The Chronicles of Vladimir Tod - Eighth Grade Bites

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Heather Brewer
Editora Dutton Juvenile


ISBN: 978-0-525-47811-9
Páginas: 182
Ano de Lançamento: 2008

Vladimir Tod é uma série de livros lançados nos Estados Unidos, já é considerado um bestselling series pelo New York Times. Mais uma vez temos como foco principal os vampiros, porém este é um adolescente de treze anos, inseguro, cheio de dúvidas e apaixonado. Heather Brewer consegue criar uma série de livros juvenis, não é bobinha e nem demasiadamente séria, está na medida certa. 

O primeiro livro da série Eighth Grade Bites (Mordidas de oitavo grau), faz a apresentação de um vampiro adolescente chamado Vladimir Tod, que tinha uma mãe humana e um pai vampiro. O adolescente é um estadounidense típico, exceto pelo seu apetite e desejo por sangue (que não é nada moderado). No entanto, ele ainda passa pela mesma agonia e dramas de um menino normal de sua idade. Será alvo de bullying por ser considerado "um pouco" diferente dos demais jovens e ainda tem uma paixão enorme por uma menina que está interessada em seu melhor amigo, mais problemas para o jovem Vlad. Para evitar problemas, na maioria das vezes ele tenta esconder seus recursos vampíricos, mas pode ficar bem difícil, especialmente quando ele está com fome, ou seja, sempre! 

Feliz Natal !!!

sábado, 24 de dezembro de 2011

Índios,
Desejamos a todos vocês toda sorte de coisas boas e muitos, muitos livros. Agradecemos de coração o retorno de vocês nestes dois meses da Tribo do Livro na web. Preparem-se para 2012  que teremos muitas surpresas.



A vida ideal consiste em ter bons amigos, bons livros e uma consciência sonolenta.
Mark Twain

Vencedor - Promoção Anna e o Beijo Francês

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011



Oi, Índios
A nossa seguidora Carolina Marques foi a ganhadora do livro Anna e o Beijo Francês.
Carolina, você tem até o dia 27/12/2011 para entrar em contato conosco por este email: caciques@tribodolivro.com, mandar seus dados, para que possamos enviar seu brinde em até 30 dias.

Saga Vanir - Lena Valenti

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Eu sou uma leitora que sempre procura ler um pouco de tudo, e por isso acabo lendo o que está "de moda". É óbvio que nem sempre o que está de moda presta rsrsrs... mas se procurarmos, sempre achamos histórias bem legais, e é com este pensamento que apresento a vocês uma série de livros que está fazendo muito sucesso na Espanha, no próximo ano chegará  a outros países da Europa e em alguns países da América Latina. Infelizmente ainda não tenho informações se alguma editora brasileira se interessou em comprar os direitos de publicação, mas eu espero fielmente que compre.

A sérieSaga Vanir da escritora espanhola Lena Valenti, envolve Mitologia Escandinava, os deuses nórdicos e tipo altos e musculosos, é claro, rsrsr...mas pode-se perceber uma boa pesquisa sobre esta mitologia. A mitologia Escandinava ou nórdica é pouco divulgada de uma maneira geral ,– as histórias no geral envolvem mais a mitologia greco-romana –, porém a autora nos traz fatos bem interessantes sobre este povo e assim  construiu o universo de seus personagens. Já foram lançados 4 livros, eu os li em espanhol.

Agora a verdade, confesso, quando digo sobre alguns assuntos que estão "de moda", estou falando de nossos queridos sugadores, mas será que Lena Valenti trouxe alguma novidade para nós? A resposta é sim.
Lena nos apresenta "um pedaço de história" em que se prestarmos mais atenção nos primórdios do mundo, perceberemos que os "vampiros", não são só ficção. Abaixo apresento a vocês um pouco da história de cada livro.
O Livro de Jade


Do amor ao ódio não há mais que uma dentada...Caleb é um homem atormentada. Um vanírio, um ser imortal criado pelos Deuses Escandinavos para proteger os humanos daqueles que não souberam resistir ao sangue e ao poder. Agora, chegou a Barcelona para investigar a estranha organização que está sequestrando e assassinando todos aqueles que são como ele. Procura vingança e não duvidará em levar Eileen Ernepo, a  filha do cientista que está fazendo experimentos com seu povo. Ela será a resposta para toda aquela rede de sangue e violência injustificada contra os seus. Eileen terá que pagar. Entretanto, nunca imaginou que a jovem se converteria em sua perdição. 

Eileen vive dentro de uma aprazível normalidade, trabalha na empresa "familiar" como relações públicas, tem um bom salário e ama muito seu Huskie e seus dois únicos amigos  de infância Ruth e Gabriel. Acaba de se forma pedagoga e pretende se dedicar a um trabalho nesta área em Londres. Esta é a oportunidade perfeita para sair da vista e do domínio de seu pai Mikhail, um homem que não a queria e a culpa pela morte de sua mãe, enfim fugirá dele. O que não poderia imaginar é que na mesma noite em que planejava sua saída, um homem zangado e terrivelmente atraente, a sequestraria e a introduziria à força em um mundo cheio de mitologia, magia, clãs, sangue e presas.


O Livro da Sacerdotisa
                                                         Verdadeiro ou falso? No amor e na guerra tudo é permitido...

Quando Ruth chegou a Londres a um mês e meio atrás, para visitar sua melhor amiga Eileen, nunca imaginou que se envolveria em uma guerra entre seres ancestrais criados pelos deuses Vanir e Aesir. Depois de um tempo se acostumando a sua nova realidade, traumas e vozes do passado voltam a atormentá-la e pouco a pouco lhe roubam a razão(...)

Há um mês e meio Adam não dorme. Seus sonhos são infestados de sangue, morte e escuridão e em meio aquele tormento só há uma culpada. Uma mulher de cabelos vermelhos e olhos dourados. Uma humana que não é quem diz ser: Ruth. Por isso, quando ela quebra a ordem de não retornar às suas terras e volta a Wolverhampton, ele não duvidará em caçá-la e detê-la, embora isso implique em ficar louco  e manter seus instintos mais selvagens afastados.
Adam quer desmascará-la, mas este é um jogo de vontades, descuidos e desejos. De quem cairá a máscara primeiro? A do lobo ou da caçadora? São tempos de caça no Midgard1. O Ragnarök2 mostra as suas presas.


O Livro da Escolhida

Para a vaníria Daanna McKenna, a imortalidade é viver uma morte longa e em agonia. Marcada pelas estrelas em seu nascimento, e ungida pelos deuses na transformação, viu-se obrigada a existir eternamente protegida, sem luz e sem liberdade, esperando que desperte seu suposto dom tão importante para seu clã. Agora, quando o Ragnarök está chegando à porta, os deuses exigem sua participação direta no desenlace da guerra, mas Freyja7 não dá nada gratuitamente: Daanna poderá receber seu dom. Entretanto não imaginava que a chave que liberará seu poder está nas mãos do homem que roubou seu coração, o qual está a um passo de se entregar a  escuridão (...)

A eternidade e Menw McCloud eram sinônimos de martírio e contradição. Ele, o curador dos vanírios keltois3, era incapaz de encontrar a cura para o seu desespero. Durante dois mil anos esperou que sua inequívoca cáraid4 o perdoasse e desse a oportunidade de se explicar, e enquanto esperava que isso acontecesse, pagava por um pecado que ele em realidade não cometeu. Agora a Escolhida, depois  de muito tempo  atormentando-o, obteve seu triunfo vingando-se dele lançando-o em um abismo de trevas e sangue. Entretanto o destino guarda uma  última surpresa: a própria Daanna. Menw terá a possibilidade de entregá-la o dom ou fazê-la cair em desgraça.

Todos os livros da Saga Vanir são sem par, mas eu considero este o melhor dos quatro que li. Além de ser um belo romance, as informações sobre a cultura escandinava que a autora agregou a este livro é excelente fora um pouco da mitologia celta.


O Livro de Gabriel

Depois de salvar a vida da Caçadora, Gabriel é reclamado pelos deuses para que tome seu lugar no Asgard5. Agora convertido em einherjar, um guerreiro imortal de Odín, passa seu tempo treinando no Valhall6, preparando-se para o Ragnarök e recebendo todo tipo de cuidados das valkírias.

Sua preparação chega ao fim ao mesmo tempo em que três dos objetos mais poderosos dos deuses são roubados, objetos estes que podem trazer o caos e provocar um final dos tempos adiantado. Gabriel será enviado como líder do einherjars para alertar todos os guerreiros, unificar os clãs e salvar a raça humana. Enquanto tenta atingir seus objetivos, pensa em não só encontrar suas amigas mais queridas, mas também a vaníria que o obcecou até a morte: Daanna McKenna. Porém essa obsessão pode levá-lo a nunca conhecer a mulher que verdadeiramente o ama...

Não é fácil ser uma valkíria como Gúnnr. Ela é diferente das demais, não têm poderes, nem fúria e muito menos o  temperamento que caracteriza os de sua raça, todos a vêem como "a doce e inofensiva Gúnnr". Por isso se surpreende quando um guerreiro com cara de anjo, esperado pelos deuses, a reivindica para que cuide dele. E assim o fará religiosamente até que um engano nascido de sua repentina paixão provoca que Engel se distancie dela, mas não por muito tempo. Freyja e Odín8 exigem que juntos desçam a Terra para recuperar um dos objetos roubados o martelo de Thor. Gúnnr lutará ao lado de Gabriel e ensinará a ele a mais difícil das lições.
Os deuses estão jogando tudo o nada. E dois amigos estão a ponto de descobrir que quando se trata de amor, se aposta sempre no vermelho.

Bom, índios é isso. Espero que alguma de nossas melhores editoras se interesse pelos livros para que sejam lançados aqui também.

Vocabulário:
1. Terra;
2. Batalha final em que perecerão deuses, jotuns e humanos;
3. nome gaélico dos celtas;
4. companheira(o);
5. Reino que compõe o Vanenheim, Álhfeim e Nidavellir;
6.Terra das valkírias e de Freyja;
7. Deusa mãe da dinastia de Vanir na mitologia nórdica;
8. Deus pai da mitologia nórdica e algumas religiões do neo-paganismo.

Sorteio - Tribo do Livro e Editora Novo Conceito

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011



Para participar é muito fácil!

1.Residir no Brasil;
2 Seguir o blog publicamente;
3.Postar um comentário na resenha do livro que está abaixo deste post;
4.Curtir a página da Editora Novo Conceito no Facebook: https://www.facebook.com/pages/Editora-Novo-Conceito/265161170168275 
5.Curtir e compartilhar a Fanpage da Tribo do Livro: https://www.facebook.com/tribodolivro;
6.Se cadastrar na promoção no aplicativo SORTEIE-ME NO FACEBOOK.

Observação: Para se cadastrar na promoção basta clicar no canto esquerdo da página da Tribo do Livro em uma caixinha de presente escrito "Promoções", estando lá é só clicar em "Quero Participar" para validar sua participação.

*Atenção fique atento a todas as regras para não ser desclassificado.

— O período de inscrição irá até às 23:59 do dia 22/12/2011.
O resultado poderá ser visto no próprio aplicativo da promoção e também pelo blog.
O vencedor terá até o dia 27/12/2011 para enviar um e-mail para caciques@tribodolivro.com informando o endereço para que  possamos fazer o envio que ocorrerá em até 30 dias. Não esqueça de conferir o resultado para não perder direito ao seu livro

Boa Sorte!

Anna e o Beijo Francês

Anna and  the French Kiss
Stephanie Perkins
Editora Novo Conceito

Tradução: Fabianna Paganini de Andrade
ISBN: 9788563219329
Páginas: 288
Ano de lançamento: 2011

Sinopse

ANNA OLIPHANT não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris, já que seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade- Luz, Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, uma amiga fiel e um namoro prestes a acontecer.
Mas, ao chegar a Paris, Anna conhece Etiénne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito. Só que Etiénne, além de tudo, tem uma namorada... Anna e Etiénne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer?

Resenha por Ver Sobreira

Isso é tudo o que sei sobre a França: Madeline, Amelie e Moulin Rouge A Torre Eiffel e o Arco do Triunfo também, embora eu não saiba qual a verdadeira função de nenhum dos dois.
Anna Oliphant

Anna e o Beijo Francês é o livro de estreia da estadunidense Stephanie Perkins, interessante e bem sensual, sem ser muito clichê e muito menos vulgar.

Bom no começo pensei, lá vem uma daquelas "xaropadas" adolescentes, porque como leitora voraz e resenhista, rsrsr.. eu leio de tudo um pouco para realmente entender e saber do que estou falando e  eventualmente criticando, já que não sou crítica literária, ainda rsrsr... Mas a autora consegue criar um clima no mínimo divertido em um ambiente bem peculiar, já que estes livros que se passam na época em que a adolescente está no final do ensino médio, quase sempre falam as mesmas coisas, talvez por ela ter saído  do típico High School americano e ido para uma escola americana em Paris, tenha dado um "q" a mais nesta narrativa.

Meu Everest - Realizando um sonho no topo do mundo

Meu Everest
Luciano Pires
Giz Editorial

ISBN: 978-85-7855-144-5
EAN: 9788578551445
Páginas:336


O Meu Everest é, de longe, o melhor livro de trekking escrito em português!”
Guilherme Cavallari, diretor da Kalapalo Editora

Luciano trocou a gravata pela mochila e o paletó por uma "parka" impermeável. Marcou as férias, despediu-se da família e saiu direto de São Paulo - Capital, para o Campo Base do Everest, a 5,3 mil metros de altura, no Nepal. Sem nunca ter feito uma caminhada com mais de dois dias. Este livro conta como foi.
 Como era gostoso ver a expressão no rosto da turma quando eu dizia que estava indo para o Everest. Para o Nepal. Para Kathmandu. Nomes mágicos, com uma sonoridade diferente, imediatamente remetendo para: AVENTURA. Aqui estava eu, entrando no avião, a caminho do meu sonho. Do meu Everest.
 Vi gente que aparentemente não subiria uma escada, fazendo a trilha do Everest. Homens e mulheres com mais de 70 anos. Uma senhora, sexagenária, com uma perna mecânica. Gordos e magros. Jovens e velhos...tinha de tudo. Cada um tentando chegar ao sue Everest.
 Enquanto eu estava no Brasil, imaginei mais de uma vez como seria interessante encontrar o Yeti, o Abominável Homem das Neves, no momento em que eu estivesse com minha máquina fotográfica em mãos. Pois andei perguntando para a turma de lá como é essa história.
 Enquanto eu me preparava para dormir, pensei no local onde eu estava. O ruído das avalanches não deixava dúvidas: aquele lugar estava vivo. Os blocos de gelo estavam se movendo. As fendas se abrindo e fechando. A qualquer momento aquilo tudo podia vir abaixo.

Sem heroísmo, sem sustos, sem super-homens. Este livro conta a aventura de uma pessoa comum diante de uma situação incomum. Podia ter sido você.

SOBRE O AUTOR LUCIANO PIRES: 

 Luciano Dias Pires Filho nasceu em Bauru - SP, em 1956. Formou-se em Comunicação pela Universidade Mackenzie em 1977 e foi por 26 anos executivo de imprensa multinacional. É escritor, cartunista, radialista, montanhista, conferencista  mas, acima de tudo, um sujeito inconformado. Lançou em 2003 o Movimento pela Despocotização do Brasil que tinha como mote a pergunta e afirmação: Você acha que o  Brasil está ficando burro? RESISTA! 
Conheça mais o autor acessando: www.lucianopires.com.br.


Vencedor - Sorteio - Água para Elefantes

Oi, Índios
Nossa seguidora Rosane Fantin, foi a ganhadora da Promoção do livro Água para Elefantes.

Rosane, você tem 48 horas para entrar em contato conosco pelo email caciques@tribodolivro.com para passar seu endereço, para que em até 30 dias a Editora Arqueiro possa enviar seu livro.

Água para Elefantes

Water for Elephants 
Sara Gruen                                        

Tradução: Anna Olga de Barros Barreto
ISBN: 9788599296158
Páginas: 272
Ano de lançamento: 2007

Resenha por Thales Ferreira

Sejam todos bem-vindos ao maior espetáculo da Terra! O livro Água para Elefantes, da autora  Sara Gruen, proporciona ao leitor uma deslumbrante visita ao universo do picadeiro - O Circo.  Com uma narrativa fluida e muito bem escrita, podemos sentir o cheiro do circo, saborear os  alimentos, e estar no ringue com os animais que nos proporcionam momentos de fantasia e mágica.  Todo este clima circense funde-se com uma história de amor densa e repleta de desafios.

O livro começa com um senhor idoso de 90 ou 93 anos (ele não se recorda de sua idade exata),  carente de cuidados médicos, em uma casa de repouso para idosos. Ele descreve o lugar como sendo muito monótono, sem cor, sem emoções, onde apenas lhe restam suas lembranças da juventude. Jacob odeia as  outras pessoas de idade, odeia a comida, e odeia os enfermeiros que o tratam como se ele não  soubesse o que estava fazendo ou dizendo.  Um dia ele vê uma grande agitação na casa, as senhoras todas olhando para a janela, felizes com a chegada de um circo itinerante. Este  circo traz à tona todas as suas recordações do tempo em que vivera em um, trabalhara e amara.  Neste ambiente de música, cores vibrantes e agitação, que ele conhece a mulher de sua vida, no qual viveu grandes momentos. Tudo o que ele ouve ou cheira, leva-o de volta para seus tempos de  circo. O livro intercala entre a narrativa do Jacob idoso no presente e as lembranças de Jacob  jovem, em 1932, quando o país se recuperava da Grande Depressão.

Sorteio – Tribo do Livro e Editora Arqueiro

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011


Sinopse
Desde que perdeu a esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas e fantasmas do passado. Durante 70 anos ele guardou um segredo: nunca falou a ninguém sobre o período de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora.
Aos 23 anos, Jacob era estudante de veterinária, mas teve sua vida trnasformada após a morte de seus pais num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de faer as provas finais e, deseperado, acaba pulando em um trem em movimento, o Esquadrão Voador do Circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra.
Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofre nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August,o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais (...)

Para participar é muito fácil !

1.Residir no Brasil;
2 Seguir o blog publicamente;
3.Postar um comentário neste post;
4.Curtir a página da Editora Arqueiro no Facebook;
5.Curtir e compartilhar a Fanpage da Tribo do Livro: http://www.facebook.com/tribodolivro ;
6.Se cadastrar na promoção no aplicativo SORTEIE-ME NO FACEBOOK.

Observação: Para se cadastrar na promoção basta clicar no canto esquerdo da página da Tribo do Livro em uma caixinha de presente escrito "Promoções", estando lá é só clicar em "Quero Participar" para validar sua participação.

*Atenção: Fique atento a todas as regras para não ser desclassificado.

— O período de inscrição irá até às 23:59 do dia 18/12/2011.
O resultado poderá ser visto no próprio aplicativo da promoção e também pelo blog.
O vencedor terá o prazo de 48 horas para enviar um e-mail para caciques@tribodolivro.com informando o endereço para que à  Editora Arqueiro possa fazer o envio que ocorrerá em até 30 dias. Não esqueça de conferir o resultado para não perder direito ao seu livro



O Estranho Caso do Cachorro Morto

The Curious Incident of the Dog in the Night-Time
Mark Haddon
Editora Record


Tradução: Luiz Aguiar e Marisa Sobral
ISBN: 8501066257 
Páginas: 288 
Ano de Lançamento: 2004 


Sinopse
Criado entre professores especializados e pais que definitivamente não sabem lidar com suas necessidades especiais, Christopher Boone tem 15 anos e sofre do mal de Asperger's, uma forma de autismo. Adora listas, padrões e verdades absolutas. Odeia amarelo e marrom e, acima de tudo, odeia ser tocado por alguém. Christopher nunca foi muito além de seu próprio mundo, não consegue mentir nem entende metáforas ou piadas. É também incapaz de interpretar a mais simples expressão facial de qualquer pessoa. Um dia, Christopher encontra o cachorro da vizinha morto no jardim, é acusado do assassinato e preso. Depois de uma noite na cadeia, decide descobrir quem matou Wellington, o cachorro, e escreve um livro, relatando suas investigações.

Resenha por Thales Ferreira
Este é um livro que me pegou de surpresa há alguns anos atrás. Achei o título do livro muito interessante, li a sinopse e fiquei muito curioso em ler a história completa. O Estranho Caso do Cachorro Morto, livro de estreia do autor britânico Mark Haddon, é um mergulho na realidade particular do protagonista Christopher Boone. Um menino de 15 anos que sofre da síndrome de Asperger; uma forma de autismo. Um livro apaixonante e que eu gostaria que todos tivessem a oportunidade de lê-lo. 

O leitor é convidado a desvendar um crime. O livro é classificado pelo próprio Christopher como sendo um romance policial. Um dia enquanto andava por sua rua, o menino encontra o cachorro Wellington - cachorro de sua vizinha - morto no gramado com um forcado de jardim enfiado em seu pescoço. Christopher resolve escrever um livro com a investigação que ele fará a respeito deste assassinato, com a ajuda de sua professora na escola. O Estranho Caso do Cachorro Morto é o resultado final desta investigação e do mistério envolvido na trama.

Promoção Tribo do Livro - 100 seguidores no TWITTER

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011









Foto Biografia de Chico Buarque

terça-feira, 13 de dezembro de 2011


Sinopse

Poucas pessoas enriqueceram tanto a nossa cultura nos últimos 50 anos quanto Chico Buarque. Sua vida é documentada aqui através de fotos, que servem como autênticos retratos de épocas, pois as histórias – de Chico e do Brasil – se conjugam. Neste livro, o leitor vai se deliciar com imagens raras de todas as fases da vida do ícone e descobrir um pouco mais sobre a sua relação com outros grandes nomes da música. Um presente imbatível para este fim de ano.


E como presente de Natal, estamos com um concurso que pode te dar esse livro maravilhoso do gênio da música brasileira. 
Curta a página da Editora Nova Fronteira no Facebook e participe: https://www.facebook.com/pages/Editora-Nova-Fronteira/109576862394434




Alegoria da Caverna na Atualidade


"Precisamos sair da confusão, do engano e de ilusões, uma vez que emergimos de uma caverna para encontrar a realidade."

Este é o sentido de uma das alegorias mais importantes da filosofia platônica, a alegoria da caverna, que é encontrada no Livro VII da República de Platão. Esta é uma alegoria e não um mito. Um mito é uma história simbólica, que retrata as forças da natureza. O mito escolhe uma voz poética para falar das origens e mistérios da vida. Uma alegoria é uma figura que continua por toda uma história, ou em uma tabela, de modo que cada elemento da história, ou da tabela, corresponde a um elemento que é simbolizado em um paralelismo constante. Na pintura, a alegoria é refletida em um desejo de colocar intencionalmente elementos da matriz, seguindo uma espécie de código para ser decifrado, se sabe a intenção do pintor. A alegoria da caverna, como Platão fez, tenta definir uma cena onde todos os elementos da história tem um significado simbólico. Além disso, a imagem que ele apresenta não é estática, a figura é dinâmica. 

A história nos coloca dentro de uma caverna, onde existem homens acorrentados. Eles são submetidos a uma existência na escuridão, onde apenas podem enxergar suas sombras refletidas nas paredes da caverna. Estes prisioneiros não conhecem nada que não sejam os elementos presentes na caverna, entendem suas sombras como geradas por um fogo, uma luz, algo brilhante que vem de fora, de uma pequena entrada. O que aconteceria se algum destes homens saisse da caverna? Esses homens são acorrentados em fusão de correntes com a alma humana, que é ligada a um corpo terrestre, pertencendo ao mundo das coisas e, portanto, imperfeito, sensível, cujas habilidades são apenas sombras da realidade. Não são tangíveis em nível imediato, apenas imaginados e incompreendidos no âmbito da vivência corpórea adquirida.

Editora Virtual - Infinitum Libris

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Mundo Monstro
Numa cidade perdida, humanos e monstros convivem pacificamente. Mapinguaris conversam com duendes, canibais são garçons, dragões trabalham em restaurantes e a fênix faz um show de exibicionismo. Mas esse equilíbrio pode ser quebrado a qualquer momento por um assassinato. Para impedir que isso aconteça, um detetive lobisomem e seu pupilo devem desvendar esse mistério.

Leia a sinopse na íntegra:
http://editorainfinitum.com.br/2011/11/mundo-monstro/

Skoob:
http://www.skoob.com.br/livro/201652



Elementais
Dois irmãos ativos, duas gêmeas poderosas, e amigos que escondem um grande segredo. O que une tudo isso? Um jogo proibido, conhecido como Elementais, que está prestes a mudar a vida de garotos que não tinham nada a ver com aquela Guerra – ou tinham?

Leia a sinopse na íntegra:
http://editorainfinitum.com.br/2011/04/elementais-o-receptaculo-do-caos/
Degustação: http://editorainfinitum.com.br/degustacoes/degustacao-Elementais-O-Receptaculo-do-Caos.epub
Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/168577



Psy Vamp
Temidos, silenciosos, quase imperceptíveis. Até para o mundo fantástico são um mistério. O único consenso que existe sobre eles é que se alimentam da energia vital dos outros seres, o resto é mera especulação: seres malignos, herdeiros de demônios, predadores invisíveis... ou humanos com dons incomuns, seres incapazes de fazer o mal, mesmo necessitando tirar vidas para sobreviver? Há quem diga que até mesmo podem curar...

Leia a sinopse na íntegra:
http://editorainfinitum.com.br/2011/10/antologia-psyvamp/

Skoob:
http://www.skoob.com.br/livro/199235




Esfinge
Rio de Janeiro, começo do século XX, e a rotina dos intelectuais e estudantes é alterada pela chegada de um misterioso inglês, James Marian. Excêntrico e recluso, causa espanto por sua aparência: um perfeito corpo masculino, decorado pelo mais belo rosto feminino. E é com o personagem principal que essa figura vai se abrir, revelando o segredo de sua vida, o mistério por trás de sua aparência, e a busca de solução para o enigma que envolve sua alma.

Leia a sinopse na íntegra: 
http://editorainfinitum.com.br/2011/03/esfinge-coelho-neto-2/

Skoob:
http://www.skoob.com.br/livro/160257









Lugares Distantes
Onde não há olhos para vigiar ou lei para punir, os instintos mais selvagens despertam. Criaturas hediondas, espíritos, demônios, vampiros, seres de outro planeta e… o próprio Homem transformam este cenário deserto em um antro de brutalidade. No meio de tudo isso, treze corajosos (ou loucos) escritores trouxeram à luz o pior que pode acontecer quando não há nada nem ninguém para impedir.


Leia a sinopse na íntegra: 
http://editorainfinitum.com.br/2011/04/antologia-lugares-distantes/

Skoob:
http://www.skoob.com.br/livro/167983

Entrevista – Adriana Vargas Aguiar

sábado, 10 de dezembro de 2011

Olá, Índios
Atualmente sabemos que algumas editoras estão apoiando o surgimento de novos autores. Tais autores já escrevem a muito tempo, porém nunca conseguiram o apoio necessário para suas publicações. Pensando nisso a Tribo do Livro resolveu entrar em contato com esses novos talentos, assim sendo nossa primeira entrevistada é a escritora Adriana Vargas Aguiar, que terá em meados do próximo ano dois de seu livros publicados. Ela vai nos contar um pouco de tudo na entrevista abaixo:



 TL: Oi, Adriana, sabemos que é um clichê perguntar isso, mas os leitores sempre querem saber. Quando você soube que queria ser escritora?

Adriana: Eu soube quando ganhei o meu primeiro concurso literário aos oito anos de idade e não tinha a menor noção do que estava acontecendo, pois até a ocorrência deste evento, escrevia somente para extravasar a imaginação infantil. Daí em diante, passei a escrever com mais frequência, guardando os textos embaixo do colchão, pois os sonhos dos meus pais em relação a mim, eram outros e mesmo assim, nunca parei de escrever, mesmo de modo escondido.

TL: Como você vê  atualmente a  Literatura Brasileira Contemporânea com muitos autores sendo lançados?

Adriana: É uma festa literária! Fico muito feliz, porém faz-se necessário observar se este segmento é a literatura viva expressando-se no sangue brasileiro ou trata-se de um modismo emergente, pois existem muitos autores que escrevem por serem escritores natos, e outros porque acham isso bonito. No último caso, pode complicar mais ainda o relacionamento do verdadeiro novo autor com as editoras tradicionais, que percebendo este movimento, torna-se muito mais criteriosa para a avaliação de originais, ressaltando o fato que na maioria das vezes os originais nem são lidos devido à “miscigenação” literária (autores natos e autores do modismo) que se forma através da grande demanda de livros a serem publicados.

TL: O Voo da Estirpe é seu primeiro livro que será lançado. Qual  a sua expectativa quanto a isso?

Adriana: Junto com O Voo da Estirpe, será lançado também o Oitavo Pecado, ambos com uma resposta positiva da Editora Italiana Garcia Edizioni que está com processo de implantação editorial no Brasil. Tal editora, tem o foco direcionado aos novos autores e o acolhimento a esses é feito de modo muito bacana e diferente das outras editoras.
Acredito que as minhas expectativas passaram por um estado de amadurecimento e transformação. No início, quando recém havia terminado o livro, passava o dia inteiro enviando os originais à toda e qualquer editora. Isso me causava desespero, pois imaginava o processo editorial de outro modo, quando na verdade aprendi que autores publicados, são autores que possuirão seus livros mais tratados (revisados, diagramados) e com uma pré-disposição a serem oferecidos no mercado. Agora... Uma coisa é ser oferecido e outra coisa é ser vendido. Vendo os fatos de modo bem realista – sou nova autora, inexperiente, desconhecida e sem pretensão de ficar rica a base da venda de meus livros, pois sei que vivo em um país pobre de iniciativas culturais e literárias, e que apenas 10% de sua população têm acesso à leitura diária. Vendo por este lado, publicação para mim, é satisfação do meu ego e segurança para apresentar meus livros de um modo melhor aos leitores. Machado de Assis demorou 20 anos para ser reconhecido. Outros fenômenos literários foram reconhecidos apenas após a sua morte. Diante disso, preciso todos os dias exercitar algo – escrevo sem esperar reconhecimento. Escrevo porque isso me faz bem.

TL: Qual sua inspiração para escrever a história de Klaus e Clarice?

Adriana: Legal esta pergunta! A inspiração de cada um é independente uma da outra. Klaus inspirou-me no melhor de cada um dos homens que passaram pela a minha vida. Clarice foi inspirada em um amigo meu (gay); uma pessoa totalmente diferente de todas as outras que conheci. 

TL: Por quê O Voo da Estirpe, qual o sentido amplo e o particular para o título do livro?


Adriana: Significado de estirpe - Ascendência; raça, linhagem. O livro é o voo de tudo isso, ou seja, evolução. O único motivo particular para se querer voar com o livro durante a escrita foi o fato de ter sofrido um derrame (AVC) neste período e precisei buscar forças em algo, pois estava com meu rosto completamente deformado pela paralisia. Tinha perdido o movimento do lado esquerdo do meu corpo. Perdi o meu trabalho que amava, em um escritório de advocacia e fui abandonada por meu marido. O desejo de sobreviver a tudo que estava acontecendo era sobrenatural e este livro salvou a minha vida, mostrando-me a direção; ensinou-me a voar.

 TL: Você acredita que os blogs ajudam na divulgação ou não de um livro?

Adriana: Não só acredito, como são as únicas fontes de divulgação que realmente funciona. Editoras sem blog literário são meras editoras.Os blogs são os mensageiros e difusores da literatura no Brasil.

Jogo Rápido:

Uma cor: Preta
Uma flor: Miosótis
Uma música: Elefant Gun de Beirut
Um livro: Inscrito no corpo - Jeanette Winterson
Um filme: Sons do coração
Viagem dos sonhos: Fernando de Noronha
Maior desejo: escrever até o último dia de minha vida
Frase: Se for para vir, que venha com os braços abertos, sem medo, sem regras; pronto para pular da ponte.

O Voo da Estirpe


Clube dos Novos Autores
Adriana Vargas Aguiar

IBSN:9788580451351
Ano: 2011

Sinopse
Quem seria aquele homem de sapatos pretos e paletó marron, que persegue Clarice em seus sonhos e em todos os lugares por onde ela anda? De repente, um encontro inusitado; um impulso sendo guiado pelo desejo, e uma doce contravenção realizada no banheiro de um café, daria uma boa manchete nos jornais – "mulher ataca seu perseguidor em banheiro público". Uma linda história de amor, interrompida pela descoberta de uma doença incurável, entre o preconceito e o medo – o abandono!
Clarice o deixa e passa a viver entre o linear do real e do imaginário. Por um instante, acredita ter se passado apenas um mês do desfeito relacionamento, quando se dá conta que se passaram um ano, e que Klaus havia morrido. Descobre também, que por um lapso de sofrimento, havia perdido a memória, e as lembranças vinham de uma a uma. Do reatar de relação até as mais incríveis lembranças de uma viagem em lua de mel, conhecendo em detalhes a suntuosa pirâmide de Queóps. Um final surpreendente e emocionante aguarda aos leitores.

Resenha por Ver Sobreira

Índios, a Tribo do Livro está participando do book tour do Clube dos Novos Autores, adote esta ideia. O primeiro livro recebido é O Voo da Estirpe de Adriana Vargas Aguiar, posso dizer que é ao mesmo tempo denso e poético. Uma história de amor, e como toda história de amor nem sempre o final é feliz, mas acredito que vocês gostarão e muito. Um bom romance é sempre bem-vindo, porque independente do final as lições ou reflexões que ele nos deixa quase sempre tem um uso na nossa vida cotidiana. Alguns pensam  que a Literatura não tem nada a acrescentar, mas como bons leitores sabemos que é muito diferente.

Então vamos a história de Klaus e Clarice, duas almas que se encontram em um momento crucial de suas vidas, duas almas que precisam de libertação. Um com uma doença incurável e o outro em meio a uma crise existencial. O primeiro encontro é arrebatador, mas o que um pode oferecer ao outro?

(...) Desconcertada e embaraçada, peguei o botão de rosa vermelha, e fiquei parada no meio da rua imaginando como poderia esse estranho estar em toda parte, e em nenhum lugar ao mesmo tempo.[p.19]

O Voo da Estirpe é um livro para fazer valer o talento, a perspicácia e a ousadia dos novos autores  que estão surgindo no Brasil. Tem tudo o que é necessário para compor um romance, os clichês, as crises do relacionamento, a felicidade, a tristeza, as descobertas, porém traz também a essência do ser humano e seus conflitos nas reações das personagens Clarice e Klaus.Clarice é frágil e forte ao mesmo tempo, ela é alguém que tenta ser recompor de uma existência que considera vazia, desprovida de beleza e de alegria até conhecer Klaus. Ele é alguém que tem pouco ou nenhum tempo e precisa viver intensamente cada minuto que lhe resta. Viver a vida sem nenhum limites é a única coisa que permanece segundo ele mesmo, porém como ela é frágil, forte e tem temores muito piores que Clarice.

Light Novel Japonesa: Gravitation Red & Blue

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Gravitation Red Novel
Roteiro: Renon Jun
Arte: Maki Murakami
Editora New Pop

Tradução: Cristiane Gomes Arruda
ISBN: 978-85-60647-42-2
Páginas: 201
Ano de Lançamento: 2011

Sinopse
Gravitation é um dos mangás do gênero "Yaoi", mais famoso do mundo, tendo sido lançado em diversos países tais como Estados Unidos, Alemanha, Austrália, França, Rússia e, é claro, Brasil, onde foi o primeiro do gênero no país. Trata-se da obra-prima de Maki Murakami, seu primeiro sucesso. Atualmente a autora está trabalhando em Kanpai!, lançado no Brasil pela NewPOP, e Gravitation EX, continuação da série.
Em Gravitation Red, Shindo e sua banda vão sofrer vários atentados causados pelos fãs de outras bandas. Sua rivalidade com a banda rival ASK vai pegar fogo. E uma grande oportunidade vai surgir...! Mas enquanto toda essa zona acontece Shindo está perdido nos próprios pensamentos sobre Yuki, como lidar com seus próprios sentimentos?

Resenha por Thales Ferreira

O amor é Gravitação

Gravitation é uma excelente história de amor, sonho e música! Com uma narrativa dinâmica e bem humarada, Renon Jun (roteiro) e Maki Murakami (arte) conseguem criar uma obra que envolve o leitor em um mundo aonde tudo é possível. Neste primeiro livro Gravitation Red, somos apresentados aos carismáticos personagens que formam uma banda, chamada Bad Luck - Shuichi Shindo (vocalista e compositor), Hiroshi Nakano (guitarrista) e Suguru Fujisaki (tecladista). O personagem principal é o vocalista Shuichi, um menino muito alegre, espontâneo e com algumas atitudes infantis, porém seu coração se mostra puro e detém uma vontade frenética de realizar o seu sonho de ser um grande cantor mundial. 

A história começa fazendo uma apresentação ao leitor do que aconteceu com Shuichi antes de sua banda começar a ficar famosa e conhecida no Japão. O enredo remonta cenas importantes que aconteceram no mangá (a Light Novel é uma história aparte, porém retoma diversos momentos que ocorreram no mangá Gravitation, lançado no Brasil em 12 volumes pela editora JBC). O momento mais importante é quando Shuichi conhece Yuki Eiri, um romancista muito popular no Japão, famoso principalmente devido ao seu público feminino. Este homem, além de ser muito rico e famoso, acaba entrando na vida do jovem Shindo inesperadamente. Tomado por desejo, frustração e curiosidade, Shuichi resolve se aproximar mais de Yuki e acaba se apaixonando fulminantemente pelo romancista misterioso, frio, belo e refinado.

Promoção Tribo do Livro e Editora Arqueiro - Ganhadores



Ganhadora da Promoção Vanessa Paz Paiva

No Sorteio Extra com Marcadores e Bottons enviados pela nossa parceira  Editora Arqueiro as ganhadoras foram:
Ana da Conceição e  Thais Cavalcante

Noturno

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

The Strain
Chuck Hogan / Guillermo del Toro
Coleção Trilogia da Escuridão 

Tradução: Sérgio Moraes Rego e Paulo Reis
ISBN: 853252463X
ISBN 13: 9788532524638
Páginas: 464
Lançamento: 2009

Sinopse
Um boeing 747 vindo de Berlim chega ao aeroporto JFK e, subitamente, para na pista com todas as cortinas abaixadas, luzes apagadas e o sistema de comunicação em pane. Uma equipe de emergência cerca o avião e observa, incrédula, aquele caixão branco gigante em contraste com o céu noturno. O que se vê lá dentro é uma cabine similar a um túmulo onde todos parecem mortos. O alarme se transforma em terror quando se descobre que este misterioso acontecimento é apenas o primeiro de uma invasão que se estenderá por todo o planeta, uma onda sinistra que ressuscita os medos mais ancestrais da raça humana e dá início a uma sangrenta batalha entre homens e vampiros. 

Resenha por Lean Lioncourt
"Eles sempre estiveram aqui. No silêncio e na escuridão. Esta noite, a hora deles chegou."

Começando a falar da Trilogia da Escuridão com o - logicamente - primeiro livro da saga, tentarei dar uma opinião sobre o conjunto, já que o terceiro e ultimo título está para ser lançado no Brasil no início do próximo ano. 

Como era de se esperar, Hogan e del Toro (o Labirinto do Fauno), como novelista e diretor que são, respectivamente, escreveram a obra toda envolta neste caráter, sequenciada e cadenciada de acordo com os acontecimentos mais vibrantes. Os livros falam sobre vampiros e - antecipando a nova voga do Apocalipse Zumbi - a exterminação humana por completo, começando por Nova Iorque e partindo para o mundo. Não trata-se da velha fórmula de Nosferatia, com vampiros sensuais ou imberbes e sim de ciência, criando uma eloquência do vampirismo como uma mutação genética degenerativa e agressiva por conta dos acontecimentos radioativos do último século. Imaginem vampiros com peles translúcidas, rastejantes em subterrâneos como ratos sujos e com vermes circulantes pelo corpo, além de um ferrão que funcionaria como presa, tornando suas vítimas zumbis, exatamente como são. Também não é uma nova fórmula, já que vimos isso anteriormente em alguns textos do tipo Graphic Novel como Blade e outros trabalhos menores.


A Maldição do Tigre

Tiger's Curse
Colleen Houck
Editora Arqueiro

Tradução: Raquel Zampil
ISBN: 9788580410266
Página: 352
Ano de Lançamento: 2011

Sinopse
A Maldição do Tigre é o primeiro volume de uma saga fantástica e épica, que apresenta mitos hindus, lugares exóticos e personagens sedutores. Lançado originalmente como e-book, o livro de estreia de Colleen Houck ficou sete semanas no primeiro lugar da lista de mais vendidos da Amazon, entrando depois na do The New York Times.

“Um romance delicado e uma aventura capaz de deixar o coração a mil por hora. Eu vibrei e roí as unhas. A Maldição do Tigre é mágico!” – Becca Fitzpatrick, autora da série Sussurro.


Resenha por Thales Ferreira

Paixão. Destino. Lealdade.
Você arriscaria tudo para salvar seu grande amor?

O livro A Maldição do Tigre, da autora norte-americana Colleen Houck, é um livro que foge totalmente da temática atual em voga. O personagem principal não é vampiro, não é lobisomem, anjo ou alguma entidade sobrenatural. Ele é apenas um homem, ou melhor, um homem que há mais de 300 anos fora amaldiçoado por um mago. A maldição? Viver para sempre na forma de um tigre.

Como sabemos, nada é para sempre, eis então que surge Kelsey Haytes, uma jovem que perdeu seus pais recentemente e que precisa arrumar um emprego de verão para bancar sua faculdade. A primeira oportunidade que aparece na sua frente é trabalhar em um circo, próximo da residência de seus pais adotivos. Suas funções: venda de ingressos, alimentação dos animais e limpeza do local. A princípio pareceu ser um trabalho cansativo e enfadonho, até Kelsey conhecer um maravilhoso tigre branco, chamado Dhiren. Logo de início a jovem desperta um grande interesse pelo tigre, conversa com ele, lê poesias, conta sobre sua vida e deseja que ele estivesse livre.

Promo - Relâmpago - Editora Dracaena

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011



Roque Neto está chegando no Brasil para o lançamento nacional de “Porque Eu Amei” E, para aproveitar esse evento em grande estilo, que tal uma promo relâmpago? É muito simples participar:
- siga @RoqueANeto pelo Twitter
- dê RT na frase: No amor, os motivos fazem toda a diferença. Participe e descubra os motivos de Padre José Lucas #Promo #PorqueEuAmei
- e participe ativamente! Afinal são só 5 dias para concorrer!
A promoção será encerrada às 17h do sábado (10/12).
Realizaremos o sorteio através do site random.org, e 3 pessoas levarão um livro autografado.
O resultado será divulgado no perfil do Roque (@RoqueANeto) na mesma hora do início do lançamento em Brasília!
Link da promo no site oficial: http://www.roqueneto.com.br/site/?p=320
 PORQUE EU AMEI no Skoob:
http://www.skoob.com.br/livro/194468-porque-eu-amei

Beijada por um anjo 4 – Destinos Cruzados

Evercrossed
Elizabeth Chandler
Tradução: Marsely De Marco Dantas
IBSN: 9788563219558
Páginas: 286
Ano: 2011

Sinopse
Um ano se passou desde que o namorado de Ivy, Tristan, morreu. Depois disso, ambos seguiram em frente – Tristan para o outro lado da vida e Ivy para o doce e adorável Will. Agora, ela espera somente esquecer o horror do passado, deitar-se na praia com um copo de limonada e sair com seus amigos. Então, um acidente de carro põe fim à vida de Ivy.

Em meio ao percurso para outra dimensão e tomando consciência da vida que deixou para trás Tristan a faz retornar à vida com um beijo apaixonado. Ivy acorda no hospital, cercada por Will e sua família, mas tudo aquilo em que ela consegue pensar é no amor que perdeu. Mas não apenas as lembranças de Ivy que voltaram do passado. E dessa vez ela não tem certeza de que o amor pode salvá-la.

Resenha por Ver Sobreira

Você me disse que eu tinha de seguir adiante. Disse que eu estava destinada a outra pessoa, mas não consegui me entregar....
...Não me deixe, Tristan. Por favor, não me deixe novamente. Eu preciso de você.

Ivy
À quase um ano quando terminei de ler a então trilogia Beijada por um Anjo, fiquei com a sensação de que algo faltava para realmente finalizar a história, algo estava incompleto. Não é sempre que leio trilogias e séries que me fazem sentir esta sensação. Eis que a autora, pelo que pude apurar nas redes sociais, teve este mesmo sentimento, de que tinha que dar um caminho melhor para a história de Ivy, Tristan, Will, Beth, Philip...Gregory.

Neste ano que passou após a morte de Tristan, Ivy tentar normalizar sua vida e viver feliz com Will que é mais que um namorado, é um amigo de todas as horas, um verdadeiro companheiro. Mas ela se sente verdadeiramente feliz? Os pesadelos terminaram? Apesar da morte de Tristan e Gregory. O que Ivy pode esperar do futuro? Já que para ela, Tristan é seu grande amor. Ela está passando as férias com os amigos e Will em Cape Code, e de repente ocorre um acidente, porém para surpresa de todos ela se recupera milagrosamente, mas algo. Ela não se sente a mesma e nem entende mais seus sentimentos por Will. Paralelo a este acontecimento, Beth sua melhor amiga, começa a ter pesadelos com Gregory responsável por várias ocorrências sinistras nos outros livros e que por conta disso o levou à morte.

Editora Dracaena - Novidades

Pré-venda de dois novos lançamentos

Faces de um anjo
Hermes M. Lourenço
Gênero: Romance, Ficção
ISBN: 9788564469594
Nº de páginas: 256
Comprar:  http://www.dracaena.com.br/?modulo=Produtos&item=ProdutosView&id=28
Dimensão: 14x21

Sinópse
Leticia Lorn, uma renomada física é chamada por um genial professor do Instituto de Tecnologia para encontrar respostas em uma pesquisa secreta: A possibilidade de viajar no tempo, através de uma esfera de origem obscura, encontrada em Luxor - Vale dos Reis.

Enquanto envolve-se com a pesquisa, misteriosamente surge Samael, um psicopata que inicia uma verdadeira caça as bruxas, cometendo assassinatos brutais com traços da Santa Inquisição de forma a incriminar a brilhante pesquisadora e roubar a esfera, podendo assim interferir no espaço-tempo e até mesmo na história da humanidade.

De forma equilibrada o autor nos leva a um mundo mesclado de magia e suspense, desafiando o leitor ao exercício das deduções, fazendo-o mergulhar em uma nova realidade. Uma leitura capaz de envolvê-lo do início ao fim, que o conduzirá a um final surpreendente e instigante.

A chave é acreditar.
Assista o Book trailer:  http://www.youtube.com/watch?v=5vHhWFV38_0


O Amor dá uma segunda chance
Juliana Ferreira
Gênero: Romance, Ficção
ISBN: 9788564469549
Nº de páginas: 344
Comprar: http://el2.me/8F5N
Dimensão: 14x21
Sinópse:
Duas vidas, duas perdas, duas reações diferentes.

Ailli Tecknovs é uma linda jovem de 20 anos, os pais, sempre trabalharam no ramo da moda. Ailli cresceu em um lar onde tudo era rico, onde tinha tudo, ela era fútil até conhecer Oliver.
Um rapaz pobre que não vivia no mesmo mundo e realidade que ela, um amor impossível acontece e é interrompido pela morte. Agora Ailli é uma pessoa diferente, Oliver foi o responsável pela mudança. Mas Ailli está sem rumo, sem chão, ela amava Oliver.
Quando Ailli se muda de Dublin para Letterkenny uma cidade do Condado de Donegal ela vê que talvez depois de dois anos de sofrimento sua vida mude. Ela conhece três pessoas, Ava, Peter e Abraham.

Os três principalmente Abraham vão doar um raio de sol para a escuridão de Ailli. Abraham sentiu na pele o que é perder alguém, mas através dele, Ailli percebe que tudo o que acontece tem um por que. E que para todas as coisas existe um tempo determinado.

O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo

sábado, 3 de dezembro de 2011

Bento de Luca
Editora Novo Século - Novos Talentos da Literatura Brasileira

ISBN: 978-85-7679-601-5
Página: 304
Ano de Lançamento: 2011

Sinopse
Através de um Buraco de Minhoca — túnel dimensional que interliga dois mundos — localizado no Parque do Trianon, São Paulo, surge um viajante felino movido por uma única e importantíssima missão: a busca por uma lendária ampulheta. Escondida em algum local inóspito da cidade, a relíquia é a única capaz de salvar Marshmallow, terra do Príncipe Gato, que está à beira da destruição. No entanto, parece que ele não foi o único a atravessar o portal. Seres malignos irromperam das barreiras e logo declararam uma caçada voraz, com objetivos mais sombrios… Além de seus perseguidores, o Gato luta contra seu maior inimigo: o Tempo. É preciso encontrar este objeto antes que seja tarde e seu mundo esteja para sempre perdido. Contudo, ele não estará sozinho nesta empreitada e poderá contar com a ajuda de seus fiéis companheiros.

Resenha por Thales Ferreira
O livro O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo, do autor paulistano Bento de Luca (pseudônimo dos autores Gustavo Almeida e Marcelo Siqueira), é um livro que nos inspira a acreditar na ótima qualidade de nossa literatura nacional. Com uma trama bem construída; personagens fortes e cativantes; uma narrativa dinâmica e ágil; a leitura é prazerosa e repleta de emoções.

O reino de Marshmallow está em perigo e apenas o seu Príncipe, o Príncipe Gato, poderá salvar a vida de milhares de seus habitantes. Vindo parar em São Paulo, através de um buraco de minhoca (uma passagem dimensional que faz a ligação entre os dois mundos), ele terá a difícil missão de encontrar a misteriosa Ampulheta do Tempo, um artefato mágico que esconde inúmeros segredos e que pode ser a chave para a salvação. Porém o gato tem como principal inimigo o próprio Tempo, curto, rápido e imperdoável. O Príncipe Gato é um personagem extremamente cativante, bem humorado e repleto de sentimentos nobres, embora um pouco orgulhoso e "cabeça dura" em alguns momentos do livro, o que o torna ainda mais atraente. O gato é barrigudinho, possui um olho verde e o outro castanho, é esperto, sagaz, valente, astuto e ainda acompanha consigo um cinto de utilidades e uma arma muito eficiente. É interessante notar que mesmo ele sendo um pouco metido a valentão, possui um coração "mole" e se preocupa muito com a vida e os sentimentos de seus amigos. Ele irá encontrar o jovem Hugo e o sábio rato Eleanor, que irão ajudá-lo em sua missão.


Príncipe Gato - O Salvador


Light Novel Japonesa: Um romance prático e ágil

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Light Novel (ライトノベル raito noberu, também conhecida pela contração ranobe ou rainobe, lit. romance(s) rápido(s)) são romances de rápida leitura e com um vocabulário simples e coloquial. A expressão Light Novel é denominada no Japão como um wasei-eigo, uma expressão japonesa que tem como origem palavras da língua inglesa. Os romances acompanham algumas páginas de ilustração, no estilo de mangá japonês, normalmente tendo como público alvo jovens e adultos. A literatura é essencialmente destinada para proporcionar alguns momentos de lazer e descontração, por este motivo o vocabulário utilizado é leve, a narrativa é ágil, utiliza-se de gírias, parágrafos curtos, apresenta diversos diálogos e descrições rápidas, porém eficientes. 

A principal diferença entre uma Light Novel para a literatura tradicional japonesa consiste exatamente no fato de ser um romance de leitura rápida e ágil, é importante ressaltar que no original japonês o Kanji utilizado na Light Novel é simples, de domínio amplo da população (cogita-se que a quantidade de ideogramas já ultrapasse a casa dos 6.000 kanji). O texto é composto de hiragana[1] e katakana[2] e os poucos kanji são no máximo de nível colegial (para que todos possam entender sem maiores dificuldades) e sempre acompanhados de furigana[3]. Além de uma linguagem mais moderna e gírias, alguns escritores preferem inventar novas aplicações para o furigana, que são de pouco uso.

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique