro você pode dizer que foi muito diferente? Ou ao final estas formas de arte se conjugam?

MG: Acredito que sejam atividades afins, afinal de contas estamos falando de arte. Mas o processo é bem diferente e requer, cada um, um tipo de sensibilidade. Quando estou compondo, é sempre sobre uma situação particular, um tema específico, uma “personagem”. E o desafio é conseguir conjugar o que você julga, ali, a melhor letra com a melhor melodia que deve ser “colocada por baixo”. Na escrita de um livro, há que se considerar o cenário, as outras personagens que vão interagir, que tipo de reação aquela determinada cena do livro você quer que provoque. De qualquer forma, eu não consigo dissociar uma coisa da outra, porque escrevo sempre com música, e meus livros sempre têm trilha sonora.


2. TL: Nós em particular, ainda não tivemos oportunidade de ler seu primeiro livro "O Mundo de Vidro", em breve leremos, mas lemos "Ainda não te disse nada", percebemos que seus dois livros são muito apreciados pelo público feminino. O que você pode observar com relação a isso?


MG: Eu não comecei a escrever tendo em mente o público A ou B. Mas, durante a divulgação do “O Mundo de Vidro”, percebi que tinha mais apelo entre o público feminino, ainda que o livro tenha, em alguns momentos, o linguajar bem masculino. Isso, de certa forma, é muito bom, porque o público feminino é sempre mais apaixonado pelas coisas que gosta. Eu cresci assistindo às comédias-românticas do cinema. Sou apreciador sincero do gênero. rs. E eu gosto desta coisa de escrever um livro como se fosse um filme, digo, com cenas que sejam imagináveis numa tela. Acho que as mulheres, em geral, gostam mais das comédias-românticas. Mas há também muitos homens que comentam, que curtem, que gostam dos livros. 

Promoção - Leve o seu da Tribo com o Maurício Gomyde

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012


Oi, Índios
Como sabem temos parceria com o autor brasiliense Maurício Gomyde, que está fazendo muito sucesso com seus romances Ainda não te disse nada e O Mundo de Vidro pela Editora Porto 71. Então em parceria com ele,  nosso blog Tribo do Livro traz este super sorteio que ao final dará ao grande vencedor 2. 1000 e 12 livros, é pessoal, é isso mesmo. E sabe o que mais? Um Kindle Touch. Porém para ganhar vocês precisam  primeiramente participar do Sorteio aqui do blog para depois concorrerem a estes 2.1000 e 12 livros na Fanpage do Maurício Gomyde lá no Facebook. Ok?

Aqui no blog, o ganhador levará um exemplar de Ainda não te disse nada + marcador autografados e o e-book de O Mundo de Vidro. Como participar? Vamos lá.

Regras:
O sorteio será pelo RANDOM.ORG, e você tem até dia 16.03.2012 para participar aqui no blog. Não esqueça de comentar o post para validar sua participação, pois será através dele que concorrerá  ao sorteio.
Nesta promoção do Maurício Gomyde  para concorrer e ganhar todos o prêmios listados abaixo você deve primeiro participar aqui no blog e depois clicar AQUI .
  • 1 Kindle Touch  +
  • O Mundo de Vidro e Ainda Não Te Disse Nada + marcadores autografados +
  • 1.000 Romances em e-book (domínio público) +
12  Livros
  • Questões do Coração – Emily Giffin;
  • O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson;
  • Julieta Imortal – Stacey Jay;
  • Um Dia – David Nicholls;
  • Um amor para recordar – Nicholas Sparks;
  • A hospedeira – Stephenie Meyer;
  • Anna e o Beijo Francês – Stephanie Perkins;
  • Um homem de sorte – Nicholas Sparks;
  • Ame o que é seu – Emily Giffin;
  • A mulher do viajante no tempo – Audrey  Niffenegger;
  • Pequena Abelha – Chris Cleave;
  • Morte e Vida de Charlie St.Cloud – Ben Sherwood
Obs: O  sorteio pela FanPage  do Maurício Gomyde será no dia 18.03.2012, não esqueça de indicar o blog em que você participou da promoção. Você também pode participar em vários blogs para aumentar sua chance de ganhar.Veja, você pode ter até 170 chances de ganhar, aja fôlego :).
Atenção: Sempre atento a todas às regras

Boa Sorte!!!


Ainda Não te Disse Nada


Maurício Gomyde
Editora: Porto 71

ISBN: 9788591184019
Páginas: 233
Ano:2011



Sinopse
Ninguém mais escreve cartas hoje em dia", Marina pensava. Até que um dia uma caiu em suas mãos por engano e mudou o rumo de sua vida. Levou-a ao lugar que ela sempre sonhou. E a conhecer o amor do jeito que nunca imaginou, da forma mais improvável do mundo...


Resenha por Ver Sobreira

 Índios, hoje estou apresentado para vocês um dos livros de um autor parceiro do nosso blog.

Hoje em dia, um hábito que há séculos passados nos comunicava fico perdido no tempo. Escrever uma carta praticamente não existe mais. Emails, SMS, entre outros, tomaram o lugar das cartas de antigamente. Cartas que  às moças perfumavam para mandar aos seus amados, cartas com notícias boas ou ruins, cartas, que sejam.

 Em Ainda não te disse nada um novo talento da literatura brasileira aborda isso, entre outras coisas, esse é Maurício Gomyde. Este é seu segundo livro, é através das redes sociais, fazendo parcerias com blogs literários que o escritor vem divulgando  com muito sucesso.

Agora vamos falar um pouco de Ainda não te disse nada.

É a história de Marina, uma jovem do interior que sonha  trabalhar com moda, ser uma estilista famosa, ir a Milão. Para isso,  vai para a cidade grande, começa a trabalhar nos Correios e cursa a tão sonha faculdade de Moda à noite. E por conta de trabalhar nos Correios ela acaba se envolvendo com o "Anjo carteiro".

Chegou o Carnaval!

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012


Lançamentos - Editora Novo Conceito

Para Sempre
Kim e Krickitt Carpenter
Editora Novo Conceito
ISBN: 9788581630083
Ano: 2012
Páginas: 144
Preço Sugerido: R$ 24.90
Gênero: Romance / Não-Ficção

Sinopse
A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.




 Presentes da Vida
 Emily Giffin
Editora Novo Conceito
ISBN: 9788563219947
Ano: 2012
 Páginas: 383
Preço Sugerido: R$ 29.90
Gênero: Romance / Ficção
Sinopse
Darcy Rhone sempre teve todos os homens aos seus pés. Tinha um emprego glamouroso, um seleto círculo de amizades e um noivo perfeito, Dexter Thaler. No entanto, tudo mudou quando Darcy se envolveu com o melhor amigo de seu noivo... Seu noivado acabou e perdeu sua melhor amiga, Rachel.

Incapaz de assumir responsabilidades e de enfrentar todo esse mal-estar, Darcy foge para Londres, para a casa de um amigo de infância, imaginando que poderia passar uma borracha em tudo isso. Mas, para seu desânimo, Londres se torna um mundo estranho, onde seus truques de sedução não mais funcionam e onde sua sorte parece ter se evaporado. Sem amigos nem família, Darcy precisa dar novo rumo à sua vida e, assim, começa uma linda trajetória rumo ao crescimento e ao amor.




Juliano - DL 2012

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Julian
Gore Vidal
Editora Rocco

Tradução: Aulyde Soares Rodrigues
ISBN: Livro Antigo
Páginas: 470
Ano: 1985

Sinopse
A vida de Juliano, muitas vezes considerado "um herói da resistência" contra o cristianismo em nome dos valores do helenismo, é a história de um fracasso, mas especialmente de uma luta incansável pela liberdade de religião e contra a intolerância religiosa durante as últimas décadas do século IV d.C.
Com a narrativa forte que o caracteriza, Gore Vidal recria aqui o caminho de um homem que a morte prematura impediu alterar o curso da história e leva-nos a um momento extraordinário – o declínio irreversível  do mundo helênico, enquanto uma nova cultura emerge na sombra dos godos e da cruz.
Com um equilíbrio perfeito entre a história individual e a ficcional, Juliano com o tempo tornou-se um marco e um modelo de romance histórico insuperável.

Resenha por Ver Sobreira

Oi, Índios

Esse é mais um livro para o Desafio Literário 2012, cujo o tema deste mês é  nome próprio. Este li a mais de vinte anos rsrsrs....mas é um exemplo de literatura histórica em que ficção e realidade se mesclam de uma forma quase incomum e indescritível. Ao reler os acontecimentos deste livro que trata dos sucessos e fracassos deste imperador, percebi o quanto da história do mundo está perdido por ai.

Considero Gore Vidal um dos melhores autores que o século XX  já produziu. Um historiador nato e não de fato, este escritor, ensaísta e roteirista estadunidense soube retratar, sem omitir nada do que sua pesquisa pode descobri, a vida deste grande imperador. Este livro é um raro caso da literatura além da realidade, pois Vidal conjuga história e ficção de maneira impecável.

Novidades - Modo Editora

A Editora Modo surge com o intuito de abrir às portas do mundo editorial aos novos autores. A editora segue a linha editorial: Ficção Juvenil, Fantasias, Épicos, Sobrenaturais e Romances. Seu período de acolhimento aos novos autores é de Novembro a Janeiro. É jovem no mercado, porém está dando um grande apoio a literatura brasileira contemporânea. Entre os títulos que em breve serão lançados temos:






O Voo da estirpe - Adriana Vargas  Aguiar
O Segredo de Eva -Adriana Vargas  Aguiar














Mais informações confira AQUI.

Entrevista - Giulia Moon

Índios,

Hoje temos o enorme prazer de publicar uma entrevista que a Tribo do Livro realizou com a fantástica escritora Giulia Moon.

Aproveitando o mês que estamos divulgando a Literatura Paranormal, Giulia Moon é referência nacional deste gênero. Em breve publicaremos as resenhas de algumas de suas obras: Kaori - Perfume de Vampira e Kaori 2 - Coração de Vampira.

Biografia:
Ora, vejam só! Interessado em saber quem, afinal, é Giulia Moon? Não sou muito boa em escrever sobre mim mesma, mas vamos lá.
Como já deve ter deduzido, este não é o meu nome verdadeiro. Mas sempre gostei do som de "Giulia" e adoro a lua, em todas as suas fases. Os dois "O"s da palavra "moon" sempre me remetem a dois olhos abertos num eterno espanto, uma piração visual entre tantas outras. Assim nasceu esse nick com o qual assino meus contos e participo de listas de discussão. Um nome que já se transformou numa identidade tão verdadeira quanto a outra.
Profissão: publicitária. Originalmente fui diretora de arte e ilustradora. Depois passei a diretora de criação. Num arroubo de saco-cheio pedi demissão e hoje sou sócia de uma agência de promoção e design, onde faço de tudo menos ficar rica. Que pena!
Meu hábitat: a São Paulo urbana e neurótica. Ou qualquer lugar no mundo onde possa tomar um avião e voltar pra Sampa quando bem entender. Adoro viajar, mas adoro ainda mais voltar pra casa. No place like home.
Literatura: o maior tesão de minha vida. Ei, não me entenda mal, refiro-me a tesão intelectual. Não gosto de histórias adocicadas ou cheias de moral, e não curto egotrips ou literatura experimental. Talvez seja por causa de algum problema neuronal. Ou não. Gosto de ler o que me diverte, o que me faz pensar, o que me surpreende. Básico. Mas sob essa aparente simplicidade cabe todo um universo de livros e autores e séculos de literatura. Material interminável e fascinante. E é isso que gosto de escrever. Terror, principalmente, e também fantasia. Pra quem acha que entretenimento não é digno do métier literário, já vou avisando: divertir o leitor é o meu objetivo. Se isso não é literatura, ok. Não me levem a sério, please. Se me acompanhou até aqui, uma sugestão: leia agora meus contos. Espero que se divirta tanto quanto me diverti ao escrevê-los.

Entrevista de Giulia Moon para a Tribo do Livro:

TL: Quando e por qual motivação você decidiu ser escritora? Foi uma tarefa fácil? Quais foram os principais desafios?
Guilia Moon: Decidi ser escritora depois de um período em que escrevi contos de vampiros para um grupo de discussão do Yahoo, chamado Tinta Rubra. A princípio, escrevia-os como uma distração, mas após um ano, escrevendo e mandando meus contos para lá, aperfeiçoei muito a minha técnica e, por outro lado, adquiri a certeza de que os meus contos tinham uma ótima aceitação. Então investi no meu primeiro livro, “Luar de Vampiros”, uma coletânea com dez contos de vampiros que publiquei às minhas custas. Logo em seguida recebi o convite da editora Landy para publicação do meu segundo livro, uma nova coletânea chamada “Vampiros no Espelho & Outros Seres Obscuros”, com trinta e três contos fantásticos. Foi assim que iniciei a minha carreira, de forma natural, com continuidade. E estou na luta até hoje.
A tarefa com certeza não foi fácil, pois exige muita dedicação e empenho. E o desafio principal foi decidir-me a investir nesse meu lado profissional, coisa que só fiz quando tive certeza de que eu seria tão boa nesse aspecto quanto na minha profissão da época, a publicidade.

TL: De onde surgiu a ideia para escrever Kaori: Perfume de Vampira?
Giulia Moon: Kaori é uma personagem que já estava na minha cabeça há muito tempo, surgindo de vez em quando em alguns contos isolados. Mas só veio à tona como um romance após a publicação da coletânea “Amor Vampiro”, da Giz Editorial, com vários autores. O meu conto na coletânea chama-se “Dragões Tatuados” e, nele, narro o primeiro encontro de Kaori com o vampwatcher Samuel. Após o sucesso do conto, recebi o convite da editora para a publicação de um romance e resolvi escrever a história de Kaori, o seu passado, como se tornou vampira. E, ao mesmo tempo, quis narrar também uma nova aventura, com Kaori no Brasil, reencontrando Samuel. E assim nasceu “Kaori: Perfume de Vampira”, o primeiro livro da série, que conta essas duas histórias em capítulos alternados, o passado explicando o presente, as duas dimensões se interligando e se unindo ao final.

Lançamento - Editora Intrínseca

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Do mesmo autor de Bilionários por acaso: a criação do Facebook,
que vendeu mais de 80.000 exemplares no Brasil


Sexo na lua
Ben Mezrich
ISBN: 978-85-8057-134-9
Páginas: 272
Ano: 2012

Sinopse
Após ser selecionado para o competitivo programa de estágios da Nasa, o universitário Thad Roberts sonha em ser o primeiro homem em Marte, mas uma paixão avassaladora o tira de órbita. Como muitos homens, ele promete dar a Lua de presente para a amada – e decide cumprir a promessa ao pé da letra. Transforma a fantasia em realidade ao pôr em prática um audacioso plano para roubar amostras lunares trazidas pelas missões Apollo e mantidas em um laboratório aparentemente inexpugnável.

Em Sexo na Lua, o jornalista Ben Mezrich reconstitui a história real de um roubo que parece ter sido inventado pela mente criativa de um roteirista de Hollywood. Apoiado em pesquisas meticulosas e entrevistas com os principais envolvidos, Mezrich constrói uma narrativa de ritmo alucinante, que prende o leitor da primeira à última página.

• Mais novo livro do autor do best-seller Bilionários por acaso (que inspirou o filme A Rede Social).
• Sexo na Lua vai ganhar versão cinematográfica, programada para estrear em 2013.
• O fascinante universo da Nasa serve de cenário para uma história real, recontada em ritmo de thriller.

Leitura veloz, em ritmo furioso, impulsionada pela determinação de Mezrich em não perder de vista sua história... Ele tem tudo nas mãos e sabe disso muito bem. Chicago Sun-Times


Se você estiver em busca de uma trepidante leitura de verão, impossível de largar, transbordando sensualidade, astronautas, fósseis de dinossauro roubados, internet e intriga internacional, Sexo na Lua é o seu livro. Miami Herald


Versão impressa:
Preço: R$ 29,90
Categoria: Literatura estrangeira /Não ficção
Subcategoria: Biografia e memórias
Versão e-book:
E-ISBN: 978-85-8057-151-6   |   R$ 19,90

Leia AQUI o 1º capítulo.


Em 05.03.12
 Sejam bem-vindos ao

O Circo da Noite
Erin Morgenstern
ISBN: 978-85-8057-160-8
Páginas: 368
Ano: 2012

Sinopse
A mágica vai começar...
O circo chega sem aviso. 
Nenhum anúncio o precede, nenhum cartaz em postes ou outdoor, nenhuma menção ou propaganda nos jornais locais. Simplesmente está lá, quando ontem não estava.

Sob suas tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir maravilhado a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e canela que pairam no ar.
Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma feroz competição está em andamento: um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, treinados desde a infância para participar de um duelo ao qual apenas um deles sobreviverá.
À medida que o circo viaja pelo mundo, as façanhas de magia ganham novos e fantásticos contornos. Celia e Marco, porém, encaram tudo como uma maravilhosa parceria. Inocentes, mergulham de cabeça num amor profundo, mágico e apaixonado, que faz as luzes cintilarem e o ambiente esquentar cada vez que suas mãos se tocam.
Mas o jogo tem que continuar, e o destino de todos os envolvidos, do extraordinário elenco circense à plateia, está, assim como os acrobatas acima deles, na corda bamba.

• Aclamado pela crítica como sucessor dos fenômenos Harry Potter e Crepúsculo, O circo da noite teve direitos de publicação vendidos para mais de 30 países.
• Os direitos de adaptação cinematográfica da obra foram adquiridos pela Summit Entertainment, estúdio que produziu os filmes da Saga Crepúsculo.

Um Romeu e Julieta envolto em magia, O circo da noite desafia gêneros e expectativas. Um espetáculo para ser aplaudido de pé. The Boston Globe

Uma história mágica, fenomenal, destinada a se tornar um best-seller. Uma estreia espetacular. Publishers Weekly

O mundo fantástico inventado por Erin fará o leitor ter vontade de largar tudo e fugir com esse circo. USA Today

 Mágico. Encantador. Fascinante. Hipnótico. Associated Press

Versão impressa para cadastro:
Gênero: Ficção

Categoria: Literatura estrangeira
Subcategoria: Romance

Preço: R$ 34,90
Versão e-book:
E-ISBN: 978-85-8057-152-3  |   R$ 19,90


São Valentim - Dia dos Namorados e Livros

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012




O Dia dos Namorados é comemorado no dia 12 de junho no Brasil, mas nos Estados Unidos e na  maior parte da Europa é comemorado dia 14 de Fevereiro, também chamado de Dia de São Valentim (Valentine’s Day), em homenagem a um padre. É quando os casais celebram sua união, e é muito comum nessa data a troca de cartões e presentes especiais, flores, bombons e jantares são os mais utilizados, mas livros  também  e isso tem sua explicação na Idade Média. Nessa data, os casais também agradecem o companheirismo e a dedicação entre ambos durante o ano todo.
Mas por aqui há os "multicultores" apaixonados, que têm costume de comemorar no dia 14 de fevereiro e acabam  por "festejar" duas vezes ao ano.

Mas que era São Valentim?
São Valentim (ou Valentinus em latim) é um santo reconhecido pela Igreja Católica e igrejas orientais que dá nome ao Dia dos Namorados em muitos países, onde celebram o Dia de São Valentim. Só isso? Não. 




Juno era a rainha dos Deuses e Deusas; adoradas pelos Romanos. Também conhecida como a Deusa das mulheres e do casamento. No outro dia, 15 de fevereiro começava a festa de Lupercalia.

Nesse tempo as vidas dos rapazes e raparigas eram vividas completamente separadas, mas havia o costume do sorteio, nas vésperas do festival, do festival da Lupercalia; a regra era, meter os nomes escritos em bilhetinhos das moças de Roma, num frasco ou caixa, como entenderem melhor.

No dia 15 de fevereiro cada rapaz tirava o nome de uma delas para ser seu par, durante o tempo do festival, o que muitas vezes durava um ano, tornando-se este sorteio muitas vezes em amor verdadeiro, e daí resultava o casamento.

Debate - Livros e Capas

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Tribo,
Vocês acreditam que livro é moda? Bom, me considero uma leitora crítica e por opinião minha: livro e moda não tem nada ver uma coisa com a outra. Livro é livro e sempre será. Agora, se alguém argumentar que um determinado gênero literário faz mais sucesso em uma época que em  outra, ai sim concordo. 
O importante de um livro é a leitura e o conhecimento que ele pode e vai te proporcionar. Há livros que foram editados a mais de cem anos, mas que em dado momento te põe de encontro a uma situação muito atual.

E capas?  O que vocês me dizem delas? Já repararam que quase sempre as capas de um mesmo livro mudam de um país para o outro?
O que  será que define isso, quando uma editora compra os direitos de um livro e resolve publicá-lo com uma capa diferente da original? Ou da mesma forma que ela decide preservá-la.? Vocês crêem que isso é cultural? Do mesmo modo que é cultural considerarmos algum tipo de moda determinado gênero literário?

Príncipe Sombrio - Série Carpátos

   E.U.A                                                                Espanha                                                          Brasil
Alemanha



Amante Sombrio - Irmandade da Adaga Negra

    Brasil                                                                E.U.A                                                            Espanha

                                                                                                                                                                                                                                                                                                 


FrançaRússia
                                                                                       

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique