The Chronicles of Vladimir Tod - Eighth Grade Bites

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Heather Brewer
Editora Dutton Juvenile


ISBN: 978-0-525-47811-9
Páginas: 182
Ano de Lançamento: 2008

Vladimir Tod é uma série de livros lançados nos Estados Unidos, já é considerado um bestselling series pelo New York Times. Mais uma vez temos como foco principal os vampiros, porém este é um adolescente de treze anos, inseguro, cheio de dúvidas e apaixonado. Heather Brewer consegue criar uma série de livros juvenis, não é bobinha e nem demasiadamente séria, está na medida certa. 

O primeiro livro da série Eighth Grade Bites (Mordidas de oitavo grau), faz a apresentação de um vampiro adolescente chamado Vladimir Tod, que tinha uma mãe humana e um pai vampiro. O adolescente é um estadounidense típico, exceto pelo seu apetite e desejo por sangue (que não é nada moderado). No entanto, ele ainda passa pela mesma agonia e dramas de um menino normal de sua idade. Será alvo de bullying por ser considerado "um pouco" diferente dos demais jovens e ainda tem uma paixão enorme por uma menina que está interessada em seu melhor amigo, mais problemas para o jovem Vlad. Para evitar problemas, na maioria das vezes ele tenta esconder seus recursos vampíricos, mas pode ficar bem difícil, especialmente quando ele está com fome, ou seja, sempre! 


A narrativa é leve, rápida e prática; é certamente uma leitura agradável. Vladimir Tod é um menino muito simpático e engraçado, logo temos uma grande simpatia pelo personagem (não é difícil gostar dele). Ele tem um senso de humor refinado, apesar de ser diferente de seus colegas na escola, mas por outro lado, ele se sente sozinho e tem momentos que sente solidão, angústia e desejo de ser como os outros. Há muita sagacidade, velocidade na narrativa e abundância de referências para os vampiros e cultura vampírica (a escola está sendo chamada Vlad Bathory Junior High, um lugar que se chama Stokerton e, claro, Vladimir é uma referência a Vlad Tsepesh, violento guerreiro romeno conhecido como O Empalador e Bathory é claramente uma alusão à Erzebeth Bathory - ou a Condessa Vampira - presença difundida no século XVIII apoiada em fatos históricos).

É divertido ler uma história de vampiro com a perspectiva de um adolescente, mas este foi definitivamente voltado para um público mais jovem e descompromissado. Vlad é um garoto inteligente e tem um melhor amigo muito compreensivo, Henry. Ele também mantém o segredo de Vlad ser um vampiro, o que mostra a importância de ter um amigo verdadeiro, pois existe confiança. 

O primeiro livro da série é uma ótima introdução para Vlad, seus amigos, sua família, e apenas o começo do que se parece com uma inovação em uma série de vampiros. A única crítica que tenho é que este primeiro livro tem muitos acontecimentos sem resposta, é legal algumas coisas ficarem suspensas para sua continuação, mas neste livro é a maior parte, poderia ter sido um pouco maior e com um final um pouco mais surpreendente. Teremos que ler as continuações! É um livro de vampiros para se divertir. Certamente teremos um público jovem interessado nesta série aqui no Brasil.

Esperamos que em breve alguma editora compre os direitos de publicação da série!

Série completa em 5 volumes:

1- Vladimir Tod: Eighth Grade Bites
2- Vladimir Tod: Ninth Grade Slays
3- Vladimir Tod: Tenth Grade Bleeds
4- Vladimir Tod: Eleventh Grade Burns
5- Vladimir Tod: Twelfth Grade Kills




2 comentários :

  1. Primeiramente, parabéns pela resenha. Eu fiquei muito fadigado com o que parece ser a febre literária do momento:

    'Garota insegura' + 'Triangulo amoroso' + 'Algo sobrenatural(Vampiros, anjos, imortais...)' = Febre literária.

    Não estou falando que não gosto, é só que na primeira vez foi legal, na segunda, se mudaram um pouco, foi interessante(mas já havia deixado de ser supreendedor) e depois disso tornou-se cansativo... Enfim, eu gosto de pensar que consiguirei ler algo sobrenatural sem toda essa melação. Acredito que essa serie tenha seus draminhas adolescente, (sou adolescente, sei que sou dramático, as vezes) mas, cara, os dilemas dessas febres são tão surreais que... sem palavras... Hoje, a sua resenha me mostrou que há ainda uma salvação... Infelizmente, destesto esperar. Leia-se: só lerei quando houver todos os volumes em portugues...

    Israel Félix do blog amanteliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique