Gasolina

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Júlio Menezes
Editora Porto de Idéias

ISBN: 9788560434404
Páginas: 256
Ano de Lançamento: 2008


Sinopse
Atormentado por uma existência vazia e um casamento arruinado, Figueira, que se considera apenas"um suburbano, vendedor de imóveis", apesar de muito bem-sucedido,decide abandonar tudo. Sem se despedir de ninguém, cai na estrada. Precisa correr, para se sentir vivo. Mas nada tem em comum com o romântico e abnegado cavaleiro-andante. Figueira é mesquinho e atormentado, preconceituoso, covarde, egoísta. Um anti-herói, corroído por um segredo que o acompanha desde infância. As aventuras e desventuras vividas na estrada o levarão a desvendar o enigma de sua profunda infelicidade. Um romance vigoroso, ágil, realista e cruel, que, no entanto, deixa entrever uma intensa poesia. Neste Gasolina, Julio Menezes se vale de seu reconhecido talento como fotógrafo, para desnudar a alma de seu personagem e dissecá-la com frieza e maestria.

Resenha por Ver Sobreira

Fruto da parceria com a Editora Porto de Idéias, já começo afirmando que não sei exatamente o que esperava ao ler este livro, porém valeu a pena lê-lo.

Gasolina. Serve pra tudo, a gasolina. Eu poderia atear fogo no meu corpo em frente a um orgão público.

 Gasolina, romance do fotógrafo Júlio Menezes, é interessante observar à afinidade dele com as palavras. Seguindo a estética atual de narrar em  primeira pessoa, Menezes faz uma narrativa rápida, sarcástica, sem escrúpulos. Figueira é uma personagem, não muito diferente das pessoas que vivem por aí, e o curioso é  que ele não tem nenhum pudor em afirmar isso. Gasolina, é uma fotografia do ser humano, de suas escolhas, das suas verdades e mentiras. Júlio Menezes utiliza-se de seu olhar objetivo de fotógrafo para revelar aos leitores – Figueira.

 Pernóstico, preconceituoso e egoísta, Figueira está cansado de tudo e de todos, tenta dar um rumo à sua vida. Seu casamento é uma farsa, sua vida profissional já não tem sentido algum, ele está cansado de representar um personagem. Ele sabe que não é um herói e nem tem pretensão em  ser, não quer ser bom exemplo para ninguém, nem para seus próprios filhos. O livro do começo ao fim é construído em cima do  sarcasmo da personagem principal. Sem "dó nem piedade", Figueira revela o que pode ser o pior da vida de um ser humano. Quando questionado sobre sua sanidade, ele diz que não se importa se está são ou não, porque nada mais vale a pena. Ele ganhou dinheiro,casou-se, comprou coisas, teve filhos e o que tudo isso diz sobre ele? Quem é Figueira? Tem um primeiro nome que praticamente ninguém conhece, fato este que questiona constantemente. Susana, a esposa, Soraya, a cunhada, Janaína, Sr. Jacob e outros personagens passam por ele, deixando marcas que nem sempre são percebidas por Figueira. Há uma sucessão de acontecimentos que poderiam ser evitados, mas ele não quer evitar nada.

Júlio Menezes constrói a narrativa da nossa vida cotidiana, a verossimilhança é latente. Figueira percorre um labirinto de lembranças até aceitar o que realmente o fez quem ele é. Nesta caminhada, descobre que estar em constante fuga de si mesmo não irá resolver todos os problemas presentes e passados. Gasolina é um romance forte e denso, não é difícil de ser lido, mas tem que querer lê-lo. Nele você vai encontrar muitas coisas boas e ruins que com certeza já passaram pela sua cabeça.

Um comentário :

  1. If you read a book in a day - it's probably not a very good one...remember the Divinci Code...?

    Gasolina is his first book. I read it and my first language is not Portuguese. I enjoyed it, but it's not a literary classic.

    It will be made into a film...eventually.. by a close friend of the authors...(when he can spare time from his busier, and slightly more pressing work schedule)

    It's true - the cover is awful - but you can imagine...first book.....no money.... spent it all on vodka and cocaine to find the inspiration to finish the book.....writing in a house with no electric....no hot water etc...you'd probably take the first thing coming too, right?

    I think it's okay, funny in parts, sad in others, probably reflects a lot the life of the author. Maybe it's best to thank oneself that you're not Julio himself.

    ResponderExcluir

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique