Água para Elefantes

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Water for Elephants 
Sara Gruen                                        

Tradução: Anna Olga de Barros Barreto
ISBN: 9788599296158
Páginas: 272
Ano de lançamento: 2007

Resenha por Thales Ferreira

Sejam todos bem-vindos ao maior espetáculo da Terra! O livro Água para Elefantes, da autora  Sara Gruen, proporciona ao leitor uma deslumbrante visita ao universo do picadeiro - O Circo.  Com uma narrativa fluida e muito bem escrita, podemos sentir o cheiro do circo, saborear os  alimentos, e estar no ringue com os animais que nos proporcionam momentos de fantasia e mágica.  Todo este clima circense funde-se com uma história de amor densa e repleta de desafios.

O livro começa com um senhor idoso de 90 ou 93 anos (ele não se recorda de sua idade exata),  carente de cuidados médicos, em uma casa de repouso para idosos. Ele descreve o lugar como sendo muito monótono, sem cor, sem emoções, onde apenas lhe restam suas lembranças da juventude. Jacob odeia as  outras pessoas de idade, odeia a comida, e odeia os enfermeiros que o tratam como se ele não  soubesse o que estava fazendo ou dizendo.  Um dia ele vê uma grande agitação na casa, as senhoras todas olhando para a janela, felizes com a chegada de um circo itinerante. Este  circo traz à tona todas as suas recordações do tempo em que vivera em um, trabalhara e amara.  Neste ambiente de música, cores vibrantes e agitação, que ele conhece a mulher de sua vida, no qual viveu grandes momentos. Tudo o que ele ouve ou cheira, leva-o de volta para seus tempos de  circo. O livro intercala entre a narrativa do Jacob idoso no presente e as lembranças de Jacob  jovem, em 1932, quando o país se recuperava da Grande Depressão.

A história do jovem Jacob Jankowski começa quando estava em Cornell College, estudando para ser  um veterinário. Ele era tímido com as mulheres; não queria nada com elas socialmente. Jacob  pensava que ele devia ser o virgem mais velho do mundo masculino. O jovem veterinário é  excelente em sua faculdade, até um dia em que fora chamado para fora da classe e recebe a  triste notícia que seus pais tinham morrido em um acidente de carro. Jacob, é claro, foi  esmagado, mentalmente e fisicamente por esta notícia. Todo o seu mundo caíra, não restava mais  nada em sua vida. Seus pais pagavam regularmente sua faculdade e havia imaginado que os bens  deixados por eles seriam suficientes para terminar de pagar seus estudos. Seu pai era também um  veterinário, com uma boa reputação. Jacob fica fora de si quando lhe foi dito que todos os bens  de seus pais estavam sendo confiscados por causa de uma dívida não quitada. Acontece que seu  pai trocava seus serviços como veterinário por frangos, ovos, animais ou o que quer que os  clientes oferecessem, mas nada de dinheiro. 

Em um esforço para escapar de sua dor, ele foge, pulando em um trem no meio da noite. Larga sua  faculdade e rompe qualquer ligação com o seu passado. Na verdade esta viagem o leva para um  mundo completamente novo, pois pertencia a um circo itinerante. Primeiramente ele não é bem  recebido, mas após um pouco de conversa ele consegue ficar, pois era um veterinário, o que  seria bom para um circo de nome, o circo dos Irmãos Benzini, O Maior Espetáculo da Terra. Neste  momento Gruen começa a tecer a magia e a maravilha em Água para Elefantes. Ela cria um mundo  real através de sua pesquisa completa e meticulosa, incorporando detalhes que criam a atmosfera  da época. O circo se torna um espaço vivo, sentimos cada detalhe e até mesmo momentos de  nervosismo, raiva, felicidade, receio, etc..

Os personagens são profundos, complexos e multi-facetados. Como Jacob fica no circo, ele se  apaixona por Marlena, uma performer estrela do espetáculo, que é casada com August, o dono do  circo. August representa o ponto mais cruel na história, o homem se mostra paranóico, doente e  impulsivo. O leitor fica com raiva de suas atitudes, desejando que alguma coisa na história  aconteça para que o verdadeiro amor sobreviva em um espaço de dor e sofrimento. O amor do jovem  Jacob por Marlena vai se desenvolvendo através das páginas, evoluindo e amadurecendo. Não é um romance meloso, tudo vai acontecendo gradualmente.

O romance não tem como intenção oferecer o erotismo bem relatado, o romance é tímido, singelo, porém vivido intensamente. Primeiramente o foco é no próprio circo, no cotidiano, nos trabalhadores e na relação com animais. O perigo é constante durante o processo do relacionamento, passando por momentos de difíceis conflitos, afinal, é um romance mantido às escondidas. O personagem mais cativante é a elefanta Rosie, nos envolvemos muito com ela, ficamos fascinados com sua  inteligência e astúcia. A narrativa também  aborda o tema de maus tratos com animais, por trás das lonas de um circo existem coisas não tão belas, o abuso do poder, os interesses exacerbados,  a descrença nos artistas trabalhadores, a crueldade humana e a falta de zelo.  

A história não é formado apenas de momentos tensos, existem passagens de muito bom humor. O idoso Jacob é um homem muito engraçado, com um jeito um pouco rabugento, irônico e sarcástico com as enfermeiras e com seus relacionamentos na casa de repouso. O modo como ele expõe suas lembranças é emocionante, a narrativa é tocante e somos envoltos neste ambiente de recordações. O livro é tão simples que chega a ser complexo por este motivo, os personagens são tão bem desenvolvidos que parecem sair das páginas para a nossa realidade. Os ambientes são ricamente descritos, os detalhes da época, os sons, as músicas, a vivacidade do espetáculo são muito bem detalhados. Certamente é uma história que vale muito a pena ser lida, ela nos inspira a viver intensamente, não sentir tanto medo, dar valor às nossas amizades e principalmente, ver beleza mesmo nos lugares mais sombrios. 


Nenhum comentário :

Postar um comentário

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique