Cinco Quartos da Laranja - DL 2012

terça-feira, 31 de janeiro de 2012


Five quarters of the orange
Joanne Harris
Editora: Record

Tradução: Celina Cavalcante Falck
ISBN: 850106162X
Ano: 2002
Páginas: 416

Sinopse
Françoise Dartigen é uma viúva de 65 anos, vivendo nas sombras de uma charmosa casa de campo na França, que foi abandonada por ela e por sua família depois de uma misteriosa tragédia durante a invasão alemã, na Segunda Guerra. Quando Françoise retorna ao vilarejo que abandonou com apenas 9 anos, ninguém a reconhece, o que é um alívio, já que ela carrega um enorme e terrível fardo. Vivendo no anonimato, abre uma creperia, usando as receitas que aprendeu com a mãe. Com o tempo, os segredos amargos de seu passado vão se revelando, entrelaçando passado e presente, duas histórias são contadas - a luta da heroína para recuperar seu neto e as conseqüências da guerra que ela presenciou na infância, ao lado da mãe.

Resenha por Thales Ferreira 

 Um livro magnífico da autora Joanne Harris, mais conhecida popularmente pelo seu livro com adaptação cinematográfica, Chocolate. Nesta obra a aproximação da autora com as receitas é algo que desperta a própria sensualidade dos alimentos, tudo é muito bem descrito: aromas, sabores, temperos, condimentos, sensações e receitas ricas. O aroma serve como uma passagem entre as lembranças da narradora; assim como podemos observar na obra "Em Busca do Tempo Perdido" do autor célebre francês, Marcel Proust. No livro Chocolate, o ritual de preparo era algo sobrenatural, o chocolate descrito oferecia água na boca do leitor, assim como os confeitos. Neste livro não é um chocolate que irá causar este efeito, mas todos os alimentos citados são muito bem descritos. Penso que Joanne Harris realmente aprecia muito a arte da culinária, pois somente alguém que sente este imenso prazer na cozinha poderia alcançar tal nível de descrição.

O livro é narrado pela viúva Framboise Simon, Cinco Quartos da Laranja ocorre em uma pequena vila fora da cidade de Angers, nas margens do rio Loire, Les Laveuses. Ela volta para a fazenda de sua família e, em sua velhice, utiliza-se do anonimato fornecido pelo seu nome de casada. Com o livro de receitas de sua falecida mãe, ela reforma sua antiga casa e abre um pequeno restaurante (uma creperia). Neste antigo livro de receitas encontramos mais do que receitas, era um verdadeiro diário cheio de segredos e mistérios. Ela morava na fazenda durante a ocupação alemã na Segunda Guerra Mundial. Ela tinha nove anos na época, mas lembra-se claramente os acontecimentos que levaram a sua família ter de deixar a aldeia em desgraça.

Harris usa Framboise para contar duas histórias paralelas: a narrativa de quando tinha nove anos de idade e a história de Framboise aos sessenta e poucos anos. O equilíbrio entre as duas narrativas é digna de apreciação. É muito empolgante a passagem de uma época para a outra. Quando estamos envolvidos na história de repente ela muda para a outra época e desafia o leitor com mais um novo mistério. Todo o ambiente é envolvido em um cenário de medo e de esperança, enquanto a França sofria com os efeitos da Segunda Guerra Mundial.

O livro retoma a ideia de que recomeçar é algo que precisamos fazer sempre. O leitor sentirá o desejo de enfrentar os seus próprios medos e receios, mesmo quando temos que voltar em nossas lembranças mais desagradáveis. O livro é tocante e emocionante, com certeza é uma ótica recomendação para leitores que buscam por novas emoções.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique