Desventuras em Série

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Os textos que fazem parte desta seção são análises e podem conter spoilers.
Desventuras em Série, propõe uma nova abordagem na literatura infanto-juvenil. Nesta série composta por treze livros, o autor Lemony Snicket (heterônimo de Daniel Handler) não trata assuntos banais, corriqueiros do cotidiano, ele provoca estranheza tanto para as crianças como para os adultos. Sua série revela os medos mais íntimos que uma criança pode ter e também de quantas variadas formas elas podem se revelar mais fortes do que muitos adultos. Em momentos onde são postas ao desafio, podem ser muito inteligentes, sagazes, espertas e unidas. O autor destaca que em certos momentos subestimamos a capacidade das crianças e que elas também são altamente capacitadas em tomar decisões de grande responsabilidade. 


A fórmula da história parece de início ser bem simples, três crianças que perdem seus pais em um misterioso incêndio, sem mais ninguém no mundo passam nas mãos de diversos tutores, nas mais diferentes cidades e contextos. Violet Baudelaire é a mais velha dos órfãos Baudelaire, é muito inteligente, tem capacidade de pensar rápido em situações difíceis e revela ser uma inventora fantástica. Klaus Baudelaire é o irmão do meio, é a típica criança estudiosa, que ama livros, bibliotecas e se interessa pelos diversos assuntos. Sunny Baudelaire é a mais nova dos órfãos, tem apenas três anos de idade e seu hobby favorito é morder coisas. Sunny não fala, porém seus irmãos têm uma habilidade bem interessante de saber exatamente o que Sunny está pensando. 

O aspecto mais relevante de abordar o tema de crianças órfãs é mostrar o quanto a união da família é importante em momentos que tudo parece estar perdido. Os irmãos Baudelaire passam por situações horríveis, frustrantes e desesperadoras, mas o mais importante é que enfrentam tudo juntas, como uma família, como irmãos. A figura ameaçadora da história vem configurada em um ator mal resolvido, seu primo distante Conde Olaf, um homem malvado, sem higiene e que não possui nenhum amor pelas crianças, apenas seu interesse doentio e maléfico em roubar a fortuna herdada pelos órfãos. As crianças passam por inúmeras desventuras, sempre tentando fugir deste primo que constantemente consegue engendrar um plano para acabar com a vida de Violet, Klaus e Sunny. O encontro da felicidade nem sempre se revela de maneira fácil, as crianças ao longo da série vão buscar encontrar a felicidade dentro de si mesmas, representadas pelo conforto de saberem que ao menos estão juntas e que um dia poderão viver seguras e livres das maldades de Conde Olaf.

Como o próprio autor deixa explícito no início de cada livro, os livros não irão tratar momentos felizes na vida dos gêmeos. Assuntos como morte, sofrimento e saudade são sempre postos em questão. Acontecem variadas mortes ao longo dos livros, porém isso mostra que na vida real nem tudo acontece do jeito que gostaríamos e que nem tudo é fácil de resolver. Tudo piora quando pensamos que são apenas crianças que tem a responsabilidade de salvarem suas próprias vidas. Observa-se um desenvolvimento psicológico na vida dos irmãos Baudelaire, de início tudo parece ser bem pior de se enfrentar, porém com o desenrolar da trama, podemos perceber que o espírito de confiança se fortalece, o que antes seria muito difícil de encarar, com o tempo se torna mais fácil. 

Os livros são narrados em terceira pessoa, pelo próprio Lemony Snicket. Ele é bastante participativo na história; explica palavras na qual o seu objetivo é causar um efeito diferente do que pensaríamos, ele segura a história e faz algum comentário sobre outro assunto e ele sempre mostra sua preocupação e admiração pelas crianças Baudelaire. É interessante notar de como nos aproximamos também deste narrador, sofremos junto com ele e torcemos juntos para o êxito das crianças. A mesma insegurança que sofrem os órfãos, esse narrador também sofrerá e conseqüentemente, o leitor. O livro conta com descrições minuciosas, tanto de ambientes como também de personagens. Em certos momentos da trama o autor não precisa nem falar o nome do personagem, apenas com as características oferecidas já sabemos exatamente de quem se trata. 

A escrita é muito rica, a narrativa é ousada e a diversão é garantida. Os temas são de cunho enriquecedor e certos assuntos são sérios e delicados, porém isto não deixa de lado a diversão, os livros são atraentes e possuem uma boa dose de passagens engraçadas. Ao término da leitura de cada livro saímos com a impressão de que a coragem é muito importante em qualquer situação, seja ela fácil ou difícil. O senso de certo ou errado também não é algo fácil de definir, o que é certo para uma pessoa pode ser errado para a outra e vice-versa, porém o melhor é sempre tomar as atitudes com o coração e com a razão. A leitura é indicada para qualquer idade, oferecendo uma atenção especial para as crianças que irão absorver valores morais e de vida, desenvolvendo-se uma noção refinada de coragem e importância familiar.

Recomendamos!

Um comentário :

A Tribo Participa

Get your own free Blogoversary button!

PUBLICIDADE


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tribo Apoia

Top Comentaristas

Widget by: Code Box

Clique